22/04/09

1.000 km rodados de Yamaha NEO CVT

A Yamaha CVT NEO foi eleita pelo segundo ano consecutivo como a "Scooter do Ano" em 2008, premiação concedida pela Revista Duas Rodas. Mas, será que a premiação reflete em um veículo bom para uso no dia a dia?

Há cinco meses piloto uma e digo que: depende do uso!

Yamaha NEO CVT 2008 prata
Yamaha NEO: a scooter de rodas grandes!


Observação inicial
Os dados de velocidade foram retirados do painel e impressões são de um motor ainda em fase de amaciamento (rodados apenas os primeiros 1.000 km).

Design
carenagem frontal Yamaha NEO CVTtraseira Yamaha NEO CVT
O desenho foi herdado do superesportivo Yamaha YZF-R1 caracterizado pelos faróis integrados a carenagem. A lanterna traseira tem os piscas embutidos com lente transparente em harmonia com o conjunto, bem como pelo destaque das rodas grandes de liga-leve de cinco raios.

Partida elétrica e a pedal
partida elétrica yamaha neo cvtpartida pedal yamaha neo cvt
A NEO possui partida elétrica de série e o funcionamento é perfeito, basta acionar qualquer das alavancas de freio, segurar e pressionar o botão de partida.

Note que se a bateria estiver descarregada é só usar a partida a pedal, para tanto basta colocar a NEO em seu cavalete central e, da mesma forma que na partida elétrica, aciona-se o manete de qualquer dos freios e pressiona-se a alavanca de partida com um dos pés.

Escudo frontal com 675mm de largura
O escudo frontal ajuda a proteger as pernas e pés contra sujeiras de toda "sorte", principalmente em dias de chuva das poças e lamas.

Porta-capacete, porta-objetos e gancho
porta-objetos e gancho yamaha neoporta-capacete yamaha neo
O porta-capacete com capacidade para 17 litros acomoda bem um capacete aberto ou um capacete fechado (ver figura), apesar deste último ficar meio "espremido" - o que pode ocasionar leves e pequenos riscos nas laterais do capacete fechado.

Na prática, no espaço de 17 litros, é possível colocar até duas sacolas (não muito cheias) de supermercado. Caso esse espaço já esteja ocupado, os capacetes poderão ser pendurados por dois pinos (ver imagem) na borda do porta-capacete e presos pelo banco (abaixado e travado). Uma observação quanto ao uso do porta-capacete ou porta-bagagens é que, como o local fica exposto ao sol e calor gerados pelo motor, não é recomendado guardar objetos que sejam sensíveis ao calor.

Nos portas-objetos localizados atrás do escudo frontal é possível colocar, por exemplo, duas garrafinhas d'água. Neste ponto, poderia existir um dos compartimentos fechados do tipo "porta-luvas" com fechamento por chave que seria de muita utilidade para transporte de pequenos objetos de valor (documentos, carteira, chaves, etc).

O gancho para bagagem localizado também atrás do escudo frontal é útil para pendurar sacolas de até 1kg - se bem enroscados não caem e não atrapalham na pilotagem.

Motor
Potência de 8,4cv a 8.000rpm e torque de 0,78 kgf.m a 7.000 rpm

Se comparar com outras scooters disponíveis no mercado, a NEO é a que possui o motor com menor cilindrada, porém, para espanto, tem desenvoltura suficiente para acompanhar as scooters de 125cc e 150cc. Na arrancada é que deve um pouco, principalmente em subidas, mas depois que o motor enche e desenvolve fica o tal "oh!".

Na cidade:
  • subidas sem garupa1 - muito tranqüilo, sem forçar o acelerador a velocidades de 40 a 50km/h;
  • subidas com garupa2 - tranqüilo, mas precisa acelerar mais para manter a velocidade de 40 a 50km/h, principalmente para fazer um "top";
  • semáforo ou farol - arranca bem, mas sem a desenvoltura de uma moto 125cc;
Na rodovia:
  • subidas sem garupa1 - mantem velocidade de 80km/h, sem ventos favoráveis ou contra;
  • subidas com garupa2 - não mantem velocidade de 80km/h, caindo para 70km/h, sem ventos favoráveis ou contra;

A velocidade máxima atingida foi de 105km/h na reta e com garupa, sem ventos fortes favoráveis ou contra (observação: o motor ainda estava em fase de amaciamento com apenas 200km rodados, portanto não forcei mais; após os 1.000 km testo novamente).
(ATUALIZAÇÃO 4.5.2009 - testei novamente, agora depois de 1.000 km e sozinho, e a velocidade máxima no painel foi de 120km/h na descida e na reta manteve-se em 110km/h).

Tanque e consumo
A capacidade total do tanque de combustível é de 4,8 litros com autonomia aproximada para 140km. Como a NEO possui carburador eletrônico de combustível, não há torneirinha de reserva.

A melhor média de consumo até agora foi de 34,72 km/litro de gasolina e a pior média 20,46 km/litro de gasolina. Aliás, sempre abastecido com gasolina aditivada como recomendado pelo Manual da Motoneta.
(Atualização: 4/11/2009
Em outubro passado mudei do interior de São Paulo para Brasília, quer dizer, já tem um mês que deixei de rodar com a Neo numa cidade com muitas subidas (Itaí-SP) para trafegar mais no plano do asfalto de Brasília e a melhor média até agora foi de 40,9 km/litro de gasolina. Porém, coincidentemente ou não, também passei a utilizar somente gasolina comum, mas acrescentei 11ml de aditivo Clean Gas Bardahl apenas uma vez em 17/8/2009 - o hodômetro marcava 2.643km -, vez que o fabricante recomenda o uso deste líquido de 5.000 em 5.000 km para automóveis, para motos de 3.000 em 3.000 km. Para um tanque cheio na Neo a medida correta é de 16 ml do aditivo.)

Veja a tabela abaixo com todas as médias:

OdômetroKM percorridosLitros abastecidosPreço por litro (R$)Total pago (R$)Consumo (Km/L)
193,8-3,2082,6498,50-
305,3111,53,9702,64910,5028,08
400,495,13,6002,6499,5026,41
514,8114,43,5882,6499,5031,88
630,5115,73,7892,64910,0030,53
733,3102,83,4032,6499,0030,20
831,698,32,8312,6497,5034,72
905,273,62,6502,6497,0027,77
984,979,72,6462,6497,0030,12
1.044,059,12,8882,5997,5020,46
1.119,775,72,5772,5996,7029,37

Abaixo com médias de consumo rodando em Brasília-DF
OdômetroKM percorridosLitros abastecidosPreço por litro (R$)Total pago (R$)Consumo (Km/L)
3.127107,23,72,6859,9529,0
3.221942,72,6856,834,8
3.3621413,452,6859,2540,9
3.500,6138,63,72,74010,0038,0
3.721,0 - - 2,7407,40 -
3.864,1142,43,662,73510,0038,9


Estabilidade e suspensões
suspensão dianteira yamaha neo cvtassoalho yamaha neo cvt
Tem excelente estabilidade proporcionada pelas rodas de liga de 16 polegadas calçados com pneus Pirelli MT15 (Mandrake) dianteiro 70/90-16 M/C36P e traseiro 80/90-16 M/C43P (uso com câmara), bem como pelo chassi underbone (tubo central) e a suspensão mais dura na traseira, apesar de ser bastante leve a direção, não compromete a ciclística mais esportiva da NEO em curvas de alta. Outro detalhe é que, em razão da carenagem, a NEO não balança ao cruzar com caminhões na rodovia, situação diferente com qualquer moto street de 125cc e 150cc.

O curso da suspensão dianteira poderia ser melhor projetado para as ruas brasileiras (cheios de buracos e imperfeições), mas tem apenas 90mm (compare com uma YBR e CG que têm 120mm e 115mm, respectivamente). Na prática a suspensão é um pouco dura e com garupa a batida "a seco", quando passa sobre uma valeta ou buraco, é quase inevitável.

Dirigibilidade e conforto
comandos de sinalização yamaha neo cvtpainel yamaha neo cvt
A pilotagem é fácil, graças ao câmbio automático com a transmissão do tipo CVT (Transmissão Variável Contínua), embreagem automática e afogador eletrônico que proporcionam a NEO rodar suave e sem trepidações. Em outras palavras é acelerar e frear sem se preocupar com trocas de marchas. Aliás, preocupação também passa longe em esticar ou lubrificar corrente, pois a transmissão primária é através de correia dentada.

Outro ponto de destaque são os freios bastante eficientes na dianteira com disco de 220 mm (pistões duplos) e traseiro a tambor de 130 mm.

O painel possui todos os instrumentos básicos como hodômetro total, marcador de combustível e indicadores de luz alta e setas (não há luz de neutro, pois o câmbio é automático).

Os bancos são amplos, macios (diferente de mole) e confortáveis com acomodações para piloto e garupa sem aperto. Se fosse considerar o conforto apenas pelos bancos seria excelente, mas a NEO possui, pelas suas características de scooter com rodas grandes, um chassi que impede que o assoalho seja reto para maior movimentação dos pés - "tá certo que ali não é local para sapateados, né não"?! Outro diferencial são as pedaleiras retráteis bem posicionadas para o garupa.

farol ou bloco óptico yamaha neo cvt

A iluminação dos faróis é razoável, poderia ser melhor. A distância focal é muito próximo - vou verificar junto ao mecânico se precisa de algum ajuste (depois atualizo o texto se for o caso).

Uso, manutenção e preço de peças
O óleo do motor da Neo é trocado a cada 3.000 km ou 6 meses, exceto nos primeiros 1.000 km. O óleo recomendado, como não poderia deixar de ser, é o Yamalube 4 Tempos 20W-50 API SL JASO MA T903 ou superior. A quantidade para trocas periódicas é de 0,8 litro (800 ml) ou total de 0,9 litro (900 ml). O motor possui um filtro de tela que não precisa ser trocado, somente realizado uma limpeza a cada troca de óleo.

A correia ("V") da transmissão precisa ser substituída a cada 25.000 km.

Abaixo, podem conferir o valor de algumas peças de desgaste normal como freios e filtros de ar, bem como componentes que podem danificar em eventual queda com a motoneta:

Tabela de preços de algumas peças da NEO CVT
QTDEDescrição das peçasValor unitário (R$)
115SF151100P1 - PARA-LAMA DIANTEIRO150,21
115SF173100P1 - TAMPA LATERAL 3 (TRAS. ESQ.)75,13
115SF173D10 - EMBLEMA 3D (AT115 DA TAMPA LATERAL)34,25
115SF743100 - ESTRIBO TRASEIRO ESQUERDO19,40
115SF831100P1 - PROTETOR DE PERNA (CARENAGEM)149,60
215SF153E00 - EMBLEMA YAMAHA (LATERAL DIANTEIRA)19,79
12B8F313B00 - EMBLEMA 1 (YAMAHA FRONTAL)8,13
12D5WH43A00 - BLOCO OPTICO CONJUNTO196,95
62D5F834E00 - AMORTIZADOR 1 (borracha para não encostar o bloco óptico com a carenagem)5,48
11P7E471100 - SILENCIADOR CONJUNTO381,08
11P7E471800 - PROTETOR DO ESCAPAMENTO 142,37
11P7E472800 - PROTETOR DO ESCAPAMENTO 214,46
12D5F47730035 - APOIO PASSAGEIRO94,31
12P2F628000 - ESPELHO RETROVISOR CONJ. (ESQ)24,76
14USW004500 - KIT PASTILHA DE FREIO100,25
15MXF530K00 - KIT SAPATA DO FREIO47,69
15MXF731100 - CAVALETE LATERAL23,93
15MYE445100 - ELEMENTO DO FILTRO DE AR20,88
15LWE540701 - ELEMENTO 110,67
15LWE540800 - ELEMENTO 25,11
15TLE764101 - CORREIA EM V77,50
11 litro óleo Yamalube16,00

Para localização mais precisa das peças procure através do: Catálogo de Peças da NEO CVT 2008.
Observação: os preços podem sofrer variações de uma concessionária a outra e normalmente o orçamento tem duração de apenas 1 dia de validade. Para maiores informações consulte diretamente uma revenda Yamaha mais próxima.

Retirar a roda traseira, uma das reclamações, essencialmente de borracheiros, que dizem ser muito trabalhoso, vamos ver (acompanhe pelas cores na foto e as legendas respectivas abaixo):
desmontar roda traseira neo

    Procedimento de remoção da roda traseira:
  1. Retire o silenciador, removendo os parafusos e soltando da abraçadeira do tubo do escapamento (círculos amarelos).
  2. Solte a porca do eixo de transmissão, enquanto aplica o freio traseiro (em verde).
  3. Solte a porca de ajuste da folga do freio traseiro (círculo azul).
  4. Remova o parafuso da fixação inferior do amortecedor e desloque para trás (círculo roxo).
  5. Remova os parafusos da base da válvula de indução de ar e remova-a do braço da balança e colocando para frente. Remova o braço da balança removendo o parafuso e puxando-o para fora (quadrados vermelhos).
  6. Agora é só puxar a roda traseira para fora.

A título de complementação, perguntei ao borracheiro o valor por um eventual serviço de conserto - retirar um prego, por exemplo - do pneu traseiro da NEO: R$10,00. E, caso fosse feito o mesmo serviço em uma CG Fan (que usa câmara de ar também): R$7,00.

Valor dos impostos
IPVA = R$102,87 (cento e dois reais e oitenta e sete centavos)
Seguro Obrigatório - DPVAT = R$259,04 (duzentos e cinquenta e nove reais e quatro centavos)
Licenciamento = R$53,89 (cinquenta e três reais e oitenta e nove centavos)

Conclusão
Não foi por acaso que a Yamaha NEO CVT 115AT recebeu elogios de jornalistas e pilotos, porque o conjunto é bastante harmônico para uso urbano e o estilo agrada em cheio tanto mulheres como homens.

A minha recomendação é compre uma NEO se a maior parte do seu uso for para rodar na cidade, pois o câmbio automático "CVT" realmente facilita a pilotagem e torna menos estressante o seu dia no "anda e para" do trânsito urbano, além de ser extremamente maleável para trafegar entre os carros.

Agora, se tiver que rodar por trechos mais longos em rodovias, essencialmente se o tráfego for carregado por muitos caminhões e a estrada for do tipo via de mão única com muitas subidas, considere a compra de uma moto de 150cc, ideal 250cc.

Scooter Yamaha CVT NEO 2008
O câmbio automático CVT faz toda diferença na cidade.


Especificações Técnicas Yamaha NEO CVT
Comp. x Larg. x Alt.1.935 x 675 x 1.090 mm
Altura do assento770 mm
Distância entre eixos1.280 mm
Distância mínima do solo117 mm
Peso seco103 kg
Motor4 tempos, refrigerado a ar, SOHC, 2 válvulas
Disposição do cilindroMonocilíndrico, inclinado para frente
Cilindrada113.7 cm3
Taxa de compressão8.80:1
Sistema de partidaPartida elétrica e pedal
Sistema de lubrificaçãoCárter úmido
Capacidade do tanque4,8 litros
Alimentação:
Tipo / Fabricante

Carburador BS 25 / MIKUNI
Potência máxima8,4 cv a 8.000 rpm
Torque máximo0,78 kgf.m a 7.000 rpm
Sistema de igniçãoC.D.I.
Bateria12 V x 7 Ah
Transmissão primária CVT
Transmissão secundáriaEngrenagens
EmbreagemAutomática
CâmbioAutomático, CVT
QuadroUnderbone
Ângulo de cáster25o
Pneu dianteiro70/90 - 16 36P (Pirelli MT15)
Pneu traseiro80/90 - 16 43P (Pirelli MT15)
Freio dianteiroDisco de 220 mm de diâmetro
Freio traseiroTambor de 130 mm de diâmetro
Suspensão dianteiraGarfo telescópico com curso de 90 mm
Suspensão traseiraBraço oscilante, bi-choque com curso de 75 mm
Capacidade máxima de carga (condutor, passageiro e bagagens)172 kg
Coresazul, preta e prata


Foram considerados para o teste:
1Peso do piloto: 75kg
2Peso do garupa: 45kg

Fotos da Neo 2006 do amigo Árton
O amigo, leitor e aventureiro Árton nos enviou algumas fotos de sua viagem pelo Rio Grande do Sul, precisamente de Santa Maria até a praia de Atlântida em Capão da Canoa, totalizando cerca de 900 quilômetros (ida e volta) com uma carregada Neo preta 2006. Clique nas imagens para ampliar.
Neo bagageiroNeo preta 2006Neo preta 2006
Neo preta 2006Neo preta 2006Neo preta 2006
Neo bauletoNeo baú

Fotos da Neo 2010 do amigo Adilson
O nosso amigo Adilson da cidade de Natal-RN liberou a carteira e comprou uma Neo modelo 2010 na cor azul com R$1.000,00 (mil reais) de entrada e 48 parcelas de R$224,00 (duzentos e vinte e quatro reais) e nos enviou duas fotos, ainda na concessionária:
yamaha neo 2010 azulyamaha neo 2010 prata

Fotos da Neo 2010 do amigo Claudyego
A cidade de Ecoporanga, interior do Espírito Santo, não será mais a mesma, porque se a fiscalização já era "braba", agora será mais intensa com o Claudyego (sim, o "Cara" é Fiscal Tributário!) rodando com exclusividade de Neo, única na cidade. Então, comerciantes de Ecoporanga, quando virem uma Neo azul é melhor torcer para que o contador não tenha omitido nada dos livros contábeis!
Yamaha Neo 2010 azul (Ecoporanga-ES)Yamaha Neo 2010 azul (Ecoporanga-ES)Yamaha Neo 2010 azul (Ecoporanga-ES)

Fotos da Neo 2008 do amigo Leno
O amigo Leno de Fortaleza-CE nos enviou quatro fotos da sua Neo prata modelo 2008:
Foto Yamaha Neo prata 2008 Leno Fortaleza-CEFoto Yamaha Neo prata 2008 Leno Fortaleza-CE
Foto Yamaha Neo prata 2008 Leno Fortaleza-CEFoto Yamaha Neo prata 2008 Leno Fortaleza-CE



(Atualização: 27.8.2009)
A nova Yamaha Neo modelo 2010 já está nas lojas, confira as modificações e algumas fotos aqui.

LEIA TAMBÉM

201 comentários

«Mais antigas   ‹Antigas   1 – 200 de 201   Recentes›   Mais recentes»
Anônimo

Estou com a minha desde março/08 e estou muito safisteito... Recomendo também.
Daniel

Diler

Olá Daniel,

A scooter é viciante! Na cidade, sempre que preciso me deslocar, vou de Neo. Que bom que tenha acertado na compra.

Abraços.
Diler

oiregor

Ola colega,
Sou de São Paulo/SP e estou realmente interessado em comprar uma Neo, mas como estou de mudanças para o Rio Grande do Sul, fiquei com uma dúvida: Ela encara uma viagem de 1.200 km? ou seja de são paulo a santa rosa? sei q a cada 120km terei q abastecer, faz parte, mas fora isso terei somente um trecho de 30km de pista simples e com muitos caminhões (Regis Bitencourt). No mais sei que as estradas são "boas" e tranqüilas. Agradeço qualquer resposta. Vou continuar acompanhando tuas avaliações. Muito obrigado.
Rogério

oiregor

AAhhh! o link do manual esta OFF. Ou seja não esta mais no servidor ADrive.
Se possível, recoloque e informe aqui. Novamente obrigado.

Diler

Tudo jóia oiregor,
uma aventura e tanto percorrer 1.200km de NEO! Dá para encarar sim, principalmente pelo desenho da carenagem que corta bem a oscilação do vento; a NEO não balança quando um caminhão cruza ou passa. Só em trechos com subidas é que o rendimento do motor cai.

Vamos dizer que a parte chata, caso pegue uma NEO zero KM é o amaciamento do motor. Diz o manual da NEO: "O período mais importante na vida útil de seu motor é aquele que vai de 0KM a 1000km.(...) Como o motor é novo, não coloque uma carga excessiva nele pelos primeiros 1000km. As diversas peças do motor atritam e desgastam-se entre si, ocorrendo um acasalamento perfeito. Durante este período, deve-se evitar o uso prolongado do motor a uma aceleração alta, ou em qualquer condição que possa resultar em um superaquecimento do motor."

O manual continua dizendo sobre a fase de amaciamento:
- 0-150 km: "Evite operação prolongada acima de 1/3 de aceleração. Após cada hora de operação, pare o motor e deixe que ele esfrie por cinco a dez minutos. Varie a velocidade periodicamente. Não opere o motor em uma posição fixa do acelerador por muito tempo."
- 150-500 km: "Evite operação prolongada acima de 1/2 de aceleração."
- 500-1000 km: "Evite operação prolongada acima de 3/4 de aceleração."
- 1000 e acima: " Evite operação prolongada com o acelerador no máximo. Varie a velocidade ocasionalmente."

Como na rodovia exige-se quase a todo momento do punho colado para manter uma velocidade em torno de 100km/h, não dá para seguir rigorosamente o que o manual diz, porém, acredito que as paradas a cada 100 e 120km para abastecimento seja suficiente para dar uma descansada no motor. O esquema é não forçar muito nos primeiros 1.000km e sempre que possível aliviar o acelerador.

Não se esqueça de realizar a revisão dos 1.000km (tolerância de 10%, isto é, faça a revisão entre 900 e 1.100km) para não perder a garantia. Você pode calcular o percurso e localizar uma cidade que tenha uma concessionária Yamaha para realizar a troca de óleo (carregue junto o Manual). Agende previamente a revisão em uma das concessionárias aqui (no site da Yamaha).

O percurso você pode traçar pelo Google Maps na guia "Como chegar".

Um dia antes de sair confira as condições das rodovias junto aos Departamentos de Estradas de Rodagem dos Estados por onde passará:

- DER-SP;
- DER-PR;
- DEAR-RS.

O ideal seria carregar um pouco de combustível extra para o caso de não conhecer algum trecho da estrada - se há postos nessa localização. Eu procurei uma vez uns galões para combustível de tamanhos pequenos (de 2 a 4 litros), mas não encontrei; vi apenas de 10 litros para mais; entretanto, semana passada, visitando sites sobre aeromodelismo achei uns galões de 3 a 4 litros próprios para combustíveis. Agora não me lembro o endereço; caso encontre eu coloco por aqui.

A média legal de percorrer no dia para não cansar muito é de 500km; descanse em um hotel e siga viagem no dia seguinte; evite trafegar durante a noite.

No mais é agasalhar bem com luvas, botas e capa de chuva. Os documentos e coisas que molhem coloque dentro daqueles sacos tipo "zip". Calibre os pneus antes de sair (29 na dianteira e 33 libras na traseira - mesmo que vá sozinho, porque essa medida é para o caso de garupa).

Poxa, dá até inveja (sem um pingo de maldade) de poder viajar por todo esses quilômetros em cima de uma moto.

Aproveite para tirar umas fotos e boa viagem.

Grande abraço e se tiver alguma dúvida a mais sobre a NEO fico à disposição. E obrigado por me avisar do link quebrado. Já arrumei.

Diler

Rogério, esqueci de mencionar um erro até comum para quem viaja é querer economizar com comida. Não quer dizer que o cara deve abarrotar a ponto de explodir a barriga de comida, mas o corpo precisa ficar nutrido o suficiente para não "pegar" uma gripe pelo caminho.

Abraços.

oiregor

Olá Diler,
Cara primeiro MUITO OBRIGADO! Com tantas dicas fiquei mais animado a encarar essa aventura.
Agora só falta a moto ehehehehe! Mas vou providenciar. De qualquer jeito.
Mas pelo que você passou o ideal seria então comprar uma usada, certo? De repente numa concessionária consigo.
De qualquer forma vou fazer toda a foto/filmagem (ao melhor estilo "matéria" para AutoEsporte da Globo) dessa minha "aventura".
Novamente obrigado.
Abraços
Rogério
p.s. aaaaahhhhh Estou abrindo vagas para participantes nesse passeio, que poderemos estivar por mais 30km até a Argentina (compras, sabe?!!)

Diler

Olá Rodrigo,

Então quer dizer que a sua viagem é para buscar bugigangas de origem do tipo "lá garantia soy yo!". kkkkkk

Um veículo novo é sempre bem-vindo, mas seria legal não forçar nos primeiros 1.000 km, conforme consta no manual, afinal, o engenheiro deve ter realizado testes exaustivos para comprovar que não é bom para o motor. Há, também, aqueles que dizem: "- Claro, o manual vai dizer pra você enrolar o cabo justo no período da garantia? Desgastar mais rapidamente para a fábrica tomar prejuízo?".

Na WebMotors e Mercado Livre sempre tem ofertas boas, mas tome cuidado se o preço estiver muito abaixo do valor de tabela (na coluna a direita do iMotocas há os links para a tabela FIPE).

Se você conseguir filmar ou tirar fotos da sua viagem e quiser contar um pouco dessa aventura, entre em contato comigo pelo e-mail (localizado lá em cima no site).

Espero que consiga um companheiro para fazer essa viagem junto, fica mais emocionante.

Até mais e abraços.
Diler

Daniel

Olá amigão, tudo beleza? Estou muito interessado em comprar uma NEO para deslocamento ao trabalho e eventualmente umas voltinhas por aí, mas aqui por dentro da cidade de Salvador mesmo. O fato é que estava muito decidido depois de fazer muita pesquisa soube por exemplo que a Suzuki Burgman 125 tem pneus sem camara, contudo são de aro 10 e por serem muito pequenos são horriveis em buracos e normalmente podem causar acidentes como quedas, por conta da instabilidade dos pneus que praticamente anulam o trabalho da suspensão, uma vez que recebem toda a porrada dos buracos. Optei pela NEO pelos seus aros 16, pelo que soube, certamente não terei problemas de mesma natureza da Burgman, contudo eles tem camara de ar e isso é um problema pra se fazer a força da camara, uma vez que tem que tirar fora o pneu. Soube que nenhum borracheiro quer fazer o reparo do pneu traseiro da NEO por ser muito complicado tendo que desmontar parte do CVT - Câmbio automatico, dando a maior trabalheira. Dizem que é mais fácil leva-la a Yamaha pra fazer o reparo do que no borracheiro e dizem ainda que o barracheiro se fizer uma vez, nunca mais fará. Risos. Bem, é isso mesmo que ocorre, li esse comentário de proprietários em foruns de motos. Outro ponto que gostaria de saber como fica o desagaste dos pneus da NEO, pergunto porque apesar de serem aro 16, eles são muitos, isso faz com que eles acabem logo e precisem ser trocados, vc já esta percebendo algum desgate nos seus? A Burgman por exemplo soube que seus pneuzinhos aro 10 tem que ser trocados a cada 5000km rodados no máximo, porque eles vão pro saco muito rápido. Cada pneu aro 10 dela custa R$90,00 x 2 = R$180,00, isso quer dizer que a cada 10000km rodados gastaria R$360,00 de pneuzinhos de carro de mão com ela. Risos. Isso ocorre tb com a NEO? O ultimo ponto e não menos importante fica por conta do peso, tenho 115kg e 1,80m, mas como li que vc calculou 75+45 entre piloto e carona, então estou com folga aí de 5 kg, considerando que não vou levar carona, pois nem teria como a essa altura com tal moto. O lance é o seguinte, será que estou fazendo a compra mais acertada com minha altura e peso, o que vc acredita? Perceba que poderia comprar por exemplo mais barato uma Suzuki Yes 0km que é 125cc e tem 13cv, mas é uma moto street, com câmbio no pé, embreagem, aquilo tudo de moto que não quero, estou começando a pilotar agora e pelo que entendi, uma scooter é o mesmo te moto, mas guia-la como uma mobilete. É isso que quero, praticidade, segurança, deslocamento rápido, economia, aquisição de baixo custo, manutenção barata e acredito que a NEO, acaba sendo pra mim uma compra dentro do que espero. Uma Yes seria muito mais moto, mas não seria a mesma coisa, vc certamente entendi o que digo. COntudo, seja mais do que sincero e me diga por exemplo, olha no seu caso de altura e peso a YES se aplica melhor, mesmo não tendo as caracteristicas de uma scooter, valeu? Muito obrigado pela atenção, desculpe o interrogatório e até breve!
Daniel Teixeira.

Daniel

Agora melhor redigido, desculpa pelo texto anterior, pontução tava horrível e não tava me fazendo entender 100%, segue texto corrigido agora:

Olá amigão, tudo beleza? Estou muito interessado em comprar uma NEO para deslocamento ao trabalho e eventualmente umas voltinhas por aí, mas aqui por dentro da cidade de Salvador mesmo. O fato é que estava muito decidido depois de fazer muita pesquisa soube por exemplo que a Suzuki Burgman 125 tem pneus sem camara, contudo são de aro 10 e por serem muito pequenos são horriveis em buracos e normalmente podem causar acidentes como quedas, por conta da instabilidade dos pneus que praticamente anulam o trabalho da suspensão, uma vez que recebem toda a porrada dos buracos. Optei pela NEO pelos seus aros 16, pelo que soube, certamente não terei problemas de mesma natureza da Burgman, contudo eles tem camara de ar e isso é um problema pra se fazer a força da camara, uma vez que tem que tirar fora o pneu. Soube que nenhum borracheiro quer fazer o reparo do pneu traseiro da NEO por ser muito complicado tendo que desmontar parte do CVT - Câmbio automatico, dando a maior trabalheira. Dizem que é mais fácil leva-la a Yamaha pra fazer o reparo do que no borracheiro e dizem ainda que o barracheiro se fizer uma vez, nunca mais fará. Risos. Bem, é isso mesmo que ocorre? Li esse comentário de proprietários em foruns de motos. Outro ponto que gostaria de saber como fica o desagaste dos pneus da NEO, pergunto porque apesar de serem aro 16, eles são muito finos, isso faz com que eles acabem logo e precisem ser trocados, vc já esta percebendo algum desgate nos seus? A Burgman por exemplo soube que seus pneuzinhos aro 10 tem que ser trocados a cada 5000km rodados no máximo, porque eles vão pro saco muito rápido. Cada pneu aro 10 dela custa R$90,00 x 2 = R$180,00, isso quer dizer que a cada 10000km rodados gastaria R$360,00 com 4 pneuzinhos de carro de mão com ela. Risos. Isso ocorre tb com a NEO? O ultimo ponto e não menos importante fica por conta do meu peso, tenho 115kg e 1,80m, mas como li que vc calculou 75+45kg entre piloto e carona, então estou com folga aí de 5 kg, considerando que não vou levar carona, pois nem teria como a essa altura com tal moto. O lance é o seguinte, será que estou fazendo a compra mais acertada com minha altura e peso, o que vc acredita? Perceba que eu poderia comprar por exemplo, mais barato inclusive, uma Suzuki Yes 0km que é de 125cc e tem 13cv, mas é uma moto street, com câmbio no pé, embreagem, aquilo tudo de moto que não quero, estou começando a pilotar agora e pelo que entendi, uma scooter é o mesmo de ter uma moto, mas guia-la como uma mobilete. É isso que quero, praticidade, segurança, deslocamento rápido, economia, aquisição de baixo custo, manutenção barata e acredito que a NEO, acaba sendo pra mim uma compra dentro do que espero. Uma Yes seria muito mais moto, mas não seria a mesma coisa, vc certamente compreende o que digo, deve inclusive ter pensado tb nessas coisas quando adquiriu a sua NEO. COntudo, seja mais do que sincero e me diga por exemplo, "olha no seu caso de altura e peso a YES se aplica melhor, mesmo não tendo as caracteristicas de uma scooter", valeu? Muito obrigado pela atenção, desculpe o interrogatório e até breve!
Daniel Teixeira.

Diler

Olá Daniel,

Não esquenta, não. O seu comentário está bem escrito.

O ideal é definir primeiro o estilo: scooter ou moto.

O motor da Burgman é mais forte com 12,3 cv a 7.500 rpm e torque de 1,10 kgf.m a 6.500 rpm (NEO 8,4 cv a 8.000 rpm e torque 0,78 kgf.m a 7.000 rpm), porém, o que conta muito nas scooters é a praticidade, porque são veículos mais voltados para trafegar dentro da cidade (claro, se precisar rodar na rodovia também encaram, com as ressalvas citadas no texto acima), então, a Burgman pelo pequeno espaço do bagageiro que não cabe um capacete fechado já não seria uma opção ideal, além das rodas de aros menores (se ao menos a sua cidade tiver bom asfalto dá para encarar).

Agora, pelo seu tamanho, precisa verificar se o seu pé vai acomodar bem no espaço da plataforma da NEO (que não é lá muito grande, mas cabe sapatos de número até uns 50 cm sem se mover para frente e para trás). A Burgman já tem um ótimo espaço para os pés, vez que a plataforma é reto (a NEO tem um "calombo" no meio).

Se a intenção for mesmo para andar mais na cidade e pequenos trajetos na rodovia eu optaria pela NEO (não balança quando você cruza um caminhão, por exemplo); se o asfalto for bom, iria de Burgman (pelo motor mais forte); se há necessidade constante de pegar estrada, eu optaria pela Yes (pelo motor 125 cc e rodas maiores, mas sem o charme de uma scooter).

Sobre o pneu ainda não notei nenhum desgaste excessivo (está com quase 2.000 km), mas o recomendado é calibrar (pelo menos uma vez por semana) os pneus na parte da manhã (pneus frios) que, no seu caso (pelo peso), calibre com 29 psi na dianteira e 33 psi na traseira. O valor do pneu Pirelli traseiro da NEO custa na faixa de R$170,00 e dianteiro em torno de R$125,00. Quanto a durabilidade não tenho muito certeza, mas o pneu traseiro deve aguentar, no mínimo, 10.000km (se eu encontrar com alguem que já trocou o pneu da NEO, faço essa pergunta e atualizo o texto lá em cima).

Sobre retirar a roda para eventual conserto ou troca do pneu, fiz um pequeno tutorial com foto lá no texto acima.

A Honda também lançou um modelo scooter: LEAD 110 (escrevi algo aqui).

Não sei se ajudei. Pelo menos tentei ajudá-lo da melhor forma possível.

Será sempre muito bem-vindo ler os seus comentários por aqui.

Grande abraço.
Diler

Daniel

Obrigado pela atenção amigo Diler, esclarecedoras as suas dicas. É legal saber informações de quem já tem o modelo e ainda esta disposto a ajudar.

Obrigado mesmo.

Quanto aos pneus com camara da NEO, encontrei no Youtube um vídeo de um propietário. Ele diz o seguinte:

adrianopascutti (4 meses atrás)
Quase nenhum conhece. Mas para evitar isso passei o pneu para sem camara. Como o pneu dela e TUBELESS é muito simples de resolver. Apenas comprei um bico de moto para pneu sem camara e furei a roda com uma broca de 12mm para o bico e pronto. Agora quando fura não precisa mais desmontar quase a moto toda.

Esse é o vídeo que achei esse comentário:

http://www.youtube.com/watch?v=Dmnat_CI83g

Fica a dica pra vc e para todos, mas se trata de uma adaptação leve, acredito que sem maiores transtornos. Não acredito nem mesmo que se perca a garantia da NEO com isso, eles não tem nem como saber uma vez que não fica nada aparente. A grande vantagem dessa adaptação é de no caso de furar o pneu, apenas se coloca um macarrão pra tapar o buraco e tá tudo certo, sem precisar desmontar nada.

Obrigado mais uma vez pelas dicas e sempre que tiver novidades da NEO, postarei aqui. Ainda assim tenho que maturar mais um pouco minha decisão de compra. Ainda há um pouco de duvida em relação a escolha do modelo, se NEO(muita praticidade ao pilota-la, conforto, maior estabilidade, segurança, estética) ou YES(muito maior autonomia, maior desempenho, rodas maiores, bagageiro de fácil adaptação de bauleto, aparente maior espaço para carona, maior curso da suspensão...).

Assim que me decidir eu aviso.

Grande abraço amigo Diler e até breve!

Daniel.

Daniel

Gostei da matéria da Honda Lead 110, acho até que vale a pena esperar. Na verdade estou com o pé quebrado, cai de uma Honda Tornado de um amigo que eu estava guiando, a moto não teve nada, mas eu fraturei 3 metatarços, ralei o joelho, o pé, risos. Estou afastado do trabalho, me encostando pelo INSS e devo voltar as atividades ao final de Julho, então vou esperar ficar bom pra ver de perto a Honda Lead 110. Gostei das soluções dela e afinal é uma honda, contudo ainda gostei mais da NEO.

Cê vê que mesmo com o pé quebrado de queda de moto, estou na agonia da compra da minha moto. Risos.

Grande abraço e parabéns pela matéria.

Daniel.

Daniel

Mais um comentário de proprietário retirado do site Best Cars Web Site - Teste do Leitor:


[Nome] Fabio F.Araújo
[Cidade] São Paulo
[Estado] SP
[E-mail] flashfabio@ig.com.br

[Ano-modelo] 2005
[Quilometragem atual] 14000
[Tempo há que possui] De 1 a 3 anos

[Grau de satisfação com a moto] Muito satisfeito
[Grau de satisfação com a rede de concessionárias] Muito satisfeito

[Estilo] 5
[Acabamento] 5
[Posição de pilotar] 4
[Instrumentos] 5
[Conforto] 3
[Motor] 4
[Desempenho] 4
[Consumo] 5
[Câmbio] 5
[Freios] 5
[Suspensão] 2
[Estabilidade] 4
[Custo-benefício] 5

[Principais aspectos positivos] Sem dúvida o cambio automático( CVT)e a posição de pilotagem,os pés ficam protegidos da água e sujeiras,motinha super econômica.

[Principais aspectos negativos] A posição dos pés para o garupa,ficam pegando nas panturrilhas do piloto,e os pneus que furavam muito,ai consegui resolver retirando as câmeras de ar e colocando sem câmeras(fiz os furos nas rodas para colocar os bicos da Twister e estou rodando sem câmeras),nunca mais os pneus furaram,pois na verdade não era o pneu que furava e sim a câmera que ficava com calibragem baixa ai ela mordia dentro da roda e acabava furando(a câmera)como não existe mais câmera não furou mais,esta dica vale para todas as neos pois os pneus são tubelles ou seja feitos para rodar sem câmeras,informação passada pela Pirelli.

[Defeitos apresentados] Nunca,excelente motinha,recomendo a todos!

[Concessionárias] Fiz e faço revisões na Feltrim motos,av.sto amaro e eles estão de parabéns,principalmente o sr.Macabeu

[Comentários adicionais] Sempre tive motos de grande porte,esta foi a minha primeira pequena e ela se supera a cada dia,nunca me deixou na mão,parabéns YAMAHA.

[Best Cars Web Site] Meu,sem este site não saberíamos o real comentário sobre determinado veiculo,aconselho a todos que querem comprar ou trocar qualquer veiculo,aqui você fica sabendo a real de cada modelo,parabéns BCWS.

[Data de publicação] 24/11/07

Espero ter ajudado mais uma vez,

Abraço.

Daniel.

Diler

Olá Daniel,

Você nasceu MESMO para gostar de motos, pois nessa situação o normal (não que você não seja) é deixar de lado um pouco até se restabelecer, mas nem se curou e já está até querendo comprar!? kkkkk

Muito enriquecedor a sua colaboração para com o texto de avaliação da Yamaha Neo. Os visitantes leitores são os maiores beneficiários dessa nossa troca de idéias. Obrigado novamente.

Sobre retirar a câmara de ar e adaptar um bico maior para usá-la sem, não havia pensado nisso. Ótima solução. Uma alegria para o borracheiro.

Em relação a Honda Lead 110, você já pensou que beleza de espaço sob o banco?! A mulherada vai adorar o amplo "bagageiro" para carregar todo tipo de maquiagem! rs É esperar para ver de perto.

Os meus sinceros votos de total recuperação pelo seu acidente. Espero não ler mais notícias desse tipo de você ou de qualquer outro motociclista.

Abraços e se souber de mais novidades ou dicas sobre a Neo e quiser nos passar ficamos, eu e os leitores, agradecidos.
Diler.

Daniel

Comecei a dar umas voltas de moto com essa Tornado de um vizinho amigo meu e tb uma Suzuki Yes de um colega de trabalho irmão que tb é meu maior incentivador. Risos. Depois que comecei a dar essas voltas guiando essas motos, ainda virgem de moto e aos 31 anos de idade, aí aquela vontade de adolescente me tomou realmente e nunca fui de desistir de nada na vida. KKKKKKKKK.

O fato é simples: sempre quiz ter moto e nunca fui bem de grana pra ter moto e carro. Daí pra mim sempre o carro foi mais importante, depois então que casei e tive uma filha, aí que a necessidade do carro aumentou muito. O fato é que agora ou vaí ou racha. Risos. A principio com a queda já rachou os ossos do pé, mas isso cura... Risos.

O lance da retirada das camaras de ar, adaptando os bicos, vale a pena demais não só pro borracheiro, mas para os proprietários da NEO que não precisam se preocupar se o borracheiro vaí montar a roda traseira da moto e sobrar umas peças, afinal tem um monte de coisas pra tirar fora... Risos.

Valeu pelos comentários e como estou com tempo de sobra em casa, tenho pesquisado bastante na internet sobre o modelo a ser comprado, um deles é a NEO, se encontrar mais novidades, aqui postarei.

Grande abraço e obrigado pelos comentários e pelas melhoras do meu pé.

Até breve amigo Diler,

Daniel.

Anônimo

Primeiramente obrigado pela matéria. Tirou muitas dúvidas que eu tinha em relação à Neo CVT.

A pergunta que ainda fica, é se a Neo cairia muito de desempenho levando piloto e carona com cerca de 75 e 85 quilos respectivamente.

Abraço,

Rafael

Diler

kkkkkkkkkkkk ou "vai ou racha" foi dose, hein Daniel?! Se já rachou os ossos, só sobra o "vai". kkkkkkk Ainda bem que você "acordou" (no bom sentido), porque deve dar uma tristeza danada olhar para trás e pensar: "- Poxa! Sempre gostei de moto, mas nunca fui passear de moto na vida! Agora já estou velho e não tenho mais condições físicas". Mas, você está certo, primeiro dar condições para a família se locomover com um carro... e, agora, você pode ir atrás de moto! rs

Até mais e mantenha contato.


Olá Rafael, nunca andei acima de 125 kg de peso sobre a NEO, mas, com toda sinceridade, o rendimento não deve ser muito diferente do que disse lá no texto com 40 kg a mais; em subidas pode ser que você sinta a falta de um motor mais forte (mas sobe). A capacidade máxima que a NEO aguenta é de 172 kg (com piloto, passageiro e bagagens). Só como comparativo: sozinho (75 kg) eu ganho quase 10 km/h nas subidas se eu estiver com garupa (45 kg).

Se for para andar mais na cidade e o local que você trafegar não tiver muitas subidas acho válido a compra (no seu caso). Se você pensar numa 125 cc pode ser um pouco melhor, mas não espere muita diferença de desempenho, porque o motor da NEO é pequeno, mas é valente.

Espero que ajude na escolha de sua moto ou scooter. Se eu encontrar alguém "pesadão" (quero dizer, mais pesado que 75 kg) para dar uma volta de NEO, atualizarei o texto lá em cima.

Grande abraço e obrigado pela pergunta (fique a vontade para perguntar se tiver outras dúvidas).
Diler

Anônimo

Diler,

Obrigado pela dicas. Eu estou à procura de uma moto mais no estilo scooter mesmo. E como a Burgman 400 é muito "salgada" a que mais me agrada é a NEO.

Se até julho não lançarem uma nova NEO (que seria a 2010, suponho já que a 2008 é de 2007) eu pego a 2008 mesmo.

Mais uma vez obrigado por todas as dicas.

Abraço,

Rafael

Anônimo

Diler,

como é, já chegou nos 3000Kms com tua Neo?? rs

Aproveito para parabenizar-te pelo belo texto. Esta riquissimo em informações e traz dicas muito importantes.
O detalhes da troca do pneu traseiro é um exemplo disso.

Hoje (18/07), aproveitando o dia bonito aqui na capital paulista, saí com minha velha Vulcan VN750 1995 para procurar um scooter, afinal cheguei a comclusão que precisom de uma moto menor para rodar no transito caótico da cidade.

Portanto fiquei para me decidir entre a Burgman 125 AN e a Neo AT 115.

Fui nas consecionárias destas marcas e fiz os test-drives.
Testei uma Burgman preta 2008/2009 com 4.000 KMs.
Já no caso da Neo, andei numa 2006 (usada, porém com apenas 1500 KMs).

Para mim não restou dúvidas que a ciclística da Neo é muito superior.. não sei se pelo fato de eu estar acostumado com a Vulcan ou se as rodas de 16´realmente tornam a pilotagem mais traquila.

Na Burgman, gostei muito do motor. Realmente fala "alto" nas arrancadas.
Talvez até por conta das rodas menores.
Numa rua de paralelepipedo por onde passei, notei claramente que a Burgman tem a tendência de acompanhar o "relevo" do calçamento (rs..rs), fato que me deixou um tanto temeroso. As duas mãos devem ficar realmente presas ao guidon o tempo todo.

Bom, resumindo a estória... gostei tanto da Neo que comprei a unidade testada... rs

Será que o modelo 2008 traz difenças mecânicas em relação a 2006?

A esta altura o Rogério já deve ter chegado no RS com a Neo dele...
Será que ele já disponibilizou as fotos em algum URL?? rs


abraços

Eger

Diler

Olá Eger,

Obrigado pelos elogios, mas repare quanta informação legal que todo mundo trouxe, inclusive você, e complementou o texto com os comentários. Isso é muito bacana e com certeza estamos auxiliando muita gente. Bem que a Yamaha poderia pagar um almoço para nós, hein?! kkkkkkk

Em relação a mecânica do modelo 2006 para o 2008 só um novo carburador com afogador eletrônico - BS 25 Mikuni -, salvo engano é o mesmo que equipa a YBR Factor 125. Se existir algum benefício é para melhorar a partida a frio e diminuir (um pouquinho) o consumo.

Agora, será que daria para adaptar o motor da Burgman na Neo? rs... Acho que seria uma scooter quase perfeita, não que o motor da Neo seja ruim, muito pelo contrário, mas a da Burgman empurra mais, isso não temos dúvidas (pena pelas rodas pequenas e espaço do porta-bagagens não caber um capacete fechado).

O Rogério nunca mais deu as caras por aqui, deve ter ido além do Rio Grande do Sul ou ter errado o caminho. Pô, Rogério, dá um alô aí! rs...

E, antes que me esqueça, a Neo está agora com 2.170 km. Conforme forem aparecendo os problemas (tomara que não!) e gastos, atualizarei o texto lá em cima.

Abração e boa sorte com mais um integrante na "família" junto a Vulcan.

Gustavo

Oi Diler e amigos leitores,

Já estava na dúvida de qual scooter comprar mas além da visita nas concessionárias Honda, Suzuki e Yamaha, afim de conhecer todos os modelos confiáveis disponíveis, essa matéria feita por você e pelos nossos colegas aqui está sendo decisiva pra mim.

