22/04/2009

1.000 km rodados de Yamaha NEO CVT

A Yamaha CVT NEO foi eleita pelo segundo ano consecutivo como a "Scooter do Ano" em 2008, premiação concedida pela Revista Duas Rodas. Mas, será que a premiação reflete em um veículo bom para uso no dia a dia?

Há cinco meses piloto uma e digo que: depende do uso!

Yamaha NEO CVT 2008 prata
Yamaha NEO: a scooter de rodas grandes!


Observação inicial
Os dados de velocidade foram retirados do painel e impressões são de um motor ainda em fase de amaciamento (rodados apenas os primeiros 1.000 km).

Design
carenagem frontal Yamaha NEO CVTtraseira Yamaha NEO CVT
O desenho foi herdado do superesportivo Yamaha YZF-R1 caracterizado pelos faróis integrados a carenagem. A lanterna traseira tem os piscas embutidos com lente transparente em harmonia com o conjunto, bem como pelo destaque das rodas grandes de liga-leve de cinco raios.

Partida elétrica e a pedal
partida elétrica yamaha neo cvtpartida pedal yamaha neo cvt
A NEO possui partida elétrica de série e o funcionamento é perfeito, basta acionar qualquer das alavancas de freio, segurar e pressionar o botão de partida.

Note que se a bateria estiver descarregada é só usar a partida a pedal, para tanto basta colocar a NEO em seu cavalete central e, da mesma forma que na partida elétrica, aciona-se o manete de qualquer dos freios e pressiona-se a alavanca de partida com um dos pés.

Escudo frontal com 675mm de largura
O escudo frontal ajuda a proteger as pernas e pés contra sujeiras de toda "sorte", principalmente em dias de chuva das poças e lamas.

Porta-capacete, porta-objetos e gancho
porta-objetos e gancho yamaha neoporta-capacete yamaha neo
O porta-capacete com capacidade para 17 litros acomoda bem um capacete aberto ou um capacete fechado (ver figura), apesar deste último ficar meio "espremido" - o que pode ocasionar leves e pequenos riscos nas laterais do capacete fechado.

Na prática, no espaço de 17 litros, é possível colocar até duas sacolas (não muito cheias) de supermercado. Caso esse espaço já esteja ocupado, os capacetes poderão ser pendurados por dois pinos (ver imagem) na borda do porta-capacete e presos pelo banco (abaixado e travado). Uma observação quanto ao uso do porta-capacete ou porta-bagagens é que, como o local fica exposto ao sol e calor gerados pelo motor, não é recomendado guardar objetos que sejam sensíveis ao calor.

Nos portas-objetos localizados atrás do escudo frontal é possível colocar, por exemplo, duas garrafinhas d'água. Neste ponto, poderia existir um dos compartimentos fechados do tipo "porta-luvas" com fechamento por chave que seria de muita utilidade para transporte de pequenos objetos de valor (documentos, carteira, chaves, etc).

O gancho para bagagem localizado também atrás do escudo frontal é útil para pendurar sacolas de até 1kg - se bem enroscados não caem e não atrapalham na pilotagem.

Motor
Potência de 8,4cv a 8.000rpm e torque de 0,78 kgf.m a 7.000 rpm

Se comparar com outras scooters disponíveis no mercado, a NEO é a que possui o motor com menor cilindrada, porém, para espanto, tem desenvoltura suficiente para acompanhar as scooters de 125cc e 150cc. Na arrancada é que deve um pouco, principalmente em subidas, mas depois que o motor enche e desenvolve fica o tal "oh!".

Na cidade:
  • subidas sem garupa1 - muito tranqüilo, sem forçar o acelerador a velocidades de 40 a 50km/h;
  • subidas com garupa2 - tranqüilo, mas precisa acelerar mais para manter a velocidade de 40 a 50km/h, principalmente para fazer um "top";
  • semáforo ou farol - arranca bem, mas sem a desenvoltura de uma moto 125cc;
Na rodovia:
  • subidas sem garupa1 - mantem velocidade de 80km/h, sem ventos favoráveis ou contra;
  • subidas com garupa2 - não mantem velocidade de 80km/h, caindo para 70km/h, sem ventos favoráveis ou contra;

A velocidade máxima atingida foi de 105km/h na reta e com garupa, sem ventos fortes favoráveis ou contra (observação: o motor ainda estava em fase de amaciamento com apenas 200km rodados, portanto não forcei mais; após os 1.000 km testo novamente).
(ATUALIZAÇÃO 4.5.2009 - testei novamente, agora depois de 1.000 km e sozinho, e a velocidade máxima no painel foi de 120km/h na descida e na reta manteve-se em 110km/h).

Tanque e consumo
A capacidade total do tanque de combustível é de 4,8 litros com autonomia aproximada para 140km. Como a NEO possui carburador eletrônico de combustível, não há torneirinha de reserva.

A melhor média de consumo até agora foi de 34,72 km/litro de gasolina e a pior média 20,46 km/litro de gasolina. Aliás, sempre abastecido com gasolina aditivada como recomendado pelo Manual da Motoneta.
(Atualização: 4/11/2009
Em outubro passado mudei do interior de São Paulo para Brasília, quer dizer, já tem um mês que deixei de rodar com a Neo numa cidade com muitas subidas (Itaí-SP) para trafegar mais no plano do asfalto de Brasília e a melhor média até agora foi de 40,9 km/litro de gasolina. Porém, coincidentemente ou não, também passei a utilizar somente gasolina comum, mas acrescentei 11ml de aditivo Clean Gas Bardahl apenas uma vez em 17/8/2009 - o hodômetro marcava 2.643km -, vez que o fabricante recomenda o uso deste líquido de 5.000 em 5.000 km para automóveis, para motos de 3.000 em 3.000 km. Para um tanque cheio na Neo a medida correta é de 16 ml do aditivo.)

Veja a tabela abaixo com todas as médias:

OdômetroKM percorridosLitros abastecidosPreço por litro (R$)Total pago (R$)Consumo (Km/L)
193,8-3,2082,6498,50-
305,3111,53,9702,64910,5028,08
400,495,13,6002,6499,5026,41
514,8114,43,5882,6499,5031,88
630,5115,73,7892,64910,0030,53
733,3102,83,4032,6499,0030,20
831,698,32,8312,6497,5034,72
905,273,62,6502,6497,0027,77
984,979,72,6462,6497,0030,12
1.044,059,12,8882,5997,5020,46
1.119,775,72,5772,5996,7029,37

Abaixo com médias de consumo rodando em Brasília-DF
OdômetroKM percorridosLitros abastecidosPreço por litro (R$)Total pago (R$)Consumo (Km/L)
3.127107,23,72,6859,9529,0
3.221942,72,6856,834,8
3.3621413,452,6859,2540,9
3.500,6138,63,72,74010,0038,0
3.721,0 - - 2,7407,40 -
3.864,1142,43,662,73510,0038,9


Estabilidade e suspensões
suspensão dianteira yamaha neo cvtassoalho yamaha neo cvt
Tem excelente estabilidade proporcionada pelas rodas de liga de 16 polegadas calçados com pneus Pirelli MT15 (Mandrake) dianteiro 70/90-16 M/C36P e traseiro 80/90-16 M/C43P (uso com câmara), bem como pelo chassi underbone (tubo central) e a suspensão mais dura na traseira, apesar de ser bastante leve a direção, não compromete a ciclística mais esportiva da NEO em curvas de alta. Outro detalhe é que, em razão da carenagem, a NEO não balança ao cruzar com caminhões na rodovia, situação diferente com qualquer moto street de 125cc e 150cc.

O curso da suspensão dianteira poderia ser melhor projetado para as ruas brasileiras (cheios de buracos e imperfeições), mas tem apenas 90mm (compare com uma YBR e CG que têm 120mm e 115mm, respectivamente). Na prática a suspensão é um pouco dura e com garupa a batida "a seco", quando passa sobre uma valeta ou buraco, é quase inevitável.

Dirigibilidade e conforto
comandos de sinalização yamaha neo cvtpainel yamaha neo cvt
A pilotagem é fácil, graças ao câmbio automático com a transmissão do tipo CVT (Transmissão Variável Contínua), embreagem automática e afogador eletrônico que proporcionam a NEO rodar suave e sem trepidações. Em outras palavras é acelerar e frear sem se preocupar com trocas de marchas. Aliás, preocupação também passa longe em esticar ou lubrificar corrente, pois a transmissão primária é através de correia dentada.

Outro ponto de destaque são os freios bastante eficientes na dianteira com disco de 220 mm (pistões duplos) e traseiro a tambor de 130 mm.

O painel possui todos os instrumentos básicos como hodômetro total, marcador de combustível e indicadores de luz alta e setas (não há luz de neutro, pois o câmbio é automático).

Os bancos são amplos, macios (diferente de mole) e confortáveis com acomodações para piloto e garupa sem aperto. Se fosse considerar o conforto apenas pelos bancos seria excelente, mas a NEO possui, pelas suas características de scooter com rodas grandes, um chassi que impede que o assoalho seja reto para maior movimentação dos pés - "tá certo que ali não é local para sapateados, né não"?! Outro diferencial são as pedaleiras retráteis bem posicionadas para o garupa.

farol ou bloco óptico yamaha neo cvt

A iluminação dos faróis é razoável, poderia ser melhor. A distância focal é muito próximo - vou verificar junto ao mecânico se precisa de algum ajuste (depois atualizo o texto se for o caso).

Uso, manutenção e preço de peças
O óleo do motor da Neo é trocado a cada 3.000 km ou 6 meses, exceto nos primeiros 1.000 km. O óleo recomendado, como não poderia deixar de ser, é o Yamalube 4 Tempos 20W-50 API SL JASO MA T903 ou superior. A quantidade para trocas periódicas é de 0,8 litro (800 ml) ou total de 0,9 litro (900 ml). O motor possui um filtro de tela que não precisa ser trocado, somente realizado uma limpeza a cada troca de óleo.

A correia ("V") da transmissão precisa ser substituída a cada 25.000 km.

Abaixo, podem conferir o valor de algumas peças de desgaste normal como freios e filtros de ar, bem como componentes que podem danificar em eventual queda com a motoneta:

Tabela de preços de algumas peças da NEO CVT
QTDEDescrição das peçasValor unitário (R$)
115SF151100P1 - PARA-LAMA DIANTEIRO150,21
115SF173100P1 - TAMPA LATERAL 3 (TRAS. ESQ.)75,13
115SF173D10 - EMBLEMA 3D (AT115 DA TAMPA LATERAL)34,25
115SF743100 - ESTRIBO TRASEIRO ESQUERDO19,40
115SF831100P1 - PROTETOR DE PERNA (CARENAGEM)149,60
215SF153E00 - EMBLEMA YAMAHA (LATERAL DIANTEIRA)19,79
12B8F313B00 - EMBLEMA 1 (YAMAHA FRONTAL)8,13
12D5WH43A00 - BLOCO OPTICO CONJUNTO196,95
62D5F834E00 - AMORTIZADOR 1 (borracha para não encostar o bloco óptico com a carenagem)5,48
11P7E471100 - SILENCIADOR CONJUNTO381,08
11P7E471800 - PROTETOR DO ESCAPAMENTO 142,37
11P7E472800 - PROTETOR DO ESCAPAMENTO 214,46
12D5F47730035 - APOIO PASSAGEIRO94,31
12P2F628000 - ESPELHO RETROVISOR CONJ. (ESQ)24,76
14USW004500 - KIT PASTILHA DE FREIO100,25
15MXF530K00 - KIT SAPATA DO FREIO47,69
15MXF731100 - CAVALETE LATERAL23,93
15MYE445100 - ELEMENTO DO FILTRO DE AR20,88
15LWE540701 - ELEMENTO 110,67
15LWE540800 - ELEMENTO 25,11
15TLE764101 - CORREIA EM V77,50
11 litro óleo Yamalube16,00

Para localização mais precisa das peças procure através do: Catálogo de Peças da NEO CVT 2008.
Observação: os preços podem sofrer variações de uma concessionária a outra e normalmente o orçamento tem duração de apenas 1 dia de validade. Para maiores informações consulte diretamente uma revenda Yamaha mais próxima.

Retirar a roda traseira, uma das reclamações, essencialmente de borracheiros, que dizem ser muito trabalhoso, vamos ver (acompanhe pelas cores na foto e as legendas respectivas abaixo):
desmontar roda traseira neo

    Procedimento de remoção da roda traseira:
  1. Retire o silenciador, removendo os parafusos e soltando da abraçadeira do tubo do escapamento (círculos amarelos).
  2. Solte a porca do eixo de transmissão, enquanto aplica o freio traseiro (em verde).
  3. Solte a porca de ajuste da folga do freio traseiro (círculo azul).
  4. Remova o parafuso da fixação inferior do amortecedor e desloque para trás (círculo roxo).
  5. Remova os parafusos da base da válvula de indução de ar e remova-a do braço da balança e colocando para frente. Remova o braço da balança removendo o parafuso e puxando-o para fora (quadrados vermelhos).
  6. Agora é só puxar a roda traseira para fora.

A título de complementação, perguntei ao borracheiro o valor por um eventual serviço de conserto - retirar um prego, por exemplo - do pneu traseiro da NEO: R$10,00. E, caso fosse feito o mesmo serviço em uma CG Fan (que usa câmara de ar também): R$7,00.

Valor dos impostos
IPVA = R$102,87 (cento e dois reais e oitenta e sete centavos)
Seguro Obrigatório - DPVAT = R$259,04 (duzentos e cinquenta e nove reais e quatro centavos)
Licenciamento = R$53,89 (cinquenta e três reais e oitenta e nove centavos)

Conclusão
Não foi por acaso que a Yamaha NEO CVT 115AT recebeu elogios de jornalistas e pilotos, porque o conjunto é bastante harmônico para uso urbano e o estilo agrada em cheio tanto mulheres como homens.

A minha recomendação é compre uma NEO se a maior parte do seu uso for para rodar na cidade, pois o câmbio automático "CVT" realmente facilita a pilotagem e torna menos estressante o seu dia no "anda e para" do trânsito urbano, além de ser extremamente maleável para trafegar entre os carros.

Agora, se tiver que rodar por trechos mais longos em rodovias, essencialmente se o tráfego for carregado por muitos caminhões e a estrada for do tipo via de mão única com muitas subidas, considere a compra de uma moto de 150cc, ideal 250cc.

Scooter Yamaha CVT NEO 2008
O câmbio automático CVT faz toda diferença na cidade.


Especificações Técnicas Yamaha NEO CVT
Comp. x Larg. x Alt.1.935 x 675 x 1.090 mm
Altura do assento770 mm
Distância entre eixos1.280 mm
Distância mínima do solo117 mm
Peso seco103 kg
Motor4 tempos, refrigerado a ar, SOHC, 2 válvulas
Disposição do cilindroMonocilíndrico, inclinado para frente
Cilindrada113.7 cm3
Taxa de compressão8.80:1
Sistema de partidaPartida elétrica e pedal
Sistema de lubrificaçãoCárter úmido
Capacidade do tanque4,8 litros
Alimentação:
Tipo / Fabricante

Carburador BS 25 / MIKUNI
Potência máxima8,4 cv a 8.000 rpm
Torque máximo0,78 kgf.m a 7.000 rpm
Sistema de igniçãoC.D.I.
Bateria12 V x 7 Ah
Transmissão primária CVT
Transmissão secundáriaEngrenagens
EmbreagemAutomática
CâmbioAutomático, CVT
QuadroUnderbone
Ângulo de cáster25o
Pneu dianteiro70/90 - 16 36P (Pirelli MT15)
Pneu traseiro80/90 - 16 43P (Pirelli MT15)
Freio dianteiroDisco de 220 mm de diâmetro
Freio traseiroTambor de 130 mm de diâmetro
Suspensão dianteiraGarfo telescópico com curso de 90 mm
Suspensão traseiraBraço oscilante, bi-choque com curso de 75 mm
Capacidade máxima de carga (condutor, passageiro e bagagens)172 kg
Coresazul, preta e prata


Foram considerados para o teste:
1Peso do piloto: 75kg
2Peso do garupa: 45kg

Fotos da Neo 2006 do amigo Árton
O amigo, leitor e aventureiro Árton nos enviou algumas fotos de sua viagem pelo Rio Grande do Sul, precisamente de Santa Maria até a praia de Atlântida em Capão da Canoa, totalizando cerca de 900 quilômetros (ida e volta) com uma carregada Neo preta 2006. Clique nas imagens para ampliar.
Neo bagageiroNeo preta 2006Neo preta 2006
Neo preta 2006Neo preta 2006Neo preta 2006
Neo bauletoNeo baú

Fotos da Neo 2010 do amigo Adilson
O nosso amigo Adilson da cidade de Natal-RN liberou a carteira e comprou uma Neo modelo 2010 na cor azul com R$1.000,00 (mil reais) de entrada e 48 parcelas de R$224,00 (duzentos e vinte e quatro reais) e nos enviou duas fotos, ainda na concessionária:
yamaha neo 2010 azulyamaha neo 2010 prata

Fotos da Neo 2010 do amigo Claudyego
A cidade de Ecoporanga, interior do Espírito Santo, não será mais a mesma, porque se a fiscalização já era "braba", agora será mais intensa com o Claudyego (sim, o "Cara" é Fiscal Tributário!) rodando com exclusividade de Neo, única na cidade. Então, comerciantes de Ecoporanga, quando virem uma Neo azul é melhor torcer para que o contador não tenha omitido nada dos livros contábeis!
Yamaha Neo 2010 azul (Ecoporanga-ES)Yamaha Neo 2010 azul (Ecoporanga-ES)Yamaha Neo 2010 azul (Ecoporanga-ES)

Fotos da Neo 2008 do amigo Leno
O amigo Leno de Fortaleza-CE nos enviou quatro fotos da sua Neo prata modelo 2008:
Foto Yamaha Neo prata 2008 Leno Fortaleza-CEFoto Yamaha Neo prata 2008 Leno Fortaleza-CE
Foto Yamaha Neo prata 2008 Leno Fortaleza-CEFoto Yamaha Neo prata 2008 Leno Fortaleza-CE



(Atualização: 27.8.2009)
A nova Yamaha Neo modelo 2010 já está nas lojas, confira as modificações e algumas fotos aqui.

LEIA TAMBÉM

207 comentários

«Mais antigas   ‹Antigas   201 – 207 de 207   Recentes›   Mais recentes»
Igor Castro

excelentes dicas! Obrigado.
preciso saber qual a calibragem ideal para os pneus?

oiregor

Passaram alguns bons anos e nada do moço aqui comprar moto... foram duas merivas, uma spin e agora um cobalt na garagem, mas nada da neo.
E agora com as novas opções (lead, PCX) e a novíssima nmax 160, a coisa embolou de vez.
Por outro lado, com o passar do tempo, a opção passa a ficar mais "acessível", pois poderei buscar uma usada em vez de uma zero km.
E então abro discussão para uma nova proposta: o que olhar numa Neo usada?

Diler

Oi oiregor, quer dizer que na sua garagem só entra carros da GM, é?
A Lead e burgman usadas também já estão bastante acessíveis, porém EU não curto os pneus muito pequenos. O PCX e a NMax são as melhores opções atualmente, mas estão MUITO caras - na minha opinião não vale a pena ainda pelo preço.
É o que comentei se for pegar uma Neo opte pela versão de dois faróis e atente para:
- se a carenagem estiver ralada veja com mais atenção alinhamento do conjunto e com o guidão reto no cavalete central olhe lateralmente as bengalas e veja se estão parelhas;
- preferencialmente olhe o scooter com o motor frio, isto é, quando chegar pra olhar já encoste a mão (com cuidado) no motor antes de querer dar a partida - como é carburado vai dar pra ter melhor noção do estado da alimentação e do motor na partida a frio;
- com a Neo no cavalete central e em funcionamento acelere aos poucos e atente para qualquer ruído anormal vindo da parte de baixo do motor (escute pelo lado esquerdo, contrário ao do escapamento) e pela saída do escape veja se há presença se algum tipo de fumaça que pode indicar problemas em retentores e anéis do motor;
- verifique se há algum vazamento de óleo por baixo do motor;
- verifique se foram realizadas revisões regulares dentro ou fora da concessionária (o manual do proprietário NÃO precisa estar carimbado pela concessionária não, já que revisões em concessionárias não quer dizer que foram feitas ou mesmo que foram feitas bem, porque os mecânicos são comissionados e quanto mais eles pegarem mais dinheiro ganham); se o proprietário disser que foram feitas revisões em alguma oficina mecânica anote o telefone e endereço e consulte-os, já que normalmente mantém histórico de manutenções das motos;
- veja se as carenagens estão firmes e bem encaixadas.
Bom, é isso é lembre-se de reservar algum dinheiro para os equipamentos de proteção.
Abraços

Igor Fernandes Andrade

Estou querendo comprar uma neo 115, gostei do modelo, me disseram que ela da muito defeito, isso é verdade? com 60mil km rodados ela ainda roda bem?

Ramsey Dickson

Você precisa fácil qualificação Negócios ou empréstimos pessoais Bad crédito ou bom crédito, não faz diferença com a gente. 3% dos pedidos são aprovados dentro de 72 Horas. Para se candidatar, entre em contato conosco via e-mail: ramseydickson@outlook.com

oiregor

mais um ano se foi... filhos crescendo... mas volto aqui para contar as novidades...
os GM são muito bons e antes deles foram o Ford Ka e dois Fiat Palio...
Rolou uma visita na Fiat, antes da SPIN, mas fechamos nela... agora talvez voltaremos na Fiat para ver/testar a tal Toro... veremos...
Mas as motos continuam no nível dos sonhos... grandes viagens etc... até um mês rodando nos EUA (com muita Rota 66, claro) tive proposta... mas faltou grana (muita grana nesse caso)... então ficam as prioridades...
Em breve voltarei com tudo que mudou por aqui (espero que até de cada ehehe)
Abração!
Rogério

Andinho

Boa tarde , o site esta em atividade ainda?

«Mais antigas ‹Antigas   201 – 207 de 207   Recentes› Mais recentes»

Postar um comentário

>> O espaço está aberto para o seu comentário, mas não serão tolerados os de cunho preconceituoso, criminoso ou palavrões;
>> Evite o anonimato, afinal, todo mundo tem um nome. Deixe seu nome comentando com a opção "Nome/URL" (o espaço URL não é obrigatório).