30/05/2009

Lead 110: a scooter da Honda no Brasil 2009

A Honda Lead 110 será vendida em terras tupiniquins nos próximos meses para disputar o promissor mercado das scooters.

Honda Lead 110
A scooter da Honda no Brasil!


Painel da Honda Lead 110
porta-luvas Honda Lead
porta-bagagem na Honda Lead 110
porta-capacete Honda Lead
gancho capacete Honda Lead
tanque Honda Lead 110
bagageiro Honda Lead 110
apoio pedal Honda Lead 110
Os números de vendas (ver abaixo) das scooters mostram que o brasileiro descobriu os benefícios de trafegar em um veículo fácil de pilotar e charmoso. Um veículo ideal para se locomover dentro de cidades e, em grandes centros urbanos, é bastante utilizado por profissionais liberais e universitários por trazer mais agilidade no trânsito e praticidade.

Só de janeiro a maio deste ano (2009) foram comercializadas, por exemplo:
A Lead 110 foi apresentada no Salão de Milão em 2007 e, portanto, já roda a um bom tempo lá fora. A sua motorização é um monocilíndrico 4 tempos, com 2 válvulas e refrigeração líquida com 108 cc alimentados por injeção eletrônica de combustível (PGM-FI) gerando potência máxima de 9,2 cv a 7.500 rpm e torque máximo de 0,97 kgf.m a 6.000 rpm.

A transmissão é do tipo automática CVT que basta acelerar sem se preocupar com trocas de marchas, bem como lubrificação e ajustes na corrente, pois utiliza correia dentada.

As rodas são do tamanho de 12" na dianteira e 10" na traseira (este último do mesmo tamanho a que equipa a Burgman AN125). O freio dianteiro é a disco com 190 mm de diâmetro e freio a tambor na traseira com um sistema chamado CBS (Combined Brake System), quer dizer, ao usar o freio traseiro, o dianteiro é acionado ao mesmo tempo, o que garante maior segurança.

O que gostei na Honda Lead 110 é o porta-bagageiro que tem espaço para dois capacetes (um do tipo aberto e outro do tipo fechado). Mesmo assim, "2" capacetes! E o que achei interessante é o esquema da posição da suspensão traseira monoamortecida. Há, também, um porta-luvas com trava por chave. O tanque de combustível localiza-se próximo ao assoalho, perto do calcanhar do piloto, revestido por uma tampa plástica com chave e dentro desta "porta" o bocal do tanque. Um exercício (físico) para o frentista do posto que terá de agachar para abastecer; ao menos não será preciso levantar o banco. Aliás, a abertura do banco é feito na mesma chave de ignição no contato.

Como é um produto novo para nós e não há testes ou maiores informações por aqui, entrei em contato com um amigo que mora no Japão - que possui a Lead 110 desde novembro do ano passado (2008) - para saber o consumo e velocidade máxima já conseguido. Ele contou que a velocidade máxima real foi de 82,08 km/h, registrado por dinamômetro, enquanto no painel marcava pouco mais de 90km/h; o consumo médio é de 35km/l, o que dá autonomia aproximada para 227 km com um tanque de 6,5 litros, dos quais 1,8 litros de reserva.

O preço, segundo informações que "vazaram" na internet através de um link do site da Honda, será de R$6.250,00 (preço base sem frete).

As cores disponíveis serão: preta, vermelha metálica, bege metálica e prata metálica. A previsão de chegada da Lead 110 nas concessionária é para julho (2009).

scooter Lead
Sob o banco há espaço para dois capacetes!


O vídeo que mostra a scooter Lead 110, a CB 300R e a XRE 300, pode ser visualizada nesta reportagem.

Especificações técnicas:
Motor:4 tempos, monocilíndrico, SOHC, 2 válvulas (refrigeração líquida)
Cilindrada:108 cm3
Potência máxima:9,2 cv a 7.500 rpm
Torque máximo:0,97 kgf.m a 6.000 rpm
Óleo de motor:0,8 litros
Alimentação:injeção eletrônica PGM-FI
Tanque de combustível:6,5 litros
Transmissão:automática do tipo CVT
Transmissão final:correia dentada
Embreagem:automática centrífuga
Chassi tipo:monoberço em tubos de aço
Suspensão dianteira / Curso:telescópica de 33 mm / 90 mm
Suspensão traseira / Curso:Monoamortecida / 84 mm
Freio dianteiro:a disco de 190 mm e pinça de dois pistões
Freio traseiro:a tambor (130 mm)
Roda / Pneu dianteiro:liga-leve em alumínio de 5 pontas com 12" / 90/90-12 M/C 44J
Roda / Pneu traseiro:liga-leve em alumínio de 5 pontas com 10" / 100/90-10 M/C 56J
Ignição:eletrônica CDI
Bateria:12 v - 6 Ah
Farol:35 W / 30 W
Comp x Larg x Alt:1.838 x 668 x 1.125 mm
Distância entre eixos:1.275 mm
Distância mínima do solo:115 mm
Altura do assento:740 mm
Peso seco:109 kg
Capacidade máxima de carga:176 kg


LEIA TAMBÉM

63 comentários

felipe

O mercado para Burgman agora ficará mais difícil com essa nova scooter da Honda.

Sérgio Luis

Olá, crei ser dificil superar a Suzuki neste quisito, mas vamos esperar para ver, a briga será muito boa.

vandira

30/06/2009

José Soares

Ôba, tenho uma Burgman há dois anos, mas pelo que vi, vou passar para a LEAD 110cc, pois as vantagerns são indiscutíveis, principalmente nos quesitos economia e capacidade de bagagem.