Vou comprar minha NEO na semana, minha primeira moto, e gostaria de tirar apenas uma dúvida já abordada aqui: Será que eu com meus 75 quilos consigo levar uma garupa com peso aproximado ao meu? Pois lí em algum lugar que alguem tentou levar uma garupa na NEO com pesos inferiores e não conseguiu nem subir a rampa da garagem do prédio... achei meio estranho mas sei lá!

Só para constar, fui conhecar a Honda Lead 110 - é meio esquisitinha mas bonitinha. Além do bagageiro amplo, tem o freio traseiro combinado com o da frente, sistema anti-furto na ignição e diversas outras "atrações" mas o problema é que eu com meus 1,88m de altura não consigo nem sentar nela... é feita para mulheres ou homens bem mais baixos que eu. Fiquei decepcionado mas a Burgman é a mesma coisa... só consegui me acomodar bem na NEO e na Dafra Laser mas essa última prefiro não arriscar já que não conheço a marca.

Aproveitando, lí em algum forum por aí que como até hoje não saiu a nova NEO 2009/2010, isso poderia significar o fim dessa scooter. Contudo, lí em diversos outros lugares que a NEO foi eleita "A Melhor Scooter do Ano" em 2007 e 2008 por uma revista especializada. E ontem lí numa revista que ela foi a segunda scooter mais vendida do ano passado, perdendo apenas pela Burgman Suzuki e perdendo por bem pouco... acho estranho ser o fim mas que está demorando está... parece que no Méximo foi lançada o modelo 2009 mas a única coisa que mudava eram os "adesivos" esportivos nela. Enfim...

É isso!

Abraços,

Gustavo.

Diler

Fala Gustavo.

Na semana passada andei como garupa com o amigo Luis, mecânico da Yamaha, que deve pesar uns 65 kg e, somado ao meu peso de 75 kg, a Neo se comportou tranquilo.

O que você leu sobre "não conseguiu subir nem a rampa da garagem" pode até ser verdade, mas precisa estar com bastante peso, subida com muita inclinação e tentar sair do zero, quer dizer, parado já na subida com bastante peso. Se um dia você estiver nessa situação, basta sair um pouco do assento (ficar em pé com os pés no chão sobre a Neo, só o piloto), segurar firme e acelerar! kkkkk Ao sentir a scooter se movimentar, basta sentar e continuar a aceleração. Pode parecer tosco, mas funciona.

Em complemento ao que o Eger disse acima sobre o motor da Burgman, se a Neo tivesse o mesmo espaço do porta-bagagens da Lead, aí seria mil maravilhas, hein?!

A propósito, não acredito que a Yamaha seria tão ingênua e incompetente a ponto de parar a fabricação da Neo, vez que só perde em número de vendas para a Burgman por causa (acho) do preço ser um pouco mais caro. Além do fato de o brasileiro descobrir somente agora os benefícios de uma scooter. Prova disso é a chegada da Honda Lead 110. Não investir nesse segmento é dizer: não gosto de dinheiro! Difícil para uma empresa.

O não lançamento de um novo modelo deve ser reflexo ainda da tal crise mundial ou planejamento estratégico, porque nem o novo modelo da Fazer ainda temos.

A Dafra Laser é bonita e grandalhona, mas você reparou que não comporta nem um capacete e também não há nenhum gancho para prender os capacetes? Com toda sinceridade, o porta-bagageiro é uma "mão na roda", principalmente para fazer supermercado. Por exemplo, quando preciso ir ao supermercado, já levo uma mochila vazia dentro do porta-bagagem. Consigo carregar até sete sacolas (dois mais pesados dentro do porta-bagageiro e quatro dentro da mochila). O saco do pão vai enroscado no gancho. kkkkkk

Já aviso que não quero desmerecer a Dafra Laser, porque já andei e gostei, mas a idéia do parágrafo anterior é que eu já acostumei com o porta-bagageiro e não abro mão desse detalhe em uma scooter hoje em dia.

O duro é ter que esperar por um eventual lançamento que não se tem certeza de quando será. De qualquer forma, se comprar ainda a versão 2008 e o uso for mais urbano, não se arrependerá.

Qualquer dúvida estaremos por aqui. Abração.

Michel Baptista

Tudo bem? Estou pensando em adquirir uma neo e esta página foi bastante útil. Aproveito para perguntar:é possível fazer seguro para ela aqui em São Paulo? Qual é o valor médio?

Abs

Michel

Diler

Tudo jóia Michel,

Eu consultei o Banco do Brasil (Seguro Auto BB) hoje, 30.7.09, e, infelizmente, há restrições para o CEP 01307-001 em São Paulo, local onde eu residia, na Rua Frei Caneca (próximo a Avenida Paulista), na modalidade do seguro para motocicletas, no caso, Yamaha Neo.

As restrições (proibições) são na modalidade:

1) Compreensiva: é o seguro clássico, que engloba as garantias de todas as outras coberturas.
2) Integral: é a cobertura que garante ao segurado a indenização integral do veículo quando ocorre a sua perda total num sinistro.

Só na modalidade contra terceiros (danos materiais ou danos corporais) é que há possibilidade de cobertura. O valor à vista fica em R$283,48 com o seguinte perfil: 27 anos; solteiro; uso particular próprio; até 1.500km/mês; garagem fechado em casa, no trabalho e na escola.

O triste é que somente as duas primeiras modalidades (1 e 2) são as que cobrem por roubo e furto. Aliás, seria o principal motivo para fazer um seguro de moto em São Paulo. Lembre-se, a simulação de R$283,48 não cobre roubo e furto da moto.

Eu verifiquei que a Yamaha, através da Sul América, também não cobre os Estados de São Paulo, Rio de Janeiro e Espírito Santo.

Você pode tentar consultar alguma outra seguradora tipo: Mapfre, Bradesco, Porto Seguro, Itaú, etc.

Uma dica, caso consiga alguma seguradora, é colocar alarme na moto para reduzir o valor e observe bem as cláusulas do contrato para ver se cobre realmente roubo e furto da moto (geralmente pelo valor da Tabela Fipe).

Caso consiga, nos informe. Abraços.

Michel Baptista

Oi Diler,

Obrigado pelas informações, cara. Vou pesquisar outras segfuradoras, como você sugeriu, e se tiver alguma novidade (sobre seguro da Neo em São Paulo), posto aqui.

Abs!

Gustavo
Este comentário foi removido pelo autor.
Gustavo

Olá Diler!!

Muito obrigado por sua resposta! Essa semana vou na loja fechar negócio para a compra da minha Neo!!!!

Só estou com uma dúvida: O modelo disponível é 2008. Isso quer dizer que essas motos foram fabricadas em 2008 ou até mesmo em 2007... é isso mesmo??

Claro que devemos levar em conta fatores como vantagens e benefícios mas ao mesmo tempo acredito que devemos considerar tb o valor de marcado de revenda no futuro... já que estamos quase em 2010.

Não sei se meu raciocínio está errado mas me pergunto a "grosso modo": É vantagem comprar uma moto zero em 2010 sendo que ela foi fabricada em 2007?? Ou isso não tem nada haver???

Enfim, gostaria apenas de uma opinião sua.

Abraços,

Gustavo.

Diler

Olá Gustavo, como há muita dúvida se a NEO aguenta peso, pedi para um colega de 82kg (1,90m de altura) subir na garupa em plena subida e o resultado foi o que eu esperava: saímos do zero com apenas 1/3 do acelerador e subimos numa boa. Total de peso: 75 + 82 kg = 157 kg.

No caso da venda de um veículo o que se considera é o ano do modelo, independente do ano de fabricação. Veja, por exemplo, a Tabela Fipe que dá para selecionar só o "Ano Modelo".

É bem provável (posso estar enganado) que se sair um modelo novo da NEO, a alteração seja apenas no grafismo a exemplo da Nova Fazer que modificou, no geral, apenas o sistema de escape para se adequar ao Promot3, grafismos e lanterna cristal.

Abração e espero que consiga fazer bom negócio ("chore" no preço e diga que não é nem modelo 2009).

Gustavo

Boa noite Diler,

Mais uma vez agradeço demais suas considerações!!!

Chorei o preço e o máximo que consegui foi R$ 5.400,00 sendo em 36 vezes de R$ 241,93 pelo Banco Itaú (incluso taxa de serviço ao crédito), garantia de 01 ano sem limite de quilometragem, capacete e capa de chuva.

O que acha??

Pretendo fechar o negócio na 6a feira pela manhã!

Abraços,

Gustavo.

Árton

Ae galera,

Tenho uma Neo 2006 atualmente com 24.000 Km e posso dizer que está se saindo muito bem. O mais caro que paguei nela foi uma nova bateria e 2 pares de pneus.

Sobre o desempenho. Eu tenho 85 Kg e já fiz uma viagem de 900Km (ida e volta) com um garupa de 50Kg e mais 30Kg de bagagem (Barraca, mantimentos, mochilas, baú). Isso totaliza 155Kg. Achei que ia haver problema com o excesso de peso mas resolvi arriscar! A dirigibilidade com esse peso em baixa velocidade causa um pouco de instabilidade. Mas no asfalto acima de 80km/h não há nenhum problema. Durante a viagem fiz uma velocidade média de 90. A seguir alguns valores para condições de vento normal:

- 100 km/h nas retas
- 80 Km/h em subidas medianas
- 50 Km/h em subidas pesadas
- 105 Km/h em decidas medianas
- 115 Km/h em decidas acentuadas

Quanto ao conforto, na ida até que foi tudo bem até os 300Km, depois o cara começa a sentir o cançaso devido ao vento e a trepidação. Após os 300Km eu já não sentia muito as minhas costas, hehehe. O garupa foi tranquilo pois tinha encosto almofadado no baú. Nos 600Km de viagem, já na volta, a situação começa a ficar bem desconfortável para o piloto. Creio que se a velocidade média fosse uns 110Km/h não teria tanto problema. Mas no fim até que a viagem foi agradável. É claro, fazendo paradas a cada 1-2 horas. Quanto ao consumo, o excesso de peso influencia bastante, fez uns 20 por litro no máximo.

A minha recomendação é que ela serve sim para viagens de até 300Km por dia! Acima disso é aventura! ;-)

Abraços,
Árton

Árton

Corrigindo! o peso total foi de 165kg e decida=descida!

Diler

Gustavo, duas situações:
1) Valor a vista: R$5.400,00 (está bom);
2) Financiado: 36x de R$241,93 = R$8.709,48 (juros de 3% ao mês não é nada bom).

Se você considerar R$8.709,48 menos R$5.400,00, a diferença ao final será de R$3.309,48 ou 61,28%(!) do valor da NEO nova. Quer dizer, ao final você pagará 1 Neo e 61,28% de outra nova. Além do fato da desvalorização a cada ano (que não considero como ponto essencial, porque daí ninguém teria carro ou moto, vez que esses não são considerados investimentos).

Se você não conseguir em outra financeira taxas de juros menores que 3% em 36 vezes, tente calcular em 24 meses, mas não pague mais que 2% de juros mensais. Uma entrada boa seria 30% do valor da Neo e financiado o restante em 24 vezes de no máximo 2% ao mês de juros.

Uma dica: peça emprestado de algum parente que tenha algum dinheiro guardado na poupança e diga que você paga até 1,2% de juros. Por quê? A poupança não rende mais que 0,70% ao mês; você paga um juros bem menor e o seu parente recebe quase o dobro do que ele ganharia com a poupança. IMPORTANTE: mas pague o seu parente para não brigar com a família inteira depois. rs...

Então, se puder, fuja de financiamentos com juros acima de 2% ao mês e parcelas acima de 24 meses. Há estudos que comprovam: não vale a pena parcelar veículos acima de 24 meses.

Claro que cada um sabe o bolso que pode suportar, mas não devemos levar pela felicidade e tentação de comprar por impulso. Pense, calcule, faça um orçamento doméstico (coloque de um lado tudo que você ganha e, do outro, tudo que se gasta) e inclua eventualmente os gastos com a manutenção também (comigo a Neo não deu maiores gastos até agora).

Boa sorte e que encotre bons negócios! Nos mantenha informados. Abraços.

Gustavo

Olá Diler!

Fiquei muito contente com suas observações e concordo plenamente com elas... aliás eu não manjo nada dessa questão financeira.

Consegui enxugar um pouquinho mais o valor das parcelas para R$ 231,00 em 36 vezes e como infelizmente todas essas alternativas que você sugeriu são inviáveis para mim nesse momento, estou avaliando a possibilidade de optar por esse parcelamento acima. Pois mesmo assim vou conseguir economizar muito em combustível...

Minha intenção é pagar em um ano e meio ou no máximo dois, por exemplo: pago de uma vez a primeira parcela e a última parcela, a segunda e a penultima e assim sucessivamente... ganho descontos nas últimas e reduzo meu tempo de comprometimento, tendo um valor mais baixo de prestação no caso de eu me apertar e não poder pagar nesse esquema que exemplifiquei.

Fazendo uma "continha burra" nesse sentido, a grosso modo vc acha que vou pagar uma NEO e quantos por cento de outra moto?? rsrsrs Qual será meu prejuízo dessa forma???

Se puder esclarecer essa dúvida fico muito agradecido pq esse nível de conta não é comigo... mas enfim, gostei e preciso mto da moto!!!!

Abraços,

Gustavo.

Diler

Fala Gustavo,

Uma pequena correção quando disse que a taxa seria de 3%, engano, os juros são 2,85% no primeiro cálculo com o valor das parcelas em R$241,93.

Com o novo valor de R$231,00 a taxa de juros é de 2,55% ao mês (você já conseguiu um desconto de 0,30% no juros). Já reduziu! rs... Ao final você pagará 1 NEO mais 54% de outra nova (não considerei os descontos, caso você consiga pagar duas ou mais parcelas ao mesmo tempo, mas todo desconto será sempre bem-vindo). Bom, uma outra alternativa é vender algum bem que não precise mais (tipo jóias, aparelho de som, televisão, etc) ou trocar o carro por um de menor valor e a diferença de dinheiro que conseguir com a venda (do carro ou de outro bem), dar de entrada no valor da moto e diminuir as parcelas, consequentemente os juros também podem diminuir.

Agora, por ora, não me ocorre mais nenhuma outra alternativa para tentar aliviar o seu bolso. Caso algum leitor tenha, por favor, convidamos a deixar sua contribuição.

Abraços.

Diler

Olá Árton,

Pela visto você é uma aventureiro! rs... Se puder disponibilizar algumas fotos da sua Neo (com o Baú) acrescento lá em cima no texto. O e-mail é contato[arroba]imotocas.com

Os meus agradecimentos pelas suas informações.

Grande abraço.

Eger

Diler e amigos,

hj faz 20 dias que estou rodando com a Neo 2006 e sigo feliz da vida.
Finalmente consegui fazer a média de consumo e para minha surpresa o resultado foi 33 Km/l. Abasteci 4,1 l de gasolina Shell V-power e rodei 136Kms.
Estou maravilhado com a maquininha.

abraço a todos

Eger

Gustavo

Olá Diler e Amigos,

Comprei a minha pretinha! rs

Não tive muita escolha quanto ao pagamento então ficou em 36x s/ entrada mas pretendo pagar a primeira e a última, a segunda e a penúltima e assim diminuir meu prejuízo.

Estou extremamente satisfeito!!! Atendeu a todas as minhas expectativas!!!!

Os únicos dois pontos desfavoráveis na minha opinião, é a suspensão que realmente bate a seco e os espelhos (que são muito bons) mas como nunca andei de moto mas sim só de carro, estou tendo dificuldades de me adaptar...

Pensei naqueles espelinhos redondos convexos, acho que vão me ajudar muito... só não sei onde achar o de 1,5'' polegadas.

É isso!!!

Obrigado e abraços,

Gustavo.

Diler

Olá Eger e Gustavo,

Aêeeeee!!! Parabéns pela aquisição! Enviem fotos, se puderem, para o meu e-mail contato[arroba]imotocas.com para serem publicados lá no texto acima.

Abração e boa sorte para todos com a scooter. Quem sabe um dia marcamos uma viagem.

Eger

Diler et al,

gostei da idéia da viagem.
Que tal uma descida de serra com destino a Santos e Guarujá?
Serão menos que os 300kms recomendados pelo Árton.

quando será?

Eger

Diler

Eger,

O seu roteiro é genial, pena que estou a 300km da capital, próximo da cidade de Avaré-SP. O legal seria sair um grupo de scooters aí de São Paulo e outro grupo daqui do interior para encontrarmos no meio do caminho em alguma cidade bacana.

HoNeY

Bruno,

Eu estava em duvidas em qual moto scooter compra. Depois de ler varios post e exclusivamente este, nao tem duvida de amanhã comprar a minha.

oiregor

Olá a TODOS (friso o todos, pois sentiram minha falta ehehehe)
Pessoal voltei com boas e más noticias (pra mim).
Realmente fiz a aventura/mudança para Santa Rosa/RS, mas não de Neo. ;-(
Faltou verba... alias ainda esta faltando, heeheh
Agora já estou com casa alugada, internet funcionando e tudo mais.
O desejo pela Neo continua, mas vai ter que esperar um pouco...
Pelo menos uma vez por mês farei a aventura Santa Rosa/São Paulo e espero que até dezembro consiga realizar os dois "sonhos": viagem de 1200km de Neo.
Deixo aqui o abraço a todos, em especial ao Diler, com um obrigado pela constante atualização da página.
aaahhh e as fotos já ficarão como "promessa" a ser cumprida por mim, assim que tiver realizado meu desejo... ehhe
Até Já
Rogério

Alisson Vechi

Parabéns pela matéria. Tenho um NEO 07/08 Azul, pra meu orgulho a primeira a sair da concessionária de Brusque.
A suspensão da Neo CVT é bem superior ao da Neo AT, menos trancos.
Ela está beirando os 10 mil km, e até agora nenhum gasta extra, apenas tive que trocar o cilindro da chave, pois ela foi furtada a um tempo atras, e depois de 2 meses foi encontrada, pra minha sorte :)
A única coisa que não posso concordar com voce é sobre a posição da pedaleira traseira no modelo CVT, pois muda, no modelo AT é muito mais confortável, no CVT as pernas fica acrocadas, mas eu resolvi este problema com algumas adaptações, estão todas informações no meu orkut, quem quiser pode olhar lá, mas se quiser tbm posso enviar as fotos para vc publicar no site. é só pedir.
Parabéns novamente

Anônimo

Olá, meu nome é Everson, tenho uma neo 2008 e fiz um teste com um carro, fui a 80 km e carro também estava, depois a 110 e carro também estava a 110km, e na baixada dei 130km e carro também esteve a 130km. gostaria de saber de tem pneu slik sem camara para ela, pois acho se colocar elha irá melhorar ainda mais? outra coisa será que tem lampadas melhores para o farol dela, é muito ruim o farol dela, claro melhor que o da biz.
meu e-mail é everbez@hotmail.com

Rinaldo

Boa noite à todos, tô de passagem, rapidinho por aqui e vou deixar minha impressão: sou de Aracaju/SE e comprei uma NEO zerada há 10 dias. Está com 140 km rodados, peso 94 kg e hoje andei com um garupa de 85 kg. A mudança de desempenho foi quase imperceptível. Tenho 42 anos e o garupa 35. Já tive Falcon, Agrale 27.5 e Honda 125 ml. Só posso dizer que a NEO é show de bola! Abraços e boa sorte à todos.

Anônimo

Fernando

Laser péssimo negócio!!! Agora vou de NEO

Sou recente usuário de scooter, em abril/09 comprei a Dafra Laser, pelo preço, pelo motor, pelo porte e pelo design. No segundo dia de uso deu defeito na seta, trocaram no dia seguinte, ainda bem....Ao longo dos últimos meses, sempre tive os cuidados com limpeza, reaperto de parafusos, etc. Mas mesmo assim com as ondulações, buracos, etc, foram-se perdendo parafusos,kkkk....Na última revisão de 3000km, ok, quando chegou nos 3600km, começou-se os dramas. De manhã cedo, liguei a moto, andei 30 metros e de repente a moto morreu e não ligou mais, ainda bem que estava perto de casa. Liguei para a concessionária e informei o problema. A assistência técnica, com a cara de pau, queria que eu levasse a moto para conserto. Eles pensam que somos bestas né? rss...Eu exigi que eles fossem na minha casa buscar a moto para revisar em garantia...eles levaram 2 dias para ir buscar...agora já estou há 5 dias sem a moto...
Ao sair do trabalho, com meu carro, passei em uma concessionária yamaha apenas como curiosidade..Conheço bem o processo produtivo da Yamaha e posso garantir que eles disciplinarmente buscar a qualidade de seus produtos. A empresa cresceu muito nos últimos anos, foi-se o tempo dos péssimos motores 2 tempos, a Yamaha buscar competir com a Honda pau a pau nos próximos anos...resumindo com a oferta de 850,00 de entrada, 1a parcela, 99,00 a 2a 137,00 a 3a 170,00 e 45x de 185,00, decidi na hora comprar a NEO 2010 azul, bonita a lambreta, TOTAL a prazo 9500 reais...
vou quitar a Laser e passar pelo martírio de tentar revender.....Mas agora vou para o trabalho de NEO, pois o transito aqui em manaus está uma catástrofe....Acho que agora fiz uma boa compra!!!!!

HoNeY

Estou a 1 mes com minha neo e estou perfeitamente satisfeito...Agora vou tentar fazer alguns ajustes e custumizar....se alguem tiver alguma ideia...Alisson Vechi gostei da ideia das pedaleiras para o garupa...

HoNeY

*customizar !!!!

Flávia

Comprei a minha neo faz 2 meses e é mto boa, recomendo a todas as pessoas, não tem erro, é so acelerar e brecar.
Eu não ditijo carro pq tenho medo, moto então nem pensar, mas a neo me deu toda segurança e conforto que eu necessitava e hj não paro mais em casa, se soubesse tinha comprado ela bem antes. Sem contar que ela é mto, mais mto econômica, por isso recomendo, vale a pena.

Marcel

Ola Diler, boa tarde!

Primeiramente, quero lhe dizer que conheci este site hoje, gostei muito desta matéria referente a NEO, foi a melhor matéria que eu já li referente a veículos, já entrei em muitos sites famosos e não famosos, mas não vi nada comparado com esta matéria, você e sua equipe, explicaram simplesmente tudo sobre a NEO, foi excelente, mas o que mais me chamou a atenção, foi o carinho e a dedicação que você tem com as perguntas ao responde-las. Esta de parabéns.
Gostaria de saber se você vai fazer este mesmo teste, totalmente completo com a Dafra Laser 150 (Meu maior interesse), demais Scooters do mercado, estou muito a fim de adquirir uma, eu nunca tive uma Moto, Scooter ou similares, melhor eu nem tenho habilitação para elas (por enquanto), somente para carro. Vou iniciar como motociclista e não quero me decepcionar logo de cara, apesar de tudo que eu já li referente a Laser 150 (pros e contras), igualmente para outras scooters, mas vejo um pouco de preconceito contra a Dafra, gerando assim mais comentários contra, por isso estou em duvida, tenho medo de me decepcionar!


Desde já, obrigado!

Um forte abraço

Alexandre

ufaaa...terminei de ler tudo....kkk

Estou exatamento com as mesmas dúvidas do Marcel (acima), essa será minha primeira moto e vou tirar categoria A em novembro (só tenho B)...tenho muito interesse na Laser Dafra, mais tb percebi preconceito sobre essa marca. Não sei se todos tem fundamento, mais seria ótimo um teste com essa moto, visto que gostei muito do teste realizado por esse site.

Vlw ae galera e parabéns pelo site...já está nos meus favoritos

Alexandre - Natal / RN

Diler

Olá pessoal! Obrigado a todos pelos elogios, mas reitero que o texto da Neo só ficou melhor depois dos depoimentos e comentários de vocês. E peço desculpas pela demora por este feedback, mas porque tive que mudar do interior de São Paulo para Brasília, aí já viu né, 1.000 quilômetros em cima da Neo não foi fácil! rs...

Brincadeira, a Neo veio confortavelmente encaixotado dentro do baú no caminhão de mudança. hehehehe... Lembrei do Rogério que está devendo futuras fotos da viagem de 1.200km! Por falar em fotos, Alisson, se quiser e puder enviar as fotos que você modificou a pedaleira da Neo será muito bem-vinda e já acrescento no texto. O e-mail é contato[arroba]imotocas.com

Marcel e Alexandre, já já o pessoal acostuma com mais Dafras rodando pelas nossas ruas. Foi assim que aconteceu com o início da Honda e da Yamaha. Vocês lembram quando a Kia Motors chegou ao Brasil em 1991? Hoje é até símbolo de status ter um carro da marca.

Sobre o teste da Laser quem sabe a Dafra disponibilize uma unidade para fazer os mesmos 1.000km de uso real como aconteceu aqui com a Neo. Não vou prometer nada, mas se tiver uma oportunidade ajudarei os interessados.

É evidente que antes de comprar a Neo também pesquisei bastante e testei a maioria das scooters e em relação a Laser só não gostei, isso não é um defeito ou preconceito contra a Dafra e sim apenas meu ponto de vista, do espaço debaixo do banco que é quase inexistente para colocar bugigangas. Quer dizer, não cabe nenhum capacete e também não há qualquer porta-capacete, mas nada que um baú não resolva. rs...

O Fernando, no comentário acima, não deve ter dado sorte com a Laser, porque no trânsito já perguntei para dois proprietários que estavam satisfeitos com a (big) scooter. Aliás, façam como ele: comprou e não gostou, venda e compre outro! O que não pode é ter medo. O máximo que pode acontecer é ter que acionar a garantia amigavelmente ou judicialmente (na pior hipótese). Isso com qualquer marca.

Aconselho que quem estiver na dúvida façam uma visita até as lojas e sentem nas scooters e, se possível, pilotem antes de fechar negócio.

Acho que independente de qual escolherem ficarão satisfeitos como a Flávia ficou (que tinha medo até de carro, imagina de moto).

Até mais galera.

André Luis

Bom dia estou com uma duvida estou prestes a compra um NEO 2008 usada com 1.124Km!!!
Por R$ 4.700,00. Quero saber se é uma boa compra???
Ou se é melhor eu juntar a diferença e compra uma nova?

Agradeço a ajuda e colaboração de todos os comentários são de grade valor!!!

Aguardo um conselho de vc's

André Luis

Diler

Olá André, o preço está um pouco acima da tabela FIPE - consulta 01/11/2009 R$4.631,00 -, porém, caso você conheça a procedência, vale a pena.

O modelo novo custa em torno de R$6.500,00 mais documentação; a diferença de valor para R$4.700,00 é de R$1.800,00 (a R$2.200,00 com documentação). Com essa diferença você compra capacete, jaqueta, calça, luvas, botas etc.

Não houve modificações muito substanciais com o modelo 2010 (veja aqui o que mudou). Em termos ambientais é válido a compra da nova, ja que está adequada ao Promot3.

hERCULES aVANCINI

Cara, seu trabalho de avaliações neste site é fantástico.

Sempre acesso o seu site. PARABÉNS!!!

Ellen

Olá,bom dia!Tenho uma Neo 2008 azul há mais ou menos 8 meses.Gostaria de saber se tem alguma sugestão de onde comprar peças com proço mais em conta.Após um tombo preciso trocar o paralama dianteiro,os faróis,a parte interna,preta,do protetor de pernas e aquela parte que tampa a a parte elétrica,acima do protetor de pernas.Só tenho encontrado peças originais e caras.Até msmo as que são descritas aki estão mais baratas do que encontrei.Ah moro no Rio de Janeiro,mas posso comprar pela internet se for o caso.Desde já agradeço,um abraço Ellen.meu email é ellen.cortacel@hotmail.com

Diler

Olá Ellen, não desanime e dentro do possível vá arrumando. Caso você não tenha pesquisado em todas as concessionárias do Estado do Rio de Janeiro, acesse: [http://www.yamaha-motor.com.br/cmi/pagina.aspx?694]. Leve numa concessionária Yamaha mais próxima e solicite ao mecânico uma avaliação dos danos, inclusive com os códigos das peças. De posse desse orçamento faça a pesquisa nas outras concessionárias (não esqueça de mencionar, caso a loja seja muito longe, a possibilidade de envio e o custo pelos Correios ou transportadora).

Os preços das peças que estão acima no texto foi consultada diretamente na Mundyama Yamaha, localizada no interior de São Paulo na cidade de Itapeva, cujo e-mail é: mundyama(arroba)mundyama.com.br

Em São Paulo na Concessionária Yamaha Siri Motos você também encontra peças, inclusive com acessórios para personalização da Neo - por exemplo, ponteira de escape dourada. O endereço é este: [http://www.sirimotos.com.br/produtos_acessorios.asp?modelo=NEO%20AT%20115]. Ou pode consultar diretamente neste formulário [http://www.sirimotos.com.br/pecas.asp].

Há, também, uma pequena loja de peças de motos em São Paulo (que vende para todo o Brasil) neste endereço [http://www.lojadaspecas.com.br], mas o site, até o momento em que consultei (11.11.2009 - 18h00), estava fora do ar.

Boa sorte.

Anônimo

olá..nossa amei esse site!!! estava na maior duvida de qual eu comprava
(biz ou a nova neo)vai ser a minha primeira moto, eu não gosto mto da biz mais meu marido fica dizendo que é melhor!(honda ¬¬) como ela pode ser melhor se a NEO é perfeita pra pessoas "burrinhas" que nem eu..uahauhauah ^_^ é soh acelerar não tem erro!
não vou correr o risco de ficar "parada" no transito por erro de marcha.
qdo eu vi a NEO na concessionária foi amor a primeira vista !Uso até uma foto dela como papel de parede do PC. uahauha
confesso que foi difícil convencer o maridão ( pelo preço tb) Mas tenho certeza q vai valer a pena! ^_^
parabens novamente pelo site! ja esta no meu "favorito"!!!

Marco

Marcos Lima
Parabens pela reportagem, e por mostrar com detalhes como tirar a roda
traseira da Neo, algo simples de se encinar, mas ninguem tinha feito isso
antes. Estas informações foram muito importantes para quem quer um neo
como eu... Obrigado...

Adilson, Natal/RN

Boa noite Diler, só gostaria de dizer que graças a sua review que li ontem, me decidi a comprar uma neo azul(hoje com R$1000 de entrada e 48x R$224, fazer oque né), pego ela amanhã. Vou te mandar a foto dela ainda na loja que tirei hoje. Tb comprei um capacete LS2 Phobia azul, vc conhece? É bonito que só, combina bastante com a motoneta. Tenho uma dúvida p/ quem poder responder, a adaptação do pneu sem camara funciona só trocando o pito do pneu origi? A roda é feita p/ isso (ñ murcha pelo beral?)? De qualquer modo obrigado.

Diler

Marcos, valeu pelos comentários.

Adilson, uma facada e tanto essas parcelas da Neo, hein? rs... Eu recebi as duas fotos que me enviou por e-mail e já acrescentei no texto. Obrigado. Sobre usar os pneus sem câmara-de-ar na Neo o amigo Daniel acrescentou uma dica de como fazê-lo (ver comentários acima). Sinceramente não testei a dica e, portanto, desconheço se funciona 100% (se há vazamentos pelos cantos da roda etc).
A LS2 têm capacetes com ótimo custo-benefício, por exemplo o sistema de ventilação tanto para ajudar no desembaçamento da viseira como para os dias mais quentes.
Bom proveito com as novas aquisições.

Fábio

Olá pessoal Meu nome é Fábio e como acabo de receber minha habilitação e sem dividas eu estou afim de comprar uma moto, na verdade desde que eu pensei em tirar habilitação eu já procurava nop google tudo sobre motos: preços, km/L, nova ou usada porem contudo até agora não sei bem o que comprar. Primeiro não quero uma moto maior que 125cc quero uma pequena não gosto de correr muito, apesar de dar "cora" nas motos dos meu irmão e do meu cunhado, mas com o passar de "km rodados" vi que era um pouco perigoso e hoje não passo dos 100km/h. Mas agora quero parar de andar com motos emprestadas e quero ter a minha CG e YBR já ande muito agora quero uma scooter quero algo estiloso na minha vida e claro quero que seja minha. A NEO é muito linda me apaixonei por ela como moro em Goiás e vou para Brasília todos os dia, de "busão jã tô ficando louco" 30km em pé por dia é triste. Eu quero uma scooter nunca pilotei uma antes, mas, já to achando que elas estão na minha vida. Neo x Lead não sei qual é a minha escolha, A Neo se destaca pelas rodas, pelo estilo e pelo valor dela. Já a Lead o que mais me chama a atenção é o "porta-capacetas" enorme, e pra onde eu vou gosto de carregar coisas ela seria melhor. Mas, por ser nova aina eu acho que vai ter alguns problemas, é as rodas são um pouco pequenas, e em Brasília tem uns certos buracos, acho que como toda cidade grande.
Agora Fica a Questão qual é a melhor?
Para um percurso de 30km/dia (faculdade e trabalho)
Qual a melhor para viagens de 300km
e qual é mais economica.
Obrigado desde já Fábio

Diler

Olá Fábio, bem-vindo ao mundo dos habilitados! Em termos de tecnologia a Lead é melhor que outras scooters atuais do mercado brasileiro, quer dizer, alimentação por injeção eletrônica, refrigeração líquida e o sistema de freios combinados (ao acionar o freio traseiro o dianteiro também é acionado). Em termos de consumo é bem equilibrado com a Neo que, também, depende muito do terreno e da tocada de cada motociclista.

Acredito que no quesito "qual o melhor", ambas atenderão muito bem o uso que fará delas, principalmente por não depender mais com tanta frequência do "busão" (sempre lotado). Se o percurso diário for de 30 km, excluindo sábado e domingo, percorrerá por semana 150 km. O seu gasto semanal somente com combustível será em torno de R$15,00. Para conseguir mais espaço em ambas as scooters, você pode colocar um bauleto na traseira. É uma dica.

O que eu posso afirmar é: você ficará mal acostumado pela praticidade da scooter, seja a Lead, seja a Neo. Nos dias de chuva com aquelas poças de lamas, por exemplo, enquanto o cara da CG, YBR, Yes levantarem as pernas para evitar que o pneu dianteiro espirre lama, você vai passar rasgando com a scooter! rs...

Francisco

Olá, tb tenho uma NEO CVT 2008. Como minha anterior era uma Honda Bizz, é claro que estou mais que satisfeito com a motoca. Já fiz uma viagem de Maceió-AL a Recife-PE e ela se saiu muito bem. As velocidades ficaram bem próximas das colocadas anteriormente no início do post. Eu fui sozinho e com quase nenhuma bagagem pela estrada, que corta o litoral alagoano e pernambucano. Um visual muito lindo. Como experiência posso dizer dizer que se faz necessário se precaver de apressadinhos que querem nos ultrapassar de todo jeito. Em certos casos é melhor sair para o acostamento (se tiver um) a dar uma de bonzão e esperar o cara te ultrapassar. Normalmente eles nos ultrapassam forçadamente, podendo causar acidentes. Levar kit de ferramentas para a troca do pneu traseiro é uma boa. O legal é levar a moto numa loja de ferramentas e comprar as chaves necessárias conferindo em cada parafuso. Uma dica: antes de viajar comprei um spray que repõe o ar de pneus furados (não precisei usar até hoje), mas ainda bem que não precisei de nada para emergências. A moto se saiu bem no consumo da ida, mas o da volta foi ruim. Não entendi o porquê. Talvez a a forma de pilotagem.
Uso a NEO essencialmente na cidade. Como o trânsito está ruim até pra motoqueiro, o fato dela ser automática, tira muito do cansaço e stress da troca constante de marchas no meio dos carros.
Em relação à seguro de motos, fiz uma cotação de preço e obtive o valor de R$495,00 da empresa de seguro da própria Yamaha para minha NEO. Ainda dividindo em até 10x. Gostei do preço. Em janeiro eu faço. Ficou perto de 6 vezes de R$99,00. pouco perto da tranquilidade de preteger um patrimônio que pode se perder tão rapidamente com um simples acidente ou furto. ainda cobre de danos contra terceiros em até R$10.000,00.
O único ponto negativo que vejo nela até agora fica em relação à suspensão traseira, que é muito dura em relação à minha moto anterior, Honda Bizz.
Ainda não achei um proprietário de NEO que confirmasse isso, mas minha esposa reclama todo dia das batidas secas como se o amortecedor não existisse em certos buracos e declives. Quando rodo sozinho também percebo o quanto é duro o amortecedor, principalmente em ruas de paralelepípedo. Fui em alguns mecânicos e cheguei à conclusão que o amortecedor deve ser assim por causa do peso do conjunto da tração CVT. Procurei saber até se era possível a troca do amortecedor por um outro tipo que minorasse o problema, mas nada feito. Mesmo que ela não estivesse na garantia, ainda não conseguiria trocar a peça. Continuo buscando uma solução para este problema e agradeceria se alguém pudesse dar uma dica ou mostrasse o caminho, se tiver conseguido.
Obrigado

Francisco de Assis
Maceió-Alagoas

polsken

gostaria de saber se da certo trocar as lampadas dela por um Kit Lampada Diamond Vision Philps
# Oferece uma luz mais azulada, com temperatura de cor de 5.000K
# Ótima performance na emissão de luz
# A lâmpada traz vidros de quartzo com tecnologia OE e UV-block, garantindo a segurança das lentes plásticas dos faróis
# Modelos disponíveis: H1, H3, H4, H7, HB3 E HB4
# O kit é composto por duas lâmpadas

alguem sabe me dizer se da certo colocar e qual modelo e recomendavel etc,
e mais 1 perguntinha,
alguem sabe se tem modelos disponiveis para neo de pneus esportivos mais largos?


obg, aguardo respostas!
e

julio

Bom dia! Eu possuo uma Neo mod. 2010 na cor azul.
A suspensão traseira é terrível de tão dura que ela é, pois, ele "catapulta" o motociclista.. Tem como arrumar?

FOS

Muito interessante esses comentários sobre pneus com e sem camara...Realmente é um saco ter que desmontar aquilo tudo para fazer um reparo ou trocar a camara, agora a minha pergunta é a seguinte...
Quais as marcas, modelos e tamanhos de pneu sem camara que podem ser colocados na NEO?
Abraço

Diler

Francisco e Julio, acho que a reclamação de vocês sobre o amortecedor traseiro tem solução e custa R$180,00 (mais os fretes, caso precise enviar através dos Correios). Entre em contato com o preparador de amortecedores: CMOTOS. Acredito que é o caminho mais recomendado, vez que não existe um amortecedor já pronto de fábrica, exceto (claro) o original.

Há possibilidade de se adaptar a mola da suspensão do amortecedor traseiro da CB450 (vai precisar cortar na altura desejada). Entretanto, como disse, é melhor a contratação de serviço especializado em amortecedores, né não?!

Forte abraço.

Diler

polsken, salvo engano, não existe uma lâmpada melhor com a mesma especificação original (12v 25/25w x2). Essa indicado na sua pergunta não serve (55w). Eu já li relatos de pessoas que colocaram a lâmpada da Biz na Neo, mas faço a ressalva que a Biz usa lâmpada de 12v 35w. Quer dizer, o perigo é que o sistema ficará subdimensionado em relação aos 10w a mais. Em outras palavras, a lâmpada é muito mais forte do que todo o sistema pode aguentar com possibilidade (note, é possível, não digo que vai acontecer) de esgotamento da bateria, derretimento da fiação e escurecimento do refletor e/ou bloco óptico. O que você pode tentar trocar é o bloco óptico com refletor azul do modelo 2010 que, aparentemente, deixou melhor a iluminação (não vi ligado a noite).

Francisco

Diler,

Valeu pelo toque sobre o amortecedor. Sobre este problema, eu tinha imaginado que mudando a posição da pedaleira traseira, os impactos do amortecedor para quem anda na garupa diminuiriam, mas isso não resolveria tudo. Vou ver as condições de fornecimento, e principalmente de frete para o meu estado, de um amortecedor "preparado". Obrigado.

Francisco

Eliane

Diler, Bom dia!
Fiquei muito satisfeita quando meu namorado me apresentou este site porque estou interessada em comprar uma neo, será minha 1ª moto, mas estou em dúvidas entre quais as diferenças mais relevantes entre os modelo 2005 e 2008. Tenho em vista uma de modelo 2005 que está muito conservada mas está com um problema no afogador... a moto pega, mas com um pouco de dificuldade. Esse problema é normal em uma moto desse ano? É difícil saber se o problema é só uma regulagem ou pode ser algo mais sério...?
Estou em dúvidas pq entre entrar em um financiamento e comprar uma a vista
estou preferindo comprar a vista.
Se puder me ajudar, agradeço!!!

Ps. Parabéns, os comentários aqui me ajudaram a decidir pela NEO, agora só quero saber qual...

Mario Yoichi Minami

estou satisfeito, fiz uma viagem de 1090km (520km ida + 570km volta)de Fortaleza(CE) ao Crato(CE). Ela é bastante confortável salvo quando tem buraqueira. Usei um GPS GARMIN e constatei que a velocidade indicada não é real. A velocidade de "cruzeiro" é em torno de 80-85km no GPS (100-110km no painel). dificilmente chega nos 100km (130km no painel) somente em grandes em descidas.
Uma outra vantagem é que a moto não balança quando vem um caminhão ou ônibus em sentido contrário. A desvantagem fica por conta das ultrapassagens, ou melhor, não ultrapassagem. Ficava sempre para trás, pois a NEO não tinha potência para ultrapassar caso o veículo estivesse acima dos 80km/h. Sei que esta scooter foi feita para andar no meio urbano, não para fazer viagens. Mas fiquei satisfeito com a experiência.

Obs:
- Fiz a viagem depois da primeira revisão dos 1000km.
- Ahhh, passei um sufoco na estrada pois como o tanque é pequeno a autonomia fica em torno de 120km. Depois do susto de ficar na pane seca, sempre andava com uma garrafa PET de 2 litros. Isso me ajudou bastante na viagem.

Mario Yoichi Minami
Fortaleza-CE

Anônimo

Gostaria de saber se é mais caro manter um Yamaha Neo do que uma YBR ou Honda CG.
Pelo que pesquisei na internet a Neo não é mais economica que uma 125cc tradicional.. é verdade ?

Diler

Salve, salve Eliane!

Além das diferenças estéticas o principal foi o aprimoramento do afogador que agora é eletrônico e novo carburador (ambos facilitam as partidas em dias frios e menos "engasgos" no funcionamento); e o aumento no curso do amortecedor traseiro que no modelo 2008 é de 75 mm e a anterior 55 mm.

Sobre a irregularidade no funcionamento desta Neo 2005 que você experimentou, pode ser:

- gasolina de má qualidade (troque de posto de combustível);
- a moto estava parada algum tempo (pode ser até de um dia para outro) e a partida a frio é sempre mais dificultosa;
- carburador sujo (nas oficinas, em geral, cobra-se em torno de R$20,00 a R$50,00 para limpar);
- carburador com má regulagem (dependendo do mecânico nem cobra);
- na pior das hipóteses precise substituir o carburador (custa em torno de R$200,00) ou trocar apenas algum reparo;
- Recall (leia abaixo).

Esses são alguns problemas. O ideal é que a moto fosse revisada antes de você comprar, pois saberia de antemão quanto precisaria gastar com eventual reparo; dependendo do valor, valeria mais a pena optar pelo modelo mais novo.

É bom ficar atento e antes de fechar negócio observar se o antigo proprietário atendeu aos chamados para RECALL (sim, houve dois) da Yamaha em 2005, confira pelo número do chassi se esta Neo 2005 foi "sorteada" para troca do conjunto de acelerador e outro de carburação:

- Neo ano 2005, de 9C6KE084050000001 a 9C6KE084050014411; ano 2006, de 9C6KE089060000001 a 9C6KE08- 9060000500.

Sobre financiar ou pagar a vista, você está corretíssima. O financiamento raramente é bom negócio, porque os juros são sempre acima de qualquer tipo de investimento de retorno. Só é válida para aqueles que realmente precisam do veículo urgente para trabalhar. Caso contrário, o consórcio pode ser uma opção interessante, mas melhor ainda se puder pagar com um bom desconto no cold cash (dinheiro vivo).

Analise, anote e faça um bom negócio.

Diler

Minami, beleza de relato! Principalmente do "sufoco"! kkk Sabe que eu sempre tive essa preocupação de carregar uma gasolina extra para não ficar na estrada.

Abraços.

Sérgio Luís- Belo Horizonte - MG

Bom dia / noite a todos.É a primeira vez que entro nesse site e estou impressionado com tanta informação de qualidade que ei lí.Sou apaixonado por moto, e fico atento a qualquer informação referente a essas máquinas, de penas a altas cilindradas, de quase todos os estilos e sinceramente, fiquei de queixo caído com textos que lí.Parece que os comentários foram escritos por profissionais!Que capricho do leitor Daniel, que reescreveu o comentário que já estava ótimo!parabéns Daniel, e parabéns também a todos os que postaram comentários e em especial á você, Diler, pelo carinho e respeito com os leitores. Sérgio Luís- Belo Horizonte- MG

Sérgio Luís

Sérgio Luís . No comentário acima escreví penas em vez de pequenas. Desculpe pela falha.É a emoção de escrever para um ótimo site. Abraços a todos.

Marcus

Fiquei sabendo que sob o banco cabe capacetes do tipo coqueirinho e para caber um capacete fechado, somente sendo da marca EBF, procede essa informação?

E aqui na Motocred, em Salvador, o financiamento da Neo está em 6x de 600, assim me passou o rapaz pelo telefone, mas acho que é mentira dele rs.

Anônimo

Acabei d voltar da Remaza, com a "proposta de compra" nas maos. Amanha faco o deposito e ela chega na concessionaria sexta-feira! Yupi!!
Ainda bem q so levinha... e num pretendo carregar garurpa mesmo, axo q terei um bom desempenho^^
Good vibe, guys!

Tais, Sp

Claudyego

Olá pessoal! Estou me juntando a vocês para trocar experiências sobre esta moto linda e eficaz, a Yamaha NEO CVT. Comprei a minha ontem, na concessionária em Barra de São Francisco (interior do ES) um NEO Azul Yamaha Ano 2009 / Modelo 2010. O valor foi bem legal, fechei por 6.000,00 à vista e ainda ganhei o frete para a minha cidade (Ecoporanga - 60 km de Barra de São Francisco). A primeira impressão da moto é muito boa, aqui no interior (cidade com apenas 20.000 habitantes) a moto é uma novidade, sou o único na cidade que possui uma dessas (hehehehe). Moro em um bairro muito morrado e tive receio de subir pela primeira vez ontem, mas... a NEO subiu com uma tranquilidade incrível, gostei D+ do desempenho e, é claro, a comodidade do câmbio CVT é show, para num cruzamento e não tem aquele "clep", "clep" da BIZ para jogar a primeira. Andei apenas 15Km até agora, mas já não troco ela pela BIZ nunca. Se puder, gostaria de enviar as fotos da NEO porque acho que fotos da 2010 azul acho que tem poucas e, pra mim, é a cor mais bonita.
Um grande abraço pessoal. Qualquer coisa mandem um e-mail que poderei tirar algumas dúvidas daqueles que ainda tem receio de comprar uma moto como esssa. Até Logo.

Diler

Olá Marcus, cabe sim capacete fechado e não é só da marca EBF. Mas reitero o que disse no texto lá em cima que dependendo do desenho do capacete pode riscar as laterais. Assim, não coloque o capacete "só pra ver se cabe", porque dependendo do casco vai riscar. Claro que há a possibilidade de um ou outro modelo daqueles cheios de frescuras não "encaixar". Se tiver um capacete desses mais caros e for uma pessoa muito cuidadosa, aconselho a colocar um pano macio que cubra todo o capacete antes de guardar no porta-objetos ou não deixar na moto e guardar na bolsa própria para capacete.

Aêee Taís e Claudyego, parabéns pela aquisição! Se quiserem, podem enviar fotos para o meu e-mail contato[arroba]imotocas.com

Diler

Olá Sérgio, obrigado pelos elogios, mas o espaço fica melhor quando tem os comentários de vocês. Abraços.

Claudyego

Olá Diler!

Esqueci de agradecer a sua valiosa colaboração para a compra da moto. Verifique com cuidade a sua análise e cheguei a conclusão que a seria a moto ideal para o meu perfil (deslocamentos curtos dentro da cidade). Muito obrigado mais uma vez e parabéns pela qualidade desta matéria.

Ah, eu já ia me esquecendo, meu e-mail para contato é: claudyego[arroba]hotmail.com.

Um grande abraço a todos.

Claudyego

KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK! Eh Diler! O pessoal já está está ficando "esperto" mesmo aqui em Ecoporanga. Mas sou um fiscal "bonzinho", dá pra contar as multas que já dei, mas quando aponto na rua com minha NEO Aulzona o pessoal já sabe, é o fiscal! (rsrsrsrsrsrs). Muito obrigado por postar minhas fotos, acabei de completar 80 Km nela. Muito show a moto. Muito obrigado por tudo (por causa da sua matéria, comprei a minha moto e acertei na compra). Um grande abraço e quando quiser aparecer aqui em Ecoporanga é só avisar, aqui tem umas cachoeiras lindas, quando puder te mando umas fotos.

Atenciosamente,

Claudyego Andrade.

Iraí

Caríssimo,

tirei a mina habilitação de moto há pouco tempo e comprei uma neo modelo 2008. Só que moro em Sorocaba e tenho de ir 3 X para São Paulo por semana. Estou usando-a na estrada (Castelo Branco, principalmente). Me disseram que é muito perigoso ficar entre os caminhões, mas a neo anda entre 90 a 110 km/h... Você pode me oferecer dicas para eu me proteger? Por enquanto, não posso comprar outra moto, mais potente. Além disso, sou uma mulher baixinha e não muito forte. Sinto segurança ao pilotar essa moto porque posso até colocar os dois pés no chão quando quero.

Gilbertptu

Olá Diler,
Primeiro MUITO OBRIGADO! Com tantas dicas fiquei mais animado e estou muito interessado em comprar uma NEO! Estou olhando tudo sobre a Neo! Já li tudo sobre ela em vários sites e blogs! Já li os pontos positivos e os negativos! E cheguei a uma conclusão que os positivos são maiores!! E se for analisar bem! Sempre tem isso não é mesmo? É como comprar um carro a álcool ou gasolina! Tem o ponto positivo e negativo! É a mesma coisa que você escolher o carro da Volkswagen ou da Chevrolet ou da Fiat! Sempre vai ter um que vai ser contra! Não é mesmo? Pois então!! Como não tenho pratica nenhuma com moto, Vi que a Neo vai ser uma boa opção pra mim! Pois a mesma é Automático, CVT. Suzuki Burgman 125 tem pneus sem câmara, contudo são de aro 10 e por serem muito pequenos são horríveis em buracos e normalmente podem causar acidentes como quedas, por conta da instabilidade dos pneus que praticamente anulam o trabalho da suspensão, uma vez que recebem toda a pancada dos buracos. Pela minha altura 1,83 e quase 90 kg optei pela NEO pelos seus aros 16, pelo que soube, certamente não terei problemas de mesma natureza. Gostaria que você me respondesse alguma duvidas que não encontre em site nenhum:
Eu quis colocar bagageiro na minha Neo 2007/2008, o pessoal da Yamaha
1ª A NEO CVT TEM BUZINA? Não vi falar?
2ª Tem site que vende o bagageiro pra Neo, Bagageiro De Chapa Neo 115 - Yamaha A Roncar inova mais uma vez e traz ao mercado seu novo bagageiro, O design é atual e moderno, o que difere o produto dos demais modelos tubulares. A carga máxima é de 6 kg e é ideal para bauletos de 27 a 35 litros. http://produto.mercadolivre.com.br/MLB-124185354-bagageiro-de-chapa-neo-115-yamaha-reforcado-prata-_JM. É fixado no chassi? E esta fixação agüentaria? (supera peso de bagageiro + bauleto pequeno). Qual a opinião de vcs? Ouvi dizer que a fábrica não aconselha a colocação de baú, por causa do chassi? É verdade? Que levou a Roncar (empresa do segmento de acessórios para moto) a desenvolver bagageiro para a Neo. Será que eles desenvolveram bagageiro para a Neo, mas com vedação para uso com bauletos?
3ª Como sou aposentado, queria fazer uns bicos com a Neozinha, Tipo fazer algumas entregas em farmácias, cobranças, serviços leves! Nada que venha pesar na Neozinha! Por isso penso em colocar o bagageiro e o bauleto! Irei Carregar pequenos e leves objetos, nada pesado!
Estava vendo aqui alguns comentários; amigo, leitor e aventureiro Árton sua viagem pelo Rio Grande do Sul, precisamente de Santa Maria até a praia de Atlântida em Capão da Canoa, totalizando cerca de 900 quilômetros (ida e volta) com uma carregada Neo preta 2006, ele estava com o Bauleto na Neo dele, com muita carga e com garupa NE!!
Então No meu modo de pensar, eu posso colocar o bagageiro e o bauleto na neo que estou pensando em comprar, e fazer algum tipo de serviço com ela! Digo alguns serviços nada de carregar peso ou ser um moto-taxi! É serviços leves mesmo! Desde já agradeço E gostaria de um comentário seu! E parabéns pela informação aqui postada ok! Abraços!

Gilbertptu

Desculpa! Corrigindo o anterior! Obrigado.

Olá Diler,
Primeiro MUITO OBRIGADO! Com tantas dicas fiquei mais animado e estou muito interessado em comprar uma NEO! Estou olhando tudo sobre a Neo! Já li tudo sobre ela em vários sites e blogs! Já li os pontos positivos e os negativos! E cheguei a uma conclusão que os positivos são maiores!! E se for analisar bem! Sempre tem isso não é mesmo? É como comprar um carro a álcool ou gasolina! Tem o ponto positivo e negativo! É a mesma coisa que você escolher o carro da Volkswagen ou da Chevrolet ou da Fiat! Sempre vai ter um que vai ser contra! Não é mesmo? Pois então!! Como não tenho pratica nenhuma com moto, Vi que a Neo vai ser uma boa opção pra mim! Pois a mesma é Automático, CVT. Suzuki Burgman 125 tem pneus sem câmara, contudo são de aro 10 e por serem muito pequenos são horríveis em buracos e normalmente podem causar acidentes como quedas, por conta da instabilidade dos pneus que praticamente anulam o trabalho da suspensão, uma vez que recebem toda a pancada dos buracos. Pela minha altura 1,83 e quase 90 kg optei pela NEO pelos seus aros 16, pelo que soube, certamente não terei problemas de mesma natureza. Gostaria que você me respondesse alguma duvidas que não encontre em site nenhum:
Eu quis colocar bagageiro na minha Neo 2007/2008, o pessoal da Yamaha
1ª A NEO CVT TEM BUZINA? Não vi falar?
2ª Tem site que vende o bagageiro pra Neo, Bagageiro De Chapa Neo 115 - Yamaha A Roncar inova mais uma vez e traz ao mercado seu novo bagageiro, O design é atual e moderno, o que difere o produto dos demais modelos tubulares. A carga máxima é de 6 kg e é ideal para bauletos de 27 a 35 litros. http://produto.mercadolivre.com.br/MLB-124185354-bagageiro-de-chapa-neo-115-yamaha-reforcado-prata-_JM. É fixado no chassi? E esta fixação agüentaria? (supera peso de bagageiro + bauleto pequeno). Qual a opinião de vcs? Ouvi dizer que a fábrica não aconselha a colocação de baú, por causa do chassi? É verdade? Que levou a Roncar (empresa do segmento de acessórios para moto) a desenvolver bagageiro para a Neo. Será que eles desenvolveram bagageiro para a Neo, mas com vedação para uso com bauletos?
3ª Como sou aposentado, queria fazer uns bicos com a Neozinha, Tipo fazer algumas entregas em farmácias, cobranças, serviços leves! Nada que venha pesar na Neozinha! Por isso penso em colocar o bagageiro e o bauleto! Irei Carregar pequenos e leves objetos, nada pesado! Estava vendo aqui alguns comentários; amigo, leitor e aventureiro Árton sua viagem pelo Rio Grande do Sul, precisamente de Santa Maria até a praia de Atlântida em Capão da Canoa, totalizando cerca de 900 quilômetros (ida e volta) com uma carregada Neo preta 2006, ele estava com o Bauleto na Neo dele, com muita carga e com garupa NE!! Então No meu modo de pensar, eu posso colocar o bagageiro e o bauleto na neo que estou pensando em comprar, e fazer algum tipo de serviço com ela! Digo alguns serviços nada de carregar peso ou ser um moto-taxi! É serviços leves mesmo! Desde já agradeço E gostaria de um comentário seu! E parabéns pela informação aqui postada ok! Abraços!

Gilbertptu

Olá Diler adorei o site e suas opiniões são realmente esclarecedoras.
Estou pensando em comprar minha primeira moto e ainda to tirando carta mais to na dúvida se compro a Neo da Yamaha, Burgman da Susuki ou A Lead 110 da Honda. Minha restrição quanto a Burgmam e a Led e sobre os pneus pequenos que me disseram não dá estabilidade em estradas sem asfalto, entretanto moro aqui em Paracatu – MG Tem asfalto em tdos aas ruas! Aqui é pertinho de Brasilia! Rsrsr Já morei ai Uns 5 anos! Mas resolvi voltar pro interior mesmo!! Como já lhe disse em outro comentário pretendo usar a moto para trabalhar. Tipo entregas em farmácia, cobranças, e pra isso penso colocar o bagageiro e Bauleto na minha motinha! Quanto a dá carona qual é melhor? Tenho 1,85 90 kg, Irei carregar meu filho de 12 anos (hoje ele pesa uns 35 kg+-) E claro quando não for ele será uma mina NE! Mas não pesada NE! Gordo me chega! Rsrsrs..... To cheia de dúvidas, já pensei até na Dafra mais me disseram que dá muitos defeitos enfim não sei qual comprar pode me ajudar? Resumindo, Lendo esse meu comentário, Se você que entende bem de motos, o que você me aconselha? Ajude-me! Ouço tantas coisas de gente que não entende nada! Pelo que já li de seus comentários você é a pessoa certa pra tirar minhas duvidas! Abraços... E aguardo retorno!!

Francisco

Olá,

Adquiri o bagageiro da Roncar em chapa de aço. Comprei pela loja Casacenter via internet e paguei R$138,00. O produto é muito bom. Coloquei um bauleto de 33 litros da Givi e ficou ótimo, bem posicionado e sem problemas para colocar peso. Mesmo a yamaha falando que não pode, o bagageiro foi muito bem desenvolvido e cumpre o que promete. Aconselho. Só um detalhe quanto a ele. Com poucos dias de uso apareceram pontos de ferrugem e depois de percebi que um dos lados está mais comprido que o outro, fazendo com que o banco da NEO feche um pouco em cima dos parafusos de fixação. Como só achei dois tipos de bagageiro pra essa moto (e esse é o melhor), aconselho quem estiver interessado a reforçar ao fabricante que tenha mais atençaõ quanto ao acabamento, pois a peça é feita sob encomenda (normalmente não se tem em estoque esse produto Roncar).

Boa sorte

Francisco de Assis
Maceió - AL

Gilberto Luiz

Olá,

Franscisco Tem como você me mandar umas fotinha da sua neo pra mim ver como ficou? gilbertptu@gmail.com Abraços.

Recanto do Agricultor

to triste por que minha neo levou queda quebrei todinha e o que posso faze

Anônimo

ola, meu nome e LENO de fortaleza-ce. Tenho uma neo 2008 e gostaria de saber se alguem ja conseguil colocar 150km/h nela, pois vi um video na net de um cara colocando 140 km/h. so consegui colocar 130km/h nela pois a caixa de direcao tava danificada..e o pneu traseiro , diga-se de passagem caríssimo, 190r$ tava careca.!! valeu galera abracos!!!!

Anônimo

ola, meu nome e leno de fortaleza-ce. alguem sabe qual e o preco da vela da neo 08/08 pois a minha esta falhando e axo q e a vela, pois ja fiz limpeza de carburador e continua estancando e dando uns tiros. num sei se tem a ver pq furei o escapamento pra fazer um barulinho!!! se alguem souber por favorrr .. valeu galera!!

Francisco

Leno, troquei a vela da minha NEO 2008 na última revisão de 12mil km, por sugestão do mecânico, que disse ser uma recomendação do fabricante quando a moto chega nessa quilometragem. Ela tava falhando muito na marcha lenta. Custou R$14,00 já com desconto (na conecessionária) aqui em Maceió-AL. Inclusive a falha do motor na marcha lenta é algo que incomoda desde que adquiri a minha NEO em maio do ano passado. Nas revisões eles sempre regulam, mas o problema volta e a desculpa é a mesma: vc deve ter abastecido com combustível adulterado! Procure abastecer sempre com gasolina aditivada...
O pior é que o meu estado é campeão em adulteração de gasolina (e a aditivada é a mais adulterada). Como fazer então né.
Gostaria de saber se alguém conseguiu instalar algum tipo de lâmpada mais potente na NEO. Coloquei umas tipo "XERON" e me dei mal. O cara que botou não sabia nem que a potência da lâmpada da NEO é menor (25W, contra os 35W que normalmente se usa). As "XERON" iluminam mais justamente por isso, porém a moto tem que dispor de mais energia para alimentá-las. Resultado: A bateria começou a sofrer depois de alguns meses. Resolvi recolocar as lâmpadas originais e tive que gastar R$70,00 pelo par (mifu, mas é assim mesmo, se ferrando e aprendendo). A bateria até que tá resistindo. senti até uma melhora nas partidas.
Alô pra todos

Francisco
Maceió-AL

Diler

Olá Leno,

É muito provável que seja gasolina de má qualidade, como o Francisco disse, vez que você já fez as limpezas no carburador. Troque de posto de combustivel e dê preferência para as que tenham bandeira. Caso suspeite de combustível adulterado denúncie na ANP - Agência Nacional do Petróleo.

A minha Neo também no começo falhava bastante, ainda que estivesse com o motor aquecido, foi só trocar de posto de combustível que o problema sumiu. Detalhe que sempre abasteci com gasolina aditivada. Hoje só coloco gasolina comum, mas acrescento a cada 3.000 km o aditivo Clean Gás da Bardhal (coloquei um link com uma foto do frasco Bardhal no texto lá em cima).

Se o problema não for gasolina adulterada e já ultrapassou mais de 12.000km sem trocar a vela, troque já, porque a vela é resistiva e de uma hora para outra pode queimar e você ficar, literalmente na rua empurrando a moto. Exceto se a vela for a de Iridium.

Você tem duas opções de velas:

- Vela Iridium CR7HIX (tem durabilidade pelo menos 4 vezes mais que a comum, melhora na queima do combustível e, consequentemente, diminui o gasto da gasolina e aumenta a aceleração em baixas rotações) o preço médio é de R$55,00.

- Vela comum CR7HSA o preço médio é de R$15,00.



Pois é Francisco já procurei até no exterior uma lâmpada melhor para a NEO, mas ainda não encontrei. E, realmente, não é recomendável colocar uma mais forte que 25w, pois pode sobrecarregar o sistema e causar mais prejuízos.

Diler

Recanto do Agricultor, faça orçamento do conserto da Neo e mande arrumar; se a grana estiver curta, encoste a moto e vá arrumando aos poucos. Você pode cotar o preço das peças em outras concessionárias da Yamaha também, às vezes pode ser que consiga um preço melhor de uma loja para outra.

Sorte aí.

Bruno Fernandes

Muito bacana as informações !!!

Diler, estou pra comprar uma neo 2008 azul aqui em BH pelo valor de 4,400 reais. O preço está bom ?

Esse pneu dela costuma furar com facilidade mesmo ?

Abs

Bruno Fernandes

Mais uma pergunta!!!

Tem idéia de quanto é pra fazer seguro dela ?

Abs

Diler

Oi Bruno Fernandes,

O valor, a princípio está bom, é o que está na Tabela Fipe de hoje dia 25/03/2010 de R$4.408,00.

Sobre o pneu não tive o desprazer de tê-lo furado (hoje, com 6.000 km rodados). A dica é evitar ao máximo trafegar nos cantos das vias (principalmente cortar nos cantos das lombadas, porque ali os caminhões podem deixam cair algum preguinho no sacudir da carroceria), passar ou estacionar em locais próximos de construções e, por incrível, nos cruzamentos com rodovias (um dia parei nesses cruzamentos para atravessar a rodovia, lá no interior de São Paulo, olhei no cantinho e fiquei espantado com a quantidade de pregos).

Resumindo a dica: -Não seja prego, não ande nos cantinhos! rs...

Uma rápida consulta ao Seguro Auto do Banco do Brasil e tive a grata surpresa: em BH é possível a realização do antigo "Seguro Total" que hoje é chamado de "Compreensiva" que cobre roubo, furto, colisão e incêndio. Tem também só "Indenização contra terceiros" e "Perda total".

Como o seguro depende muito do perfil, simulei com as seguintes características:

- Maior de 25 anos;
- Casado ou união estável;
- Único condutor da moto;
- Estacionamento fechado em casa, no trabalho e na escola (faculdade, pós-graduação, etc);
- Seguro novo (não é renovação);
- Tipo Compreensiva.

O resultado foi o valor total de R$562,47 anual ou 10 vezes sem juros de R$56,25. A franquia saiu por R$781,22, ou seja, caso você derrube a moto e o conserto ficar num total acima desse valor, por exemplo, de R$1.200,00, você arca com R$781,22 e a seguradora arca com o restante de R$418,78 (R$1.200,00 - R$781,22).

Mas para saber o valor exato, consulte o próprio Banco ou alguma outra seguradora tipo Mapfre, Bradesco, Porto Seguro, Itaú, etc.

Repito o que disse em outro comentário, caso consiga alguma seguradora que aceite cobertura para moto, é colocar alarme e cadeado de disco para tentar reduzir o valor e observe bem as cláusulas do contrato para ver se cobre realmente roubo e furto da moto (geralmente pelo valor da Tabela Fipe).

Boa sorte na compra, depois mande fotos.

Abraços.

Juhliana Moreira

poxa adore ler todos os comentarios da NEO tirei todas as duvidas ameiiii o site!!! optei por uma NEO pelo simple motiviiiiiinho tenho apenas 20 anos e adoroooooo saltoo acredito q nessa parte nao vai me afetar!!!! uahsuhausha vou em busca da minha praaaaaaaaaaaaaaaaaaaata.... bjos

Obrigada
ameiiiiii meixxxxmo o site !!! MARA

Anônimo

ola, meu nome e Leno de fortaleza-ce, valeu pelas informacoes francisco e diler me ajudaram bastante. gostaria de saber se e melhor andar na neo com gasolina aditivada ou comum pois depois de quase 2 anos abastecendo com gasolina comum, estou a uma semana abastecendo com aditivada e notei que o consumo baixou, absteco menos e ando mais.detalhe comecei a colocar aditivada depois que ela comecou a falhare dar um papocas, ttipo uns tiros. no manual diz q abasteca com aitivada, mas os mecanicos da yamaha dizem que abasteca com gasolina comum. sera q eles estao fazendo isso para a neo quebrar ou dar problema mais rapido e ai eles ganharem moneyyy???? sera???? quero acreditar q nao mas... se me ajudaremm agradecerei muito!!!e ae? comum ou aditivada? valeu pessoal bom fim de semana a todos...

Anônimo

ola, meu nome e Leno de fortalza-ce.
gostaria de saber se alguem ja teve esse problema!!!. 1º: tenho uma neo 08/08 com pouco mais de 22mil km. na revisao dos 24 mil km vc e obrigado a trocar a caixa de direcao(75 r$) e o oleo da bengala, fora as lubrificacoes de rotina. no momento nao lembro agora o valor do oleo da bengala. minha neo estava bombeando muito, trepidando, parecia que eu tinha rebaixado a frente, sentia puxando pro lado um pouco. tipo: vc nao conseguia andar so com uma mao, dar tchau a alguem, cocar os bolsos e etc... 2º: os mecanicos da yamaha disseram q era a caixa de direcao. Beleza, troquei, fui la na concessionaria. depois que sai da loja a diferenca foi de 90%, ao passar 2 ou 3 dias voltei a setir oas mesmas coisas so que pouco, nao comparado a antes.voltei la e os mecanicos nao sabiam dizer o que era!!! nao sei o que faco!!! se alguem puder me ajudar a esclarescer esse problema. nao e garfo, nao e amortecedor, guidao, rolamento ...e tenho certeza de uma coisa nao rebaixei a frente da moto!!!!

valeu galera!!! bom fim de semana!!!.

Diler

Leno, os mecânicos não o querem enganar e sabe por quê? A qualidade da gasolina no Brasil não é das melhores. Logo, quando se fala em gasolina aditivada, quem garante que aquela coloração da gasolina é realmente aditivo? E, na maioria das vezes, por não se tratar de aditivo, há um acúmulo de borra (tipo uma pasta melada) no interior do carburador. Daí a recomendação dos mecânicos que se utilize gasolina comum, justamente porque não há garantias de que a gasolina aditivada tenha, realmente, aditivo. E, sim, no Manual da Neo está escrito que é para utilizar gasolina aditivada. É por isso que eu, hoje, coloco gasolina comum e acrescento o aditivo Clean Gás da Bardhal, pelo menos eu sei que se trata de aditivo. Se você comprar o frasco de 200ml, basta usar apenas 16ml para um tanque da Neo que tem capacidade de 4,8L. É só repetir essa quantidade de aditivo a cada 3.000km. Eu até utilizo uma seringa para facilitar e usar a quantidade certa. Agora se você confia no Posto aonde abastece, não vejo problemas que você continue colocando a gasolina aditivada mesmo (pelo seu relato até parou de falhar).

Será que o seu problema com a trepidação não é falta de balanceamento na roda dianteira? Veja, também, se o rolamento está em bom estado e a montagem da caixa de direção foi feito de forma correto com algum outro mecânico. Só uma observação: o Código de Trânsito Brasileiro pune com 4 pontos mais multa de R$85,13 pilotar a moto sem segurar o guidom com ambas as mãos (exceto para sinalizar alguma manobra).

Diler

Juhliana Moreira, obrigado pelo carinho.

Iraí, não esqueci de você, vou escrever algo a respeito.

Anônimo

Diler, gostaria de saber se no inicio, quando esta nova, com mais ou menos 1500 km rodados, a moto ainda esta um pouco fraca ou se isso pode ser defeito. Ou sera que com o tempo ela vai ficando mais solto e anda mais ... parece que ela engasga um poco !!!

Abs

Anônimo

Ola diler, gostaria de saber se quando a moto esta com pouco km rodado, 1500 km, se a moto fica um pouco fraca. Parece que ela engasga um pouco, apesar de que ela ficou parada muito tempo. Ou será que isso é defeito ?

Abs

Diler

Acredito que não seja defeito, porque a minha também ficava "engasgando" até aquecer bem o motor. Solicitei ao mecânico uma limpeza no carburador, isso nessa faixa de quilometragem que você citou (1.500 a 2.000km), após isso a falha continuou até que troquei de posto de gasolina e nunca mais ocorreu esse problema.

O fato de deixar muito tempo a moto parada também contribui para essas falhas, porque a gasolina "envelhece". Eu costumo dar uma volta de 15 minutos a cada 3 ou 4 dias. Só ligar a moto estacionada não é bom negócio, já que o motor fica sem refrigeração, além de não receber carga.

Anônimo

ola ,como faco pra postar fotos da minha neo aqui???
obrigadooo.
Leno, fortaleza-ce

Diler

Leno, você pode enviar as fotos por e-mail: contato[arroba]imotocas.com

Informe no e-mail ano e modelo e, se possível, quanto pagou (ou parcelas que ainda paga) e a quilometragem atual.

Abraços.

charlles

A Neo 2008 0km está sendo vendida aqui no RJ por 50x 179,00 sem entrada e a Neo 2010 0km está R$6.500 á vista ou 48x 272,00.A pergunta vale mais apena comprar uma 2008 ou 2010? Qual a diferença entre as duas? A 2010 é mais econômica?

Uelinton C A

Olá a todos
Comprei uma neo 2010 zero bala e estou adorando.
Amaciei o motor com garupa rsrsr, afinal comprei para me livrar do trans porte coletivo, que é um caos.
minha única queixa é a concessionária, tive problemas com o conduíte do cabo do acelerador, que se quebrou com 1300 km, a garantia não cobriu, paguei 55,00 reais em um novo, e agora tenho a suspeita de que o encaixe abaixo do manete não é o mesmo...poxa eles não resolvem nada por telefone, e como faço, sou empregado, preciso cumprir com minha obrigações. Outra coisa, me deram o valor de 30,00 reais para que seja feita a troca.....

Uelinton

Olá meu nome é Uelinton, comprei minha neo 2010 e estou adorando, gostaria de fazer uma observação com respeito a valores...
financiei a minha em 48 x de 238,00 reais sem entrada...
Salgado? sim, mas não ponhop a mão no bolso para isso, eu e minha esposa trabalhamos no mesmo local e recebemos a condução em dinheiro, então ao invés de ficar jogando " dinheiro fora " com transporte público, adquirismo um bem e facilitamos nossa vida... para quem gosta de inovar, aki vai um link do you tube, com neos tunadas
http://www.youtube.com/watch?v=RaemzYkHcZE&feature=player_embedded
abraço a todos

Anônimo

ola, diler. meu nome e Leno e tenho uma neo 08/08.
Gostaria de saber melhor como faço com o aditivo usado na neo.http://i34.tinypic.com/28s3hpy.jpg( clean gas bardhal) se é de 5 em cinco mil mesmo, se coloco com tanque cheio ou nao? se e 11ml mesmo, se coloco com aditivada, pois nao confio em nemhum posto de gasolina. ou coloco tb com gasolina comum mesmo e etc... gostaria q tirasse todas essas duvidas , pois encontrei o aditivo aqui em fortaleza-ce no valor de 11,90R$.Ah, te enviarei as fotos da minha neo essa semana, pois o meu pc deu pau,so hoje que consegui concertalo. valeu amigo abraços!!!

Anônimo

Olá diler, Leno de fortaleza-ce. Nao sei se isso vai ajudar muito, mas vai aqui uma dica que eu acho, na minha opiniao importante.
consegui deixar para tras uma biz 09/09 a mais de 130km/H. antes so conseguia encostar, mas nao passar, depois que furei o escapamento(tirei todo o bojo de dentro do escapamento ,acho que e assim q chama) senti que a moto ficou + "zuadenta>obvio> e senti tb que ela ficou com mais força, isso foi otimo pra mim, pois gosto de moto assim. agora faço rir meu colega quando tiramos racha a 130, 140 km/h sempre ganho!! valeuuu abraco a todos!!!

Diler

Leno, o aditivo deve ser usado com gasolina comum e com tanque cheio a cada 3.000 km (para automóvel 5.000 km). A medida do aditivo é de 16 ml para o tanque da Neo. Eu citei no texto que coloquei 11 ml, porque o tanque não estava totalmente cheio (o que não totalmente correto, melhor é acrescentar o aditivo com o tanque cheio).

Sobre o escapamento, agora tome cuidado com a fiscalização policial e ambiental (caso haja na sua cidade), porque não pode andar sem o abafador e sem o catalisador.

Anônimo

ok. diler ja lhe enviei as fotos da minha neo espero vê-las aqui no site!!!! leno-fortaleza-ce

Anônimo

Olá, meu nome é Felipe e tenho uma NEO 2008. Adquiri a moto na concessionária no ano passado(era uma das ultimas do modelo, antes de entrar a 2010). Estou muito satisfeito até então( 10.500 km rodados ). Gostaria de fazer um comentário em relação a tabela de consumo de combustível da NEO, que está lá em cima, no texto. Percebi que os valores da quilometragem foram divididos pelo volume de litros de cada reabastecimento. Na minha opnião esses valores representam uma taxa KM/L aproximada. Esses valores variaram muito. Percebi que na maioria da vezes o valor abastecido foi um valor redondo, e acho que isso interfere no resultado. Para realizar um controle correto de consumo, devemos escolher um ponto fixo do tanque de combustível, preferencialmente o limite máximo do tanque(na NEO é utilizado a parte inferior do cilindro que tem logo abaixo da tampa do tanque). A cada abastecimento deve-se pedir para o frentista encher o tanque até o ponto escolhido, independente do valor que será pago(melhor pagar com cartao, pois sempre dá um valor fracionado. Ex: R$ 7,68). Fazendo um controle de quilometragem, é só dividir o valor percorrido entre um abastecimento e outro pela quantidade real de litros que foi abastecido(e consumido!). O que acontece na prática é que no momento do abastecimento pedimos para colocar um valor arredondado, para facilitar o pagamento e o troco. Entretanto você poderá estar colocando uma quantidade a mais ou a menos do que tinha no tanque em relação ao ultimo abastecimento. E quando fizer as contas, estará dividindo uma quilometragem percorrida por um volume menor(ou maior)de gasolina do que foi consumido.
Mesmo fazendo do método citado, a taxa de consumo irá variar, porque o desempenho da moto depende da maneira como é utilizada(Ex: peso transportado, velocidade, tempo de uso do motor, calibração do pneu).
Obrigado.

Anônimo

Aproveitando a oportunidade:
assim que comprei a NEO coloquei uma vacina de pneu(selante) da marca MOTOVISOR (R$ 22,00). Apliquei 250 ml em cada pneu. Até então tive a sorte de não furar nenhum dos dois pneus, por isso ainda não realmente testei o produto.
O único problema encontrado é que no pneu de trás o selante entope a válvula que tem no pito. As vezes não consigo calibrar o pneu. A cada três ou quatro calibrações tenho que esvaziar a camara de ar e substituir a válvula. Já tentei limpá-la e até colocar de molho em solvente, mas não adiantou. Outra dificuldade é que não encontro essas válvulas no comércio, tenho que ficar pedindo em borracharias. A curiosidade é que isso acontece somente no pneu traseiro, o dianteiro está intacto.
Gostaria de opniões a respeito, e se alguém já usou esse produto na NEO ou em outras motos.
Valeu!!!
Felipe

Anônimo

minha neo automatic ficou um mes parada por motivo de ferias,agora não consigo dar partida,o que pode ser?
o que devo fazer?

Anônimo

ola, tente a partida no pedal, se nao der certo,leve a uma concesionaria mais autorizada yamaha. Leno-fortaleza- ce

Diler

Olá Felipe, tem toda razão quando diz que o melhor seria abastecer sempre até uma marcação só do tanque; e é exatamente o que faço. Os valores arredondados é por que já sou freguês do posto de gasolina (abasteço sempre no mesmo lugar) e "ganho" um descontinho sempre para o valor menor. Portanto, pode confiar na tabela dos abastecimentos que retrata o real consumo da Neo (km/l).

Sobre a vacina de pneu eu nunca usei em pneus com câmara. Talvez alguém possa deixar algum relato a respeito.


Sobre quem perguntou de não conseguir ligar a Neo depois de um mês parado, é melhor seguir o conselho do amigo Leno e levar até uma concessionária Yamaha para um check-up. Pode ser gasolina velha, motor afogado, bateria, vela etc.


Aproveitando Leno, gostaria de pedir desculpas por ainda não publicar as suas fotos, mas baixei-as do e-mail para o meu computador, porém não sei o porquê de o Windows não conseguir reiniciar mais a máquina e, por descuido (já que esqueci de fazer backup), perdi as suas fotos. Eu troquei de HD e instalei novamente o Sistema Operacional. Assim, gostaria de pedir que envie novamente as fotos da sua Neo para poder publicá-las. Obrigado.

Francisco

Recentemente troquei o pneu traseiro da minha NEO CVT 2008 por um Michelin modelo M45 90/80. Incrível como a motinha ficou mais macia. O pneu diminuiu a dureza do amortecedor! Perguntei na concessionária da Michelin e os caras disseram que ele pode ser colocado na dianteira tb, apesar do pouco espaço por causa do disco de freio e amortecedor. O pneu dianteiro original já tá pedindo outro (14.700km rodados). Eu até queria um pneu mais largo pra ela ficar mais esportiva, mas o dindin é pouco. O único modelo Michelin aro 16 mais largo é o de dimensões 100/80-16 M/C 50P PILOT SPORTY TL/TT. Na época custava perto de R$200,00. Queria saber se alguém sabe se esse modelo pode ser instalado na dianteira e na traseira tb.

Anônimo

ola, francisco meu nome e Leno(fortaleza-ce) coloquei o pneu 90/80/16 na traseira da minha neo faz 2 semanas, notei q a moto ficou + macia realmente. Custou 85R$ de 2x sem juros, la tinha tb esse q vc falou custava 193,00r$ nao optei por colocar na traseira, pois as vezes tiro um raxa com meu amigo e sempre ganho. acredito q se colocasse esse penu perderia um pouco de velocidade por ser um maior e mas pesado. um mecanico me disse q da para adptar o pneu da intruder 125 na traseira tb ficaria show!!!! so q o que quero nao e muito a beleza e sim a velocidade na veia. mas se vc gosta dou todo apoio ficaria muito bonita com os pneus + largosss.. abraço!!!

Anônimo

tenho uma neo automatic 2008/2008 está com 146Km, zerinho por qual valor devo vendê-la?

Anônimo

perdão zerinho não zerinha,é que estou querendo vender

Diler

Na tabela FIPE o valor atual (11/05/2010) é de R$4.438,00. Se a sua Neo estiver com documentação em dia (sem multas) e realmente está com apenas essa quilometragem original, acredito que pode haver um acréscimo de R$100,00 a R$200,00 acima da tabela. Note que a tabela é apenas um parâmetro de mercado.

Anônimo

neo automatic 2008/2008 não tem nem 200km rodada,alguém se interessa em comprá-la?
meu email é: amauri.silva@unifal-mg.edu.br

carla

Boa noite! estou esperando chegar na yamaha da minha cidade a Neo 2010 azul ou preta. Será que vcs podem me informar sobre emplacamento, IPVA não entendo nada disso. Preciso dos valores, prazos, documentação e etc
desde ja obrigada.carla

Anônimo

ola carla, meu nome e leno e tenho uma neo 08/08. meu IPVA deste ano 2010/2010 veio 40 e poucos reais. ja o licenciamento que nao chegou devera vir em torno de 250r$ + ou - .Foi o que eu paguei ano passado. 239,90r$. o licenciamento chega no mes em que o final da placa se coincide. Ex: HWN 1598- O LICENCIAMENTO VIRA NO MES DE AGOSTO(8).No seu caso como vc vai comprar ela zero, ela ja devera vir com os dois pagos, IPVA E LICENCIAMENTO. So no px ano e que ira pagar.!!!

Francisco

Valores de Licenciamento 2010

Moro em Maceió-AL. Minha NEO tb é 08/08, placa final 3. Paguei este ano o absurdo de R$400,00 aproximadamente, incluindo taxas de licenciamento, IPVA e seguro obrigatório. Como todos os motociclistas já sabem, o seguro obrigatório pra motos teve um acréscimo muito grande há dois anos atrás fruto de um grande loby das seguradoras, que viram no mercado de motos um crescimento vertiginoso de vendas e resolverma ganhar mais com isso. O meu deu em torno de R$240,00. No final das contas estamos pagando mais do que no licenciamento de um carro usado bem conservado. Pagamos essa bagatela e temos essa droga de serviço que é o DPVAT. E ainda por cima pra fazer um seguro tradicional os preços são também mais salgados. Por isso muita gente tá vendendo moto recém comprada e trocando por essas que não requerem emplacamento (que são muito mais inseguras quanto à roubo - pegou levou). Vida de motoqueiro é fogo...

Francisco
Maceió-AL

Francisco

Manutenção NEO

Gostaria de saber de vocês usuários da NEO qual a frequência de troca de óleo das suas motos. Recentemente tive uma surpresa ao trocar de concessionária pra fazer a revisão dos 15mil da minha. Até então eu fazia todas as revisões na revenda onde tinha comprado a moto. Segundo os mecânicos de lá eu só precisava me preocupar em trocar o óleo NAS REVISÕES, que no primeiro ano de uso normalmente ficam a cada 3000KM rodados. Segundo o pessoal de lá o Yamalube usado nela é apropriado para essa quilometragem. Ao chegar na outra concessionária, a informação foi outra: disseram que eu deveria trocar o óleo a cada 1500KM pelo menos. Mostrei o manual da moto com a informação das trocas a cada 3000KM (vejam nos manuais de vcs onde tem as verificações a serem feitas nas revisões), mas eles insistiram dizendo que entre o que tava no manual e a informação deles (devido à experiência) a melhor escolha é a troca com a menor quilometragem, claro. Mas daí me veio a dúvida: O que vale então? O manual de fábrica, ou o que falam os mecânicos? Ou estaria eu interpretando errado o manual? Digam vocês.
Eu mesmo vou passar a trocar a cada 1500.

Francisco
Maceió-AL

Diler

Francisco, não tenha dúvidas: fique com o Manual da NEO. Se você usar o óleo especificado que é o Yamalube a troca pode ser feita a cada 3.000 km ou a cada 6 meses, o que ocorrer primeiro. Aliás, se o óleo for o API SL (para moto), pode ser qualquer marca. A da Texaco, por exemplo, tem o mesmo fabricante por trás que o Yamalube que é a Chevron.

O que não pode é usar óleo com especificação abaixo do API SL na NEO, por exemplo, usar o Óleo da Mobil (API SF).

No mais, curta a NEO e deixe os "mexânicos" falarem. Claro que o óleo quanto mais novo é melhor, mas a fabricante não teria recomendado a troca até 3.000km ou a cada 6 meses se não tivesse certeza que o óleo ainda estaria bom para uso.

Anônimo

Diler,
LENO BLZ?.Me tire uma duvida por favor!!Pneu Novo Tras Mais Largo P/ Intruder 125 Kasinski Cruise 120/90/16
cabe na neo? valeu abracos!!!!

Anônimo

Diler,
LENO BLZ? gostaria de saber tb se esse:Pneu 110/90-16 Me77 Dianteiro P/ Mirage Premier 250 Kasinski
cabe na frente? valeu!!!!

Gaucha

Fiquei impressionada com a quantidade de homens que pilotam a Neo pelo Brasil afora, aqui no Sul é 90% de mulheres que andam. Até eu comprei a minha, usada 2008, com 4800Km, a melhor coisa que pude fazer, uso só para passear(apesar do frio daqui) e o que mais gostei foi que só precisa acelerar,tirou a mão do acelerador ela vai parando sozinha, uma beleza. Mulheres que estão em dúvida comprem a Neo ela é ótima!!!!!

Anônimo

Preciso do pneu traseiro da Neo CVT 2008 a medida do pneu que veio de fabrica é 80/90-16 um vendedor me disse que posso usar tambem o de medida 90/80-16. minha duvida é se isso pode dar problemas do tipo pneu furando ou nao servir no aro ?

Diler

Leno, não sei informar se a medida desses pneus vão servir. Acredito que não (são largos demais para a Neo). Se servir, o rendimento da sua Neo vai ficar ruim por conta do maior peso e diâmetro dos pneus. É mais sensato (na minha opinião) continuar com os pneus na medida original.

Atente para o friso dos pneus: coloquem sempre com o mesmo desenho na dianteira e traseira (os pneus trabalham em conjunto). Quer dizer, se colocar um pirelli, então coloque da mesma marca e o mesmo desenho na dianteira e na traseira (ainda que as dimensões sejam diferentes).

A mesma resposta dou para quem está com dúvida em colocar um pneu com perfil mais baixo, porém com largura maior (90/80-16).

Anônimo

quanto ela e paga em parcela por mes?

Anônimo

a neo e tudo de bom meu pai tem uma eu adoro sai com ela.

André

Diler, uma boa noite pra você!
Estou com uma dúvida aqui um tanto quanto polêmica. Você citou no texto, que a NEO utiliza o Óleo Yamalub 20w50 certo, então, como costumo usar produtos Bardahl em carros que possuo pesquisei no site da Bardahl e encontrei o MOTO 4T, que é um óleo para motores de motos 4 tempos, e também encontrei o B-12 Plus para moto, um aditivo que ajuda a manter limpo e muito bem lubrificado motor e caixa da moto, vendo esses produtos queria ter uma opinião sua sobre usar esses dois produtos no motor da NEO. Por falar em caixa, a NEO por ter uma transmissão do tipo CVT não deve ter sua lubrificação feita pelo óleo do motor, e sim por um óleo especifico para ela, certo?

Diler, um muito obrigado pela sua atenção e sua paciência em ficar tirando nossas dúidas.

Atenciosamente,
André Costalonga

André

Diler, desculpe, esqueci de mencionar que o Moto 4T da Bardahl é 20W50, porém não sei sua especificação real, mas digo de ante-mão que os produtos da Bardahl são excelentes, fazem uma diferença tremenda, porque uso eles em carros, caminhonetes, e eu viajo muito, exijo bem dos carros, e os motores nunca formam borras ou sai aquele óleo muito sujo, parecendo uma graxa.

Atenciosamente,
André Costalonga.

Diler

Olá André,

A transmissão final é por correia e não é lubrificada pelo mesmo óleo do motor. Você pode usar até usar um óleo específico para transmissão, mas desde que seja SAE 20W50 com API no mínimo SH.

Eu não aconselho que use o óleo da Bardahl para moto na NEO. O motivo é que, salvo engano (preciso confirmar), a especificação do óleo para moto da Bardahl é API SG. Portanto, inferior ao óleo Yamalube que tem API SL.

Ainda que a caixa de transmissão final não use o mesmo óleo do motor, também não aconselho o uso do aditivo B-12 Plus se usar o Yamalube por exemplo, pois este último é mineral e a recomendação do B-12 Plus é para óleo semi-sintético ou sintético apenas. E também pelo fato do próprio óleo Yamalube (ou outro óleo mineral) já ter nos "ingredientes" aditivos (com a mesma finalidade do B-12).

Eu uso somente óleo mineral para moto 20W50 com API SL no motor e na transmissão final da NEO. O frasco de 1 litro é suficiente para o motor e para a transmissão.

O meu pai costumava comprar óleo de motor da Bardahl em tambor de 200 litros para usar nos caminhões e sei que são bons, mas para motos há óleos, teoricamente, melhores que o Moto 4T da Bradahl.

Aqui no Carrefour de Brasília-DF o óleo Moto 4T da Bardahl estava com o preço de R$13,50 (dia 13/6/10 domingo) o litro. Eu compro o Yamalube na Concessionária Yamaha Esave (Asa Sul também em Brasília) por R$14,50 o litro. Uma diferença bem pequena por um óleo melhor.

Escolha um óleo para moto com API SL. A NEO agradece. hehehe...

Diler

Para quem perguntou sobre parcelas mensais da NEO.

Pelo consórcio para o Estado de SP (já com frete):

36 Meses R$ 229,22
50 Meses R$ 168,63
60 Meses R$ 143,62

Se for financiamento vai depender do valor de entrada e do Banco. Aconselho a procurar uma Concessionária para tirar dúvidas e informações a respeito.

André

Diler, muito obrigado por sua resposta.
Eu vou usar esse óleo da Bardahl em uma Biz que agente custuma andar por aqui, e vou colocar tambem um B-12 pra moto pra ver no que vai dar, e depois eu coloco aqui as impressões que tive ao usar esse óleo na moto, claro que sei que a NEO é diferente da Biz, mas por teimosia vou fazer um teste. KKKKKKKK

Diler, sobre esses valores de financiamento que você passou ai em cima, você sabe dizer qual o valor presente do financiamento? Ou seja, o valor da moto quando você fez essa simulação.

Diler, mais uma vez agradeço a sua atenção e lhe parabenizo pelos ótimos comentários que vejo em seu site, e que se possível continue assim.

Atenciosamente,
André Costalonga

Diler

Oi Andre,

A Honda recomenda o óleo Mobil Super Moto 4T na Biz porém, tecnicamente, é inferior ao o óleo Moto 4T da Bardahl. Acho válido usar esse da Bardahl na Biz, principalmente se o óleo estiver mais barato que o Mobil. Aqui em Brasília na Concessionária Honda Motopoint o óleo Mobil (1 litro) custa R$17,00.

A respeito dos valores informados acima é referente a consórcio e não a financiamento propriamente dito. Os valores totais do consórcio em 36 meses é de R$8251,92; em 50 meses é de R$8431,50 ;e em 60 meses é de R$8617,20. Como comparativo o valor da NEO a vista é de R$6200,00 a R$6500,00, dependendo da concessionária.

No caso de financiamento é melhor procurar diretamente uma concessionária para informar se haverá algum valor de entrada, a financeira, parcelamento etc.

André

Diler, eu vou usar esse óleo então pra ver se noto alguma diferença, se notar falo aqui.

Sobre o consórcio é complicado, porque você fica pagando pra administrarem seu dinheiro. KKKKKKKKKKKKKKKKKKKK
Eu estou com intenção de compra uma NEO, pelo que tenho lido estou gostando muito da motinha.

Se for possível eu tava querendo saber mais algumas coisas da NEO, mas claro isso sendo ao seu alcance né.

Atenciosamente,
André Costalonga

Anônimo

DILER,LENO FORTALEZA-CE, BLZ? CARA ME TIRE UMA DÚVIDA. A MINHA NEO NAO PASSA DE 120KM/H. MUDEI OS PENUS POR DIMENSÕES + LARGAR E MAIORES. ESTAVA SONDANDO EM REBAIXAR O CABEÇOTE DELA. COMO FICARIA A MANUNTENÃO? O CARBURARDOR E TROCADO? VALE A PENA PRA QUEM GOSTA DE CORRER ? E FACIL A MANUTENCAO DE UMA MOTO QUE TEM O CABEÇOTE REBAIXADO!! ME TIRA ESSA DUVIDAA.. DA PRA REBEIXAR O CABEÇOTE DA NE? .COMO FICA ESSSA QUESTÃO?
ABRAÇO!!
VALEU!!!

Anônimo

OLÁ A TODOS,
LENO: ALGUEM JA CONSEGUIL COLOCAR LUZ BRANCA NA NEO?
SE SIM POR FAVOR ME DIGAM SE E A MESMA DA ORIGINAL, A POTÊNCIA 25, OK?
AGUARDO !!!
ABRAÇO A TODOSS!!

Diler

Leno,

O rebaixamento do cabeçote se bem feito não ocasiona maiores manutenções do que o realizado normalmente. Entenda o "bem feito" como a preparação realizada em centros especializados. Não queira fazer o rebaixamento no "olhômetro" ou simplesmente lançando-se de um número qualquer (0.1mm, 0.2mm, 0.3mm etc). Há que se fazer um cálculo teórico e um cálculo real para se chegar na taxa de compressão adequada. Caso contrário pode ocorrer a famosa "batida de pino" e, em pouco tempo, todo o conjunto mecânico será danificado.

Como não sou especialista nesse assunto, aconselho que procure uma oficina para obter maiores informações.

O que você pode fazer sem alterar as características originais, porém com segurança e ganhos reais no desempenho da Neo é trocar a vela original por uma vela iridium (NGK CR7HIX). Além de manter sempre limpo o carburador, filtro de ar, pneus calibrados, escapamento esportivo e uso de gasolina não adulterada e/ou de maior octanagem.

O fato de a sua Neo calçar pneus mais largos que a medida original prejudica o desempenho (mais peso e maior área de contato com o solo). Ganha em estética e perde em desempenho.

Eu também já procurei uma lâmpada melhor para a Neo (25w) e não encontrei. Caso eu encontre atualizarei o texto lá em cima.

Valeu pelas perguntas. Abraços.

Anônimo

Olá amigo, parabéns pela matéria!Bom, tenho uma Neo 2008, etualmente está com 12.500km, realizo todas as revisões em consecionária autorizada, faço a troca de óleo(yamalube) a cada 1000 ou 1500km, até então nunca tive nenhum problema grave, exceto, o fato dos pneus furarem com certa facilidade, 3x na dianteira, e 2x na traseira, que não gosto nem de le,mbrar a dificuldade para trocar,aliás meu pneu ja está precisando de troca com 12,500km, ta dentro do normal?Estive pesquisando,e vi relatos de pessoas que conseguiram através de adaptações, retirar a camara de ar da neo,pois na realidade os pneus são tubeless, mas utiliza-se camara devido ao aro, se conseguir me livrar das camaras, me livro dos furos que comumente ocorrem quando não está bem calibrado o pneu e passa num buraco,dando aquela "mascada" na camara e furando, vc saberia me dizer algo a respeito?Outra dúvida, é que minha neo com certa frequencia dá aqueles tiros pelo escapamento, geralmente quando faço uma grande redução na velocidade, o que pode ser, é normal ou pode ter algo de errado com o carburador?E quanto à suspenção traseira, no meu uso é péssima, ja quase cai várias vezes devido ao curso mto curto, principalmente quando ando com minha namorada na garupa, ja opuvi relatos tb de pessoas que alongaram a suspensão, gostaria de saber se talvez resolveria o problema e se não traria outros transtornos para a moto? Grato, Fred Brant

Frederico Brant

Olá amigo, parabéns pela matéria!Bom, tenho uma Neo 2008, etualmente está com 12.500km, realizo todas as revisões em consecionária autorizada, faço a troca de óleo(yamalube) a cada 1000 ou 1500km, até então nunca tive nenhum problema grave, exceto, o fato dos pneus furarem com certa facilidade, 3x na dianteira, e 2x na traseira, que não gosto nem de le,mbrar a dificuldade para trocar,aliás meu pneu ja está precisando de troca com 12,500km, ta dentro do normal?Estive pesquisando,e vi relatos de pessoas que conseguiram através de adaptações, retirar a camara de ar da neo,pois na realidade os pneus são tubeless, mas utiliza-se camara devido ao aro, se conseguir me livrar das camaras, me livro dos furos que comumente ocorrem quando não está bem calibrado o pneu e passa num buraco,dando aquela "mascada" na camara e furando, vc saberia me dizer algo a respeito?Outra dúvida, é que minha neo com certa frequencia dá aqueles tiros pelo escapamento, geralmente quando faço uma grande redução na velocidade, o que pode ser, é normal ou pode ter algo de errado com o carburador?E quanto à suspenção traseira, no meu uso é péssima, ja quase cai várias vezes devido ao curso mto curto, principalmente quando ando com minha namorada na garupa, ja opuvi relatos tb de pessoas que alongaram a suspensão, gostaria de saber se talvez resolveria o problema e se não traria outros transtornos para a moto? Grato, Fred Brant.

Diler

Olá Frederico,

Todo pneu, independente do veículo, deve sempre estar com a calibragem correta, principalmente os que têm câmara-de-ar, porque pode rasgá-la - prensada entre o pneu e a roda.

A minha Neo está com pouco mais de 6.000km e os pneus parecem estar com boa aparência ainda - o dianteiro é que parece ter gasto mais. Acredito que a durabilidade seja em torno de 12.000 a 15.000 km. É evidente que depende de uma série de fatores tais como calibragem correta, garupa, piso etc - esses, influenciam diretamente na durabilidade do pneu.

O ideal é manter os pneus calibrados uma vez por semana - prefira calibrar com os pneus ainda frios - com pressões 29 psi na dianteira e 33 psi na traseira.

O amigo Daniel deixou mais acima dicas de como usar os pneus sem câmaras-de-ar. Segundo a dica é necessário alargar o bico da roda com uma broca de 12mm e adaptar com um bico mais largo (por exemplo com o da Honda Twister). Antes de realizar o serviço certifique-se que a medida da broca é realmente o de 12mm. A Yamaha bem que poderia já enviar de fábrica com os pneus sem câmara-de-ar.

Em relação aos "tiros" pelo escapamento pode ser má regulagem do carburador (solicite uma regulada em alguma oficina) ou gasolina adulterada (abasteça em outro posto de combustível e veja se ainda persiste).

Sobre o amortecedor é possível modificar. Leia o que já escrevi para os amigos Francisco e Julio

"[...] acho que a reclamação de vocês sobre o amortecedor traseiro tem solução e custa R$180,00 (mais os fretes, caso precise enviar através dos Correios). Entre em contato com o preparador de amortecedores: CMOTOS. Acredito que é o caminho mais recomendado, vez que não existe um amortecedor já pronto de fábrica, exceto (claro) o original." A modificação nas suspensões é sempre recomendado realizar com profissionais especializados.

Pelo seu relato ("quase cai várias vezes devido ao curso mto curto") pode ser também que seja falta de calibragem nos pneus, porque a falta ou calibragem incorreta pode comprometer toda a ciclística da motocicleta. Observe que comigo nunca aconteceu uma situação assim (mantenho sempre a scooter em dia - inclui a calibragem dos pneus).

Lembre-se que toda modificação é por conta e risco de cada um, quer dizer, não me responsabilizo por eventuais danos que possam ocorrer pelas modificações, vez que a minha Neo está com as rodas e suspensões originais.

Abraços.

Anderson / Itaboraí - RJ

Tenho uma Neo 2010, eu acho o ronco do motor mais barulhento que as outras scuters, como a Bizz por exemplo. Pergunto: É normal?

Anderson/ Itaboraí-RJ

Diler

Anderson,

É normal. Fique tranquilo. Porém, caso ache muito exagerado, recomendo uma visita até uma concessionária Yamaha e pergunte para o mecânico se está tudo certo com a sua Neo.

Uma observação: a Honda Biz não entra na categoria das scooters.

Anderson / Itaboraí - RJ

Diler, o ronco das scooters geralmente são mais fortes que as semi-automática?

obrigado pela atenção

Diler

Então, as scooters têm motores montados mais centralizados ou recuados e isso delimita o tamanho do escapamento. No caso, por exemplo de uma Biz, repare o tamanho do silencioso e compare com o da Neo. Note que o silencioso da Biz é maior e isso, por si só, já reflete nos ouvidos.

Você já comparou o tamanho do escapamento da Neo com o da Burgman? O barulho na Burgman é menor, já que a saída (furo) do escape é pequeno. Mais uma vez na Neo a saída é maior. Tudo isso influencia para que o "ronco" na Neo seja mais acentuado. No início também estranhei e pensei o porquê de uma scooter ter um barulho maior que uma Biz, por exemplo. Hoje, acho completamente normal.

E o barulho não é maior ou menor por ser ou não transmissão automática. Aliás, a transmissão automática é infinitamente mais silenciosa que uma transmissão comum (relação).

Anônimo

OLa, boa tarde tenho uma neo 08/08 ja fiz limpeza de carburador, adtivo troquei vela e ela nao para de dar tiros!!!! principalmente na reduçao de velocidade, nao sei mas o q fazer? ja troquei de posto!!! varias vezes e nao mudaa!!!uq fazer?
obrigado a todos!!!
LENO/ FORTALEZA-CE

Maurício

Parabéns pela página, a mais rica e útil em se tratando de procurar sobre a Neo. Eu estou muito interessado em comprar uma Neo. Você acredita que teremos novos lançamentos?

E sobre a Kasinski prima 150? Achei bem legal, qual sua opinião?
Grande abraço

Diler

Oi Leno, solicite ao mecânico a regulagem do carburador.

Olá Maurício, valeu pela força. Então, no momento não tenho nenhuma informação a respeito de lançamentos; é provável que este ano a Yamaha não mostre mais nenhuma novidade, já que a Neo foi adequada ao Promot3 no 2º semestre do ano passado.

Em relação a Kasinski Prima 150 não posso emitir qualquer opinião sobre motorização, potência ou desempenho, pois ainda não pilotei uma; agora, olhando para as características do tamanho do porta-capacete (cabe até dois capacetes abertos, salvo engano), tanque de combustível com capacidade de até 8 litros com abertura do bocal pela própria chave de ignição sem necessidade de levantar o banco (o tanque fica no assoalho) e o tamanho das rodas não muito pequenas aro 13 (a burgman, por exemplo, é aro 10), é bem bacana. Eu aconselho a realizar um test-ride antes de optar por qualquer uma delas, porque se o desempenho do motor for legal, acredito que vale a pena ter uma uma. Se a intenção for sempre levar garupa também, recomendo testar junto com o carona (e fale para observar se a posição das pedaleiras é confortável, bem como se a suspensão absorve bem a irregularidade do asfalto).

Agora, em termos de tecnologia (injeção eletrônica e refrigeração líquida), a Honda Lead é a única scooter disponível até o momento no mercado brasileiro (ainda que o desempenho não seja dos melhores).

É uma escolha, convenhamos, complicada.

Abração.

Aderson

Boa noite!
Li todo o tópico, mas ainda tenho um problema com minha neo (o único). Não consigo soltar o braço da balança para desprender a roda traseira. Ele parece estar muito preso no rolamento no eixo. A roda traseseira está com um barulho, pode ser freio? Como resolver essa situação?
Um abraço.
Aderson

Diler

Olá Anderson.

Já tentou usar um desengripante em spray? Experimente usar uma chave com cabo maior ou use um cano de ferro na chave como alavanca. Pode tentar apoiar com os pés mais o peso do seu corpo em cima da chave.

Normalmente nas revisões é comum engraxarem o eixo e bater um ar comprimido no cubo das rodas e na lona do freio. Assim, caso não faça as revisões períodicas é até possível que o barulho seja proveniente do freio traseiro sim. Será que a regulagem do freio traseiro não está muito apertado?

Na dúvida ou se o barulho persistir recomendo que leve até uma oficina mecânica e solicite uma revisão.

Abraços.

Anônimo

Oi,
Tenho uma Neo/2010 - PRATA, peguei faz uns 20 dias! Tem um corredor estreito em casa... e... adivinhe... dei uma ralada na parte frontal (bem embaixo)deu uma "comidinha" e ficou preto e a parte de plastico do farol trincou, tipo como se tivesse jogado uma pedra.... Você acha que tem como arrumar a parte ralada sem ter q trocar a frente toda? Em todo caso qto vc acha que fica?
Obrigada
Daniela/Indaiatuba-SP

Diler

Oi Daniela, se puder tirar uma foto e enviar por e-mail fica mais fácil responder. Entre no campo superior da página em "Contato".

Abraços

Aderson

Obrigado pela dica. Levarei a uma autorizada e postarei as informações aqui.

Abraços

Joyce Nobre

Algum proprietário da Neo pode me dizer quais são os preços das peças de manutençao básica?

Diler

Olá Joyce Nobre, por favor, no texto (acima) há uma tabela com algumas peças e seus respectivos preços. Os de manutenção básica só mesmo o óleo de motor e a revisão a cada 3.000. Por exemplo, aqui no Distrito Federal onde tudo é mais caro, a mão de obra na concessionária autorizada Yamaha custa R$80,00 mais o óleo R$15,00. A título de comparação, no interior de São Paulo, cidade de Itaí-SP, a mão de obra custava R$45,00 mais o óleo R$16,00.

Há também a troca do filtro de ar que, pelo Manual está a cada 3.000 km ou 6 meses - o que ocorrer primeiro, mas, sinceramente, não há necessidade dependendo do local em que se roda com a scooter (se tem ou não muita poeira), já que na revisão é feito a limpeza desse filtro. O custo do filtro fica em torno de R$20,00 a R$30,00 (caso haja necessidade de substituição). O mesmo se diga em relação a vela de ignição com trocas de 10.000 a 12.000 km e custa em torno de R$15,00.

Os pneus da Neo duram em média 10.000 a 15.000 km - se calibrado toda semana e com pilotagem tranquila - e custam dependendo da marca, exemplo:

Pirelli dianteiro R$125,00;
Pirelli traseiro R$170,00;

Rinaldi dianteiro R$61,00;
Rinaldi traseiro R$102,00.

No mais, a cada 25.000 km a troca da correia em "V" (da transmissão) em torno de R$70,00 a R$90,00.

Bom, gasolina é a "gosto do freguês".

Joyce Nobre

Valeu Diler, esclareceu bem minhas duvidas, é pq estou pensando em comprar uma e li comentarios que as peças eram muito caras, ai fiquei meio cabreira.

Laura

Díler, adorei seu post e os comentários dos usuários, ta todo mundo de parabéns!
Sexta retrasada, arrematei uma Neo 2007, azul em um leilão! Como é leilão não pude ver questão de funcionamento, apenas o visual. Pego ela na segunda (to super anciosa), primeiramente pq é minha primeira aquisiçao, dindin suado, e é um sensação de conquista, e vai facilitar d+ minha locomoção!
Torço pra que ela esteja com um funcionamento legal, apesar de ja ter em mente q ela vai precisar de uma revisãozinha!
Adorei os comentarios dos usuarios, me deu uma maior segurança, de ter feito uma boa compra, pelo menos ela realmente é boa!
Agora é esperar segunda para ver como esta a real situação da minha! Dou noticias depois!

+ uma vez agradeço os posts, me deixaram muito mais animada..!

Diler

Joyce Nobre,
Eu realizei na semana passada a revisão dos 12.000km na Concessionária Yamaha aqui do DF e foi uma revisão completa. O valor total dessa revisão foi de R$153,00 (já com desconto para pagamento à vista).

Foi trocado:
- oléo Yamalube = R$15,00 (1 litro);
- gaxeta = R$0,74;
- filtro de ar = R$19,59;
- oléo de suspensão = R$8,55;
- anel de borracha = R$2,98 (2 anéis ou R$1,49 cada anel de borracha);
- mão-de-obra = R$109,33.

Acrescentaria mais uma vela de ignição também nessa conta (+ R$9,40), mas como levei uma de iridium saiu o total de R$153,00. O custo de uma revisão básica fica em torno de R$100,00.

O que encarece um pouco é a mão-de-obra, porém, como conheço o mecânico e sei que trabalha bem, continuo levando nesta Concessionária.


Laura,
Espero que esteja tudo em ordem com a sua Neo. Fique tranquila e recomendo que faça uma revisão geral antes de rodar com ela (muito por se tratar de leilão, já que não se sabe como foi cuidada até então).

Anônimo

Olá Pessoal,

Estou vendendo minha NEO CVT 2008/2009 e gostaria de divulgar meu anúncio no Webmotors por meio do link abaixo:

http://www.webmotors.com.br/webmotors/motos/usadas/yamaha-neo-cvt-115/140044/detalhe.wm

Abraços,

Gustavo.

Francisco

Olá a todos,

Eu já tinha postado antes aqui sobre minha moto e parei um pouco por falta de tempo. Tive um problema sério com ela (NEO 2008) aqui em Maceió/AL e fiquei tão desapontado com a assistência -que deixei de receber- que estarei colocando ela à venda assim que seu conserto for feito e ela sair da concessionária. Pela moto não, porque ela é ótima. É pelas condições de pós venda da Yamaha mesmo. Compartilharei noutro post o que houve já que a história é longa e vale colocar todos os detalhes pra que vocês não passem pelo que passei.

Por enquanto pergunto a vocês apenas sobre a tal vela de Iridium: Alguém que colocou na NEO pode dizer qual o resultado (altera o consumo? melhora realmente a resposta do motor?). Também queria alguma indicação de compra pelo mercado livre, já que a capital que eu moro mais parece cidade de interior e não tem pra vender (tudo novo aqui demora a chegar, até coca-cola).

Já encontrei diversos anúncios no ML e só tem diferença mesmo de preço. Peço a quem já fez compra assim que me indique um fornecedor de confiança.
Por enquanto tô achando o valor de R$40,00 pela vela bem razoável (fora o frete).

Até mais

Francisco de Assis
Maceió/AL

Diler

Fala Francisco, anda sumido! Poxa, não deixe de nos contar o que a Yamaha aprontou com você.

Em relação a vela, coloquei uma de iridium na última revisão dos 12.000km na Neo e, apesar de usar em outras motos e saber o quanto é bom, digo que me surpreendeu no motor de 115cc: partida mais rápida (sempre de primeira), marcha lenta constante (sem qualquer engasgos), aumento sensível no torque (melhora nas arrancadas e retomadas) e o consumo melhora (claro que pelo fato de a Neo ficar mais "arisca" nas arrancadas a primeira medição depois de trocar a vela não vale - é só triscar um pouquinho no acelerador pra sentir o quanto fica "esperta" - hehehe... então nem fiz a medição ainda; mas em uso com outras motos posso afirmar que melhora sim o consumo).

Só pelo fato dessa vela durar pelo menos 3 vezes mais que a vela comum, já vale o investimento.

A propósito Francisco, caso queira tenho 1 unidade nova na caixa disponível aqui (é que comprei duas de uma vez, mas como vai demorar para trocar novamente, se quiser passo ela para você pelo preço que paguei: R$38,00 + o frete via PAC, nas medidas mínimas possíveis, para Maceió-AL R$11,80, totalizando R$49,80; depois informa seu endereço e passo minha conta para depósito e logo posto nos Correios). Bom, qualquer coisa manda um e-mail: contato[arroba]imotocas.com

Ah, o código da vela de iridium para Neo é a CR7HIX.

Diler

Olá Gustavo,

Parece que já vendeu a Neozinha! Ao menos o seu anúncio diz que você conseguiu vender ou que você retirou. Espero que tenha conseguido um "UP" numa moto, ou melhor ainda, numa scooter maior.

Francisco

Diler,

Estou interessado sim. Pela qualidade das informções aqui do Blog sei que posso confiar no negócio. A referência da vela é essa mesma (CR7HIX). Esta semana cai o dindin do salário na minha conta, então entrarei em contato pra depositar o valor pra vc. Os bancos onde tenho conta são CAIXA e Real/Santander.

PS: Quanto ao problema da minha NEO, ando procurando tempo pra parar e escrever, mas esta semana eu conto, hehehe.

Diler

Oi Francisco, fique sossegado que não tem erro. Qualquer coisa envie e-mail para: contato[arroba]imotocas.com.br (note que tem o "br" ao final do e-mail). Abraços.

Adriana

Gente, me ajudem...
Quero comprar uma Neo mas to em duvida se compro uma zero km (financiada) ou se compro uma usada, qual vale mais a pena?
Eu não sei pilotar moto, mas peguei uma Neo de um amigo e gostei (a carta tiro depois...rsrs...), da pra andar de boa, sem pratica a gente fica mais cauteloso, minha duvida mesmo é só por qual eu compro, acho que não deve ter muita diferença em pilotar uma e outra, né?
Abraços...
Adriana

Diler

Olá Adriana, se entendi bem você quer dizer uma nova financiada ou usada com pagamento à vista? Em regra, toda e qualquer compra financiada é sempre desvantajosa do que a compra à vista, porque a longo prazo o financiamento com os juros e taxas administrativas cobradas pelas instituições financeiras chega a ser duas vezes mais caro se optasse por comprar à vista (e com negociação). Quer dizer, ao final do financiamento, provavelmente, você terá pago duas vezes o valor de uma moto com o gravame de ela ter perdido 30 a 40% do valor (em 2 a 3 anos aproximadamente). Sabemos que moto é bem de consumo, logo desvaloriza, mas se puder pagar à vista já minimiza essa perda.

Há, no mercado de usados, boas ofertas. Como parâmetro de preços você pode usar a tabela FIPE (ver na barra lateral direita) e sair à caça nos classificados (tenha foco na cor, ano...). NUNCA deposite dinheiro na conta de estranhos sem ver a moto e conferir a documentação no Órgão de Trânsito de sua cidade.

Em relação a sua dúvida (que não ficou muito claro) se dá diferença em pilotar uma Neo nova e uma usada, digo que depende. E depende se a scooter foi bem cuidada pelo antigo proprietário, hipótese em que não tem diferença alguma na pilotagem com uma zero.

A vantagem de uma moto nova é que você não precisa se preocupar com a procedência (se é produto de roubo/furto, por exemplo) e tem a garantia de fábrica. Por outro lado, caso a moto usada tenha boa procedência e foi bem cuidada é só alegria (principalmente se conseguiu por um preço bom).

Confira na internet alguns sites de classificados:

- MercadoLivre;
- Webmotors;
- Moto;
- Vrum.

Boa sorte!

Anônimo

Oi Diler, Adriana de novo...VC entendeu certo, uma zero financiada ou uma usada a vista, pois bem...entrei nesses sites que vc recomendou e achei uma exatamente como eu queria, usada 2008 e Preta, fiz um bom negocio, o antigo dono não pagou as taxas do ano passado e nem o desse ano ainda, ai o valor da moto que era de R$ 3.950,00 abaixou pra R$ 3.250,00, o que pra mim foi bem interessante, porque eu pago isso depois, a moto ta novinha, só precisa trocar os pneus, porque ele nunca trocou, fora isso ainda me deu o alarme dela que ta desativado porque ele disse que o alarme tava roubando corrente da bateria, coisa que eu tbm vou ver depois.
Do resto agora é só alegria, vou começar a dar uma treinada porque não tenho muita habilidade ainda, depois começar a ir pro Centro com ela (ai que medo!!!...rsrsrsrs....).
Abraço e obrigado pelas dicas, vc ajudou a encontrar minha moto.

Francisco

Olá a todos. Como disse num post anterior, passei (e ainda estou passando) por um perrengue supremo com minha NEO, e agora passo a relatar a história até a data atual.
Ela tava perto dos 23milKM rodados lá no finalzinho do mês de novembro passado. Passei a sentir uma vibração nas rodas que oscilava de tempos em tempos nas velocidades altas e em terreno plano. Parada, ela fazia um ruído agudo, como a correia dentada de carro quando está gasta. A vibração pensei ser um empeno da roda traseira tivesse deixado ela desbalanceada. Como isso não incomodava, deixei pra lá até poder desempenar a roda (R$80,00 que eu chorava pra dar). Na revisão dos 21mil pedi que verificassem a correia por causa do ruído e o imbecil do mecânico falou que tava tudo bem (e eu acreditei né). Até que um belo dia, de uma hora pra outra, a correia partiu quando eu estava no meio do trânsito (lembrem, aos 23mil e poucos KM). Ficou como que falhando a aceleração e a tração. Depois, um braulho seco e não saía mais do lugar. Correia partida, levei a NEO pra concessionária mais próxima (uns 5km) e lá, pra variar, não tinha a peça. Verificamos na outra concessionária e lá eles tinham. Trocada a correia, meus problemas começaram. Os caras não tinham noção nenhuma de manutenção da NEO. Trocaram a correia e depois viram, na montagem da peça, que tinha outras comprometidas. Eram os chamados roletes (no catálogo de peças são chamados "pesos"). Três peças pequenas que fixam a correia no sistema. Por isso ela vibrava... Pra variar, também não tinham essas peças. Foi quando caí no conto do mecânico bonzinho. Ele disse: "Fica tranquilo, os roletes estão gastos mas ainda dá pra rodar um pouco até fazermos um pedido e as peças chegarem." (e eu, novamente, acreditei né). Passaram-se uns 20 dias e fui lá de novo. Nada das peças. A vibração aumentava. Mais uns dias e a coisa piorou de uma hora pra outra. A moto parecia que tinha duas panelas dentro do conjunto de tração. Batiam feito doidas. Barulho tremendo. Como aqui em Maceió/AL as peças não chegavam nas duas concessionárias que existem, liguei para meus parentes em Pernambuco e consegui que comprassem lá pra me mandar no mesmo dia. Não adiantou. O estrago já estava feito. Ao abrir o sistema de tração havia mais peças gastas. Levei pra mesma concessionária e novamente me estrepei. Me disseram que fui precipitado em ter comprado os roletes sem antes ver o que mais tinha de problema. Ok, eu disse. "E o que mais tem pra trocar?" - "Outra peça chamada assento da mola, disseram eles. O cara me mostrou e ela tava acabada. Novamente pedi pra comprarem em PE (aqui nunca tem peças da NEO). Uma semana e pouco sem moto, chegando a segunda peça, nova surpresa: o imbecil do mecânico troca elas e vê que tem outras com problema (parece mentira, mas é a pura verdade). Ele disse: "Elas estavam gastas, mas achei que não fosse dar problema..." E eu novamente me fu. (continua)

Francisco de Assis
Maceió/AL

Francisco

(continuação)

Desisti da concessionária e tirei a moto de lá, levando para a outra. Me apresentaram um verdadeiro orçamento com todas as peças que eu precisava (duas eu já tinha). Agora eram uma tal de Roldana Secundária Fixa e Roldana Secundária Móvel. A moto estava parada tinha quase 1 mês, desde o fim de janeiro por causa de um imbecil de um mecânico que brincava de quebra cabeças com a moto. A realidade daqui é que a NEO não tem saída (não vende muito). Como são poucas motos, as revendas não se preocupam em fazer estoque de peças, e quando a gente precisa e não tem, o jeito é esperar o pedido da loja (que demora uns 15 dias úteis). Além disso, descobri que na 1ª concessionária que me f. o chefe da oficina pedia pra solicitar peças da fábrica e o dono não fazia porque não queria gastar. Daí as motos que precisavam de peças ficavam numa espera eterna (foi o meu caso) e os clientes sem saber o motivo. O nome da concessionária? TOKAI MOTOS LTDA. Nunca mais ponho os meus pés lá. Propaganda negativa é a melhor/pior que existe.
Pra não adiantar muito, vou partir pro final. Achei uma revenda em PE que conseguiu umas peças pra mim. Lá eles fizeram o pedido das peças que faltaram. Como o imbecil do mecânico da TOKAI pedia uma peça, testava na moto e depois pedia outra, os pedidos não foram feitos de uma vez. Elas chegariam um por vez (4 no total). Como a desgraça pra mim era pouca, uma das peças ficou retida pela Secretaria da Fazenda por algum problema fiscal um pouco antes do carnalval. E até agora nunca chegou. Depois de mais de 15 dias esperando a liberação dessa última peça (putz, só faltava uma), descobri que tenho que desistir de esperar e fazer outro pedido, aguardando mais uns 10 a 15 dias úteis pra poder tê-la em mãos e levar pra consertarem. Alguém pode ter pensado: e se vc pedisse daí mesmo de Maceió a peça que faltou, não chegaria mais rápido? Bem, chegaria, mas é que o pedido feito, é pedido pago. Além do mais eu não poderia trocar peças compradas em um lugar por outras de outra revenda. E pedindo ela de Maceió, por conta de diferença de tributação, o valor é muito maior que o de PE.
No meio disso tudo fui numa loja pra ver se vendia a minha moto que tava lá na oficina mesmo e pegava outra (mas eles comprariam matando); pensei em financiar outra (muito caro); pensei em alugar outra (isso non ecziste!), mas nada dava certo. Era meu destino me fu.
Bem, minha opinião sobre a NEO? Ela é e continua sendo uma ótima moto. Desempenho, durabilidade, beleza, etc. Mesmo a correia tendo partido antes do tempo determinado pelo manual, isso não quer dizer muita coisa pra mim. O uso que se faz pode ter causado a quebra antes do tempo. E qual veículo não passa por uma situação assim? O meu problema foi em resumo, 2 coisas: PÉSSIMA ASSISTÊNCIA TÉCNICA E PÉSSIMA PÓS-VENDA. Não penso mais em vendê-la. Quero continuar com minha NEO porque gosto dela e minha mulher prefere ela por ser automática. Outra coisa, a desvalorização da NEO é muito grande. Minha antiga honda Biz, mais rodada e acabada que a NEO de hoje ainda valia mais. Pretendo agora investir num consórcio de uma Honda Biz. Quando conseguir vender a NEO, dou um lance e pego a Honda. Yamaha é uma ótima moto, mas com esse serviço de pós-venda, nunca! Vá de retro!

Francisco de Assis (ainda sem moto há mais de 2 meses)
Maceió/AL

Anônimo

Boa noite!

Eu também entrei recentemente para o clube dos usuários da NEO. Andei durante um mês na do meu cunhado para ver se me adaptava a andar de moto e gostei. Agora, estou me preparando para comprá-la a ele. Em termos de praticidade, não tem pra ninguém!

Um agraço a todos!

Anônimo

Meu nome é Cristiano Gomes, possuo uma Neo 2009/2010 adquirida em 02/2010, e agora com 1 ano e 2 meses 04/2011, já rodei 24.530,8Km.

Um tombo em curva por causa de um buraco, um pneu trazeiro a cada 9000km em média, e um pneu dianteiro a cada 12000km em média, Vou trocar os dois juntos por coincidência amanhã, "nenhum problema mecânico até o momento", conforto para um , porém resalva para o trabalho da suspensão com caroneiro, mas não chega a ser um defeito, apenas as limitações deste tipo de veículo, o desempenho, no meu caso que ando sempre de punho colado, é bom, no caso de vc ser estilo piloto, (levo a moto ao limite de inclinação nas curvas, sei por que já caí quando passei esse limite), seu consumo será entre 22km/l e 29km/l, andando normal chega aos 34km/l, mas não conte com essa média, mais comun algo em torno dos 30km/l mesmo, utilizei gazolina aditivada até os 15000km, agora vou de comun até os 30000, depois vou mandar fazer uma limpeza e voltar a aditivada, os pneus que coloco são da marca Rinaldi, não senti diferença no desempenho, e custa 20% menos aqui no sul, "óleo Br o mais barato".

Recomendaria para qualquer um, principalmente para trânsito na cidade, deslocamentos diários de até 50km etc. Fiz duas viagens mais longas com ela, uma de 320Km e outra de 550Km, acompanhado de amigos em uma fazer e uma comet, ambas 250, nas sequências de curvas da serra gaúcha, a motinha sobra, claro que na subida falta força comparando com essas duas, mas na decida (depende um pouco do piloto também) chega a ser difícil acompanhar a scooter.

Rodo cerca de 70 km dia, sendo 26+26 em Estrada federal a caminho do curso técnico com caroneiro (eu e ele com cerca de 66kg), entre os carros é uma maravilha, e para alguém de 1,65m para cima é muito fácil equilibrar e colocar os pés no chão.

Já passei por diversos buracos, nos quais as batidas foram bem secas, a roda trazeira tem um amassado de cerca de 6mm de deformação no raio externo, e nenhum problema com outra peça, o que demonstra a resistência e qualidade do produto.

Abraço a todos!

Raphael

Venho acompanhando este post do imotocas faz um tempinho antes de comprar minha neo e principalmente depois de compra-la, adquiri minha neo faz exatamente um mes, minha impressao dela comprada a ybr que fiz meu exame de motocicleta é a de que fiz a escolha certa, o cambio cvt é o que eu pensava e mais ainda o que eu queria. a moto realmente peca pela dureza de sua suspensao traseira, mas isto nao chega a ser algo extremamente a desfavor, ando em paranaiba/MS e acreditem o asfalto daqui nem de longe pode ser chamado assim, algumas ruas sao mistura de buraco e asfalto outras apenas buracos, apenas as ruas principais (duas) tem asfalto trafegavel. logo que sai da concessionaria abasteci de gasolina comum, risos, depois que paguei que percebi, dai pensei putz fudi a moto, que nada, a moto esta uma princesa, comprei o clean gas da bardahl como recomendaram e coloquei no tanque, acredito que isso vai resolver, aqui a gasolina custa 3,30 e a aditivada 3,50, o clean gas foi 15 reais, entao acredito que nao vou precisar da comum, sem falar que adulteração por essas bandas é o que mais rola solto por conta da fronteira com o paraguai.
primeiro dia depois que sai com a moto da concessionaria, um cara passou numa moto relando meu guidao e eu na hora de frear acostumado com bicicletas freio o dianteiro resultado tombo na hora, ralei a carenagem e talz mto puto a moto nem com 24hs, mas serviu de liçao, tem que ter mta coragem pra me passar agora, risos. DILER acabei de comprar no mercadolivre a vela de iridium nao achei em loja nenhuma na capital os caras falam que como eh vela de alto desempenho e "mto cara" nao tem saida e bla bla bla, entao foi pela internet mesmo, estou ansioso esperando chegar, vamos ver o que vai dar. por enquanto este é meu relato, a moto ainda nao foi testada na estrada, estou aguardando uma boa oportunidade, mas acredito que vai se sair bem pra uma scooter.

Raphael

Aonde esta escrito que nao vou precisar da comum, me referi que nao precisarei de gasolina aditivada.

Anônimo

olá,comprei uma Neo e estou amando ela,.. a minha R1'zinha além de linda
é muito fácil e pratica de pilotar,.. gostei muito do que fala dela aqui!!..
Sempre é bom saber um pouco mais sobre o que possuímos... =)
bjos
R.D

Diler

Pois é Francisco tem sempre uma concessionária sem afinidade com os fins institucionais, grosso modo, da marca. Seria interessante reportar esse "calvário" junto ao fabricante pelo 0800.

Cristiano Gomes você resumiu bem o que se pode esperar da Neo.

Raphael só faço uma observação que o uso de aditivos como o Clean Gas, o mesmo que está citado no texto, não deve ser adicionado o frasco inteiro no tanque da Neo.

Com a vela de iridium você vai sentir diferença sim nas arrancadas, retomadas e menor consumo - recomendo a substituição da vela pela de iridium (claro, qualquer alteração faça por conta e risco).

Raphael

bem, venho aqui informar uma boa experiencia que tive, fiz a substituição da vela de iridium e adicionei o cabo ibooster f3, aconselharia a qualquer um que se interessa por uma neo mais altiva e respondona a diferença é clara, mas atenção, primeiro coloquei apenas a vela de iridium e a diferença sentida foi imperceptivel, entretanto assim que adicionado o cabo booster a diferença foi gritante, ate o ronco mudou ficou mais estrondoso. me falaram que o booster eh lenda urbana, mas pela primeira vez eu vi o pé grande (risos).
não recomendaria então apenas a troca da vela de iridium alguns podem achar que não valeu a pena, entretanto o kit (booster (principalmente)+ vela iridium) parece ser o mais indicado, estou fazendo ainda mensuração do consumo como ainda nao reabasteci da troca, manterei-vos informados.

Diller tava sumido? demorou tanto pra responder, e não coloquei o frasco do clean gas, voce tinha alertado antes, peguei 1 copinho de xarope e coloquei 16 ml certinho.

Anônimo

ANDRÉ

E AI TUDO BOM TENHO UMA NEO NOTEI QUE NA SAIDA ELA DA UMA PATINADA FORA O BARULHO PARECE DE CARRO QUANDO A CORREIA ESTA FROXA QUAL A SOLUÇÃO E SE EU MESMO CONSEGUIRIA DESMONTAR O MOTOR E TROCAR A PEÇA

Gutto

Muito bom esse espaço de troca de experiencias estou nas vias de adquirir uma neo tenho pesquisado muito sobre as opcoes no mercado e vendo ela fiquei doido. Burgman e lead me parecem boas opcoes porém as rodas 10 para o brasileiro realmente parece q não dá. A lead começar a ver isso e já pos um 12 mas a neo fica entre duas categorias scooters e cubs, um produto mais alinhado para nossas estradas. E por isso decidi pela Neo.

Gutto

Muito bom esse espaço de troca de experiencias estou nas vias de adquirir uma neo tenho pesquisado muito sobre as opcoes no mercado e vendo ela fiquei doido. Burgman e lead me parecem boas opcoes porém as rodas 10 para o brasileiro realmente parece q não dá. A lead começar a ver isso e já pos um 12 mas a neo fica entre duas categorias scooters e cubs, um produto mais alinhado para nossas estradas. E por isso decidi pela Neo.

akazi

Oi Diler, tudo tranquilo? Olhe só, andei pesquisando os seguros de moto para minha Neo estes tempos, porém, todas as cotações variam de R$ 250,00 à R$ 400,00! Pois bem, fui numa concessionária conversar com um vendedor colega meu, e o mesmo me deu uma dica sobre uma empresa chamada "Rebbok - Clube de Assistência", que é uma associação que dá cobertura a roubo, furto, colisão, terceiro, assistência 24 horas e que não têm perfil, ou seja, os preços são tabelados de acordo com a cilindrada. A mensalidade ficou R$ 105,00! E a franquia de R$ 800,00! Me surpreendi e confesso que até fiquei com o pé atrás...

Minha dúvida é: pela sua experiência, será que é confiável mesmo? Vale a pena?

Este é o site: http://www.rebbok.org/

Espero sua resposta ansiosamente.

Abraços!

spalan

Boa noite!
Estou numa dúvida terrível entre a Neo e a Burgman...
Tive uma fazer 250 2010 há pouco tempo e a vendi para comprar um carro...
Em fim, o preço do combustível está me assustando e fazer revisão a cada 4 meses ninguém merece!
Quem conhece Brasília pode me ajudar melhor, mas pela explicação todos podem contribuir (se quiserem - me ajudem! XD).
Moro no Guará, trabalho em Sobradinho e estudo na L2 Sul, um percurso de aproximadamente 72km/dia...
De fazer era tranquilo e como ela é forte as ultrapassagens e a subida do Colorado era brincadeira pra ela, mas com uma scooter de 115 a 125cc como ficaria?

Quem puder me ajudar... Como ainda estou pagando meu carro, comprarei uma scooter usada e pagarei à vista, vi uma Neo 2008 azul com 15mil rodados em uma cc por R$3500,00 e uma burgman 2007/08 com 16mil rodados por R$3000,00...

O que me sugerem? Muitíssimo obrigado! Fiquem com Deus!

Diler

Olá akazi

Não conheço essa empresa Rebbok. Eu verifiquei junto a Receita Federal e, ao menos, o CNPJ consta. Bom, de qualquer forma cotei novamente o seguro da NEO (modelo 2008) com o Banco do Brasil e o valor ficou em R$820,00 (valor anual) ou em 6x de R$137,00.

Pela sua cotação com a Rebbok a mensalidade de R$105,00 multiplicada por 12 meses dá o total de R$1.260,00. Quer dizer, no meu caso ficaria mais caro a contratação da Rebbok do que a contratação do Seguro BB.

O que a atendente da seguradora do Banco do Brasil informou é que se você conversar com o gerente diretamente no Banco é possível negociar os valores.

A questão do seguro depende muito do perfil de quem vai conduzir a moto e a região de residência e domicílio.

Eu não tenho seguro, porque acredito que não valha a pena pelo valor ser muito alto proporcionalmente ao valor da moto, além de a NEO ter baixíssimo índice de roubos e furtos. A desvalorização de uma moto nova (zero km), qualquer que seja a moto, em 1 ano é de 10% mais o custo do seguro que fica aproximadamente 15% ao ano, somados já serão 25%.

Evidente que considero apenas a indenização no caso de furto/roubo ou perda total da moto, sem considerar a questão de danos provocados a terceiros por culpa sua que se tiver seguro, no exemplo a do Banco do Brasil, há cobertura por danos materiais de R$20.000,00 e danos por lesões corporais de R$20.000,00, situação em que sem seguro o prejuízo é certo. É por isso que, independentemente de ser segurado ou não, piloto sempre com máxima cautela e atenção.

Em resumo, antes de contratar com a Rebbok, negocie com o gerente no Banco. Quem sabe obtenha um desconto.

Abraços.

Diler

spalan

Uma scooter para o seu caso não é o ideal. Se bem que a minha esposa adora e anda quase que diariamente com a NEO de Águas Claras ao Plano Piloto e vai na boa, digo, quase sempre no limite da moto, mas consegue acompanhar o fluxo de carros. Como a média de consumo fica em torno de 35km/litro (tanque de 4,8 litros) dá para ter uma autonomia segura de 150km com um tanque.

No caso da minha esposa ela abastece a NEO a cada 4 dias, no seu caso que vai rodar 72km por dia, amigo será pouco o relacionamento que terá com o frentista. hehehe... vai abastecer a cada dois dias.

O tanque da burgman tem capacidade para 6 litros e também tem autonomia em torno de 30 a 35km por litro. O meu receio em relação a burgman é o tamanho dos pneus (pequenos demais) e o porta trecos sob o assento que é irrisório (não cabe um capacete fechado), mas em compensação o motor é mais forte que a NEO.

Se comprar uma scooter recomendo que coloque uma vela iridium (é barato, dura bem mais que a comum e ajuda na melhor queima do combustível).

Você já considerou a compra de uma Suzuki Yes 125 usada? Digo isso porque uma usada (ano 2008) está em torno de R$3.500,00 e servirá melhor ao seu propósito. É só colocar um baú e se deslocar com maior autonomia e potência. Não que a Burgman ou Neo não seja capaz de fazê-lo, mas terá o inconveniente da autonomia. Se isso não for problema vai fundo e depois que a situação melhorar volta para a Fazer ou mantenha uma scooter também, porque é muito provável que você vai gostar tanto da praticidade, charme e de não sujar os sapatos que não fica mais sem uma scooter.

Depois volta aí e conte-nos o que decidiu.

Grande abraço.

Anônimo

parabens

Bruno Amaro (brunnin@ig.com.br) Peço com gentileza que me responda por e-mail, se não for pedir muito.

Me senti obrigado a lhe parabenizar pela ótima avaliação, super completa, com inúmeros detalhes que podem fazer toda diferença. Não me recordo de ter visto uma avaliação tão boa sobre uma moto como a sua e olha que eu vejo sites de motos todos os dias, pois sou um apaixonado por estas "gostosas", rs.

Perguntas: O espaço para os pés é suficiente ? Em curvas por exemplo, as poças d´água molham os mesmos ? Creio que na Burgman seja praticamente impossível, já que os pés não ficam somente nas laterais, mas podem ser deslocados para o centro e nisso que estou pensando.
Tenho uma ótima XTZ 250 X, mas não aguento mais me sujar, basta o asfalto estar molhado que já é motivo para eu desanimar em sair com ela. A ponto de ir de ônibus! E estou pensando numa outra moto e que me proteja totalmente destas malditas poças, asfalto molhado que joga aqueles pingos de lama, etc. Na "minha" Neo colocaria ainda para-brisa e protetores de mãos (estou dizendo que quero proteção de sujeira, haha). E prata evita arranhões mais suja muito, certo ?

Estou pensando seriamente em scooter. Fico na duvida entre Burgman AN 125 e Neo deste mesmo modelo prata que você testou, ambas usadas, por cerca de R$3250. O problema é que já tive uma Biz (C 100 ES, 2005 AZUL) e sei quão fraca (de potência e torque é), sei que a Neo não tem muita diferença assim de potência e piorou partindo de agora, que tenho uma moto muito mais forte. Será que sentirei muita diferença assim a ponto de não conseguir ficar com a mesma ?

Me desculpe por escrever este "livro", rsrs, mas enfim, encontrei um verdadeiro TESTE e com total certeza, você poderá me ajudar. Obrigado.

Paulo Victor

Nunca havia pensado em ter uma moto, mas depois de ficar sofrendo no engarrafamento em trechos super curtos aqui no RJ comecei a pensar no assunto. Cheguei a conclusão de que para o meu tipo de uso o melhor tipo de motocicleta seria uma scooter. Após ler muito na internet, incluisive aqui, optei pela Neo. Durante a semana passada já havia passado em algumas concessionárias para conhecer de perto os modelos. Hoje acordei cedo e 8 horas da manhã estava na porta da Ymoto em Campo Grande/Rio de Janeiro - RJ. Após a negociação fechamos em 5990,00 a Neo 2011/2012 0km. Pegarei sábado. Eu havia comentado em casa que estava pensando em comprá-la, mas não deram muita atenção, talvez acreditando que seria apenas uma ideia louca. Hoje quando contei que havia comprado, minha mãe não gostou muito da ideia. Mas depois de um pouco de conversa, mostrar algumas fotos parece que aceitou melhor. Estou doido para pegá-la logo, porém ainda não poderei andar por ai pois só começarei a Moto Escola semana que vem. Por enquanto só pequenas voltas ao redor de casa para não deixar a moto parada e eu ir me acostumando com ela.


Muito obrigado por todo esse material disponibilizado aqui, foi de muita ajuda para a minha escolha.

Grande abraço

Anônimo

Galera, comprei o bagageiro para minha Neo, porém a Yamaha não recomenda colocar o Baú na Neo. A fixação do bagageiro é exatamente onde fico o número do chassi, e ele trinca facilmente pois o modelo não foi feito para colocar o baú. Acabei optando em não colocar. Achei interessante relatar isso, pois o vendedor da loja em que eu ia comprar o baú trabalhou a mais de 5 anos na yamaha e disse cansou de receber Neo lá com essa "placa" trincada.

Anônimo

Hola pessoal, estou precisando de uma dica para acabar a instalação de um alarme bloqueador da Olimpus na minha Neo 2010. Se bem o Conatran não recomenda o bloqueio do sistema eletrico, pelo fato desta moto ter partida manual, no eventual disparo do alarme o corte do motor de partida é inutil.
Portanto, o logico seria que em caso se roubo ou assalto, o alarme corte a alimentação do CDI mediante o rele integrado no alarme. Alguem saberia me informar qual o terminal do modulo que recebe alimentação geral ou melhor, a saida que alimenta o CDI?
Antecipadamente grato pela colaboração, fico no aguardo de uma dica.
Abrazo.
Ricardo

«Mais antigas ‹Antigas   1 – 200 de 201   Recentes› Mais recentes»

Postar um comentário

>> O espaço está aberto para o seu comentário, mas não serão tolerados os de cunho preconceituoso, criminoso ou palavrões;
>> Evite o anonimato, afinal, todo mundo tem um nome. Deixe seu nome comentando com a opção "Nome/URL" (o espaço URL não é obrigatório).