Anônimo

Hoje eu vi a Lead na concessionária. A moto é muito bonita e bem acabada. O espaço sob o banco é sensacional, dá até para ir ao supermercado.Acredito que tem tudo para ser um sucesso.



Edison

Fabião

Fui até uma Honda conhecer ao vivo e andei com ela, que aliás não deixou nada a desejar para a Burgman, em se tratando de ser uma 110cc pois foi a primeira coisa que queria testar. O acabamento é muito bom mesmo, o painel é completo e o freio traseiro realmente dá mais segurança ao ser apertado, pois aciona o dianteiro junto que é a disco. Existe também um de freio de mão que fica ao lado freio traseiro, bem discreto e de fácil manuseio, muito bom para lugares inclinados e que não há nada para encostar a roda. Resultado acabei comprando uma!

Anônimo

UMA NOVA MOBILETE : Por que a honda num lança uma 50 cilindrada
num precisa de habilitação ia vender bastante
inclusive eu iria comprar , tipo uma nova
mobilete $$ 2.500,00 mais tem q ser boa ..??????????????????????

robert

lançada para competir de frente com a burgman 125, com boa tecnologia e bonito estilo. mas não passa de 90km/h no velocímetro, segundo o próprio vendedor da av ibirapuera/sp. mais um tiro no pé da honda , entre tantas shadow 750, biz+, tornado, .. é pra duvidar da sanidade dos executivos da honda que resolveram adotar a gambiarra que exalta o torque em baixa para tráfego com garupa aleijando a velocidade final. ao escolher entre agradar aos formadores de opinião deste tipo de veículo, os usuários frequentes, ou aos eventuais domingueiros circuladores de quarteirão a honda previsívelmente escolheu o time errado, o segundo. pena. vou de burgman!!

daniel atibaia

Num veiculo deste não importa alta velocidade e sim o torque e potencia, que superam todos os concorrentes.É a melhor
opção no momento apesar de ser a mais cara.

jhonatam

Comprei a minha lead fazem 2 semanas e não tenho do que me queixar ..
muito pelo contrario
Moto MUITO pratica , facil de pilotar(nunca tinha dirigido moto na vida . e me sai muito bem rsrs)
Seu desempenho tbm eh mto bom se tratando de uma 110 cc
Ja andei na burgman uma vez tbm num tenho do que me queixar , mais com certeza a lead tem muito mais tecnologia , e tambem é muito mais bonita
Por isso optei pela lead (apesar de um poco mais cara , mais temos q levar em concideração que honda é honda né , não tem comparação)
Ela vai muito bem nos morros , e apesar das rodas pequenas não desestabiliza tanto nos buracos , sem contar que é SUPER economica
com poco mais de 10,00 enxo o tanque e rodo a semana inteira
Bom é essa minha opinião
Quem tivé pensando em compra uma motinho dessa
eu recomendo sem duvidas
a honda ta de parabens (mais uma vez)

ronaldo

Olá gostaria de saber de a nova scooter lead precisa de habilitação se alguém poder me responder meu Email é
(volve-ronaldo@hotmail.com)serei grato a resposta de vocês obrigado aquem poder me responder...

Diler

ronaldo, para pilotar qualquer ciclomotor acima de 50cc, isso inclui a Lead 110, é necessário ser habilitado na categoria "A".

Carol

eu ainda não tenho habilitação para dirigir moto, mas já estou tirando, só pra comprar uma lead 110. é uma moto show de bola e fácil de dirigir.segunda vou pegar a minha na consecionária...

Anônimo

Adorei a nova scooter, alem de linda é muito confortável de dirigir, não anda muito rápido (máximo 90km) mas pra q uma moto extremamente potente se o correto é ter prudencia no trânsito??? A motinho é linda, segura, confortável,tem bagagueiro e tudo mais quem quizer velocidade q compre uma maior!!! A honda está de PARABÉNSSS E A MINHA LEAD Q TANTO GOSTO TAMBEM.....

TATI WALMARATI

Edu

Essa moto atende a todas os requisitos da categoria. Muito util e pratica para quem gosta do estilo. Exelente para mulheres.
Para quem reclama da velocidade o correto seria adquirir uma Cb300 ou Uma Hornet 600, ai sim teria velocidade final.

A metade

Olá Diler.
Encontrei o seu site a pouco mais de uma semana e estou interessada em comprar uma scooter Lead 110 da Honda. Na verdade, o meu desejo inicial era ter uma moto custom, mas como estou sem grana e sem coragem para apostar na Kansas da Dafra, acabei optando por uma scooter, mas a única que me agradou foi a Lead da Honda por comportar 2 capacetes abaixo do assento. Essa necessida de guardar os 2 capacetes se refere à pessoa que vou levar na garupa (minha namorada). Queria saber sua opinião quanto a velocidade e desempenho dessa scooter levando sempre alguém na garupa. Será que compromete muito? Não sei o seu conhecimento sobre a nova Lead 110, mas se souber algo a respeito me ajudaria muito.

Aguardo resposta.

Grata.

Viviane.

Diler

Viviane, não se preocupe quanto ao desempenho da Lead no caso de levar garupa, porque o motor dá conta do recado tranquilamente (anda tão bem quanto uma 125cc, é sério!). Uma observação em relação ao espaço abaixo do banco: cabe um capacete fechado e outro capacete aberto. Se usar dois capacetes fechados é só comprar uma trava anti-furto de aço e prender um dos capacetes no bagageiro ou na bengala dianteira, por exemplo. Em termos de tecnologia é a scooter mais avançada no momento disponível no mercado brasileiro.

Espero que consiga bons descontos na compra da Lead.

Abraços.

A metade

Muito obrigada pela ajuda Diler, me sinto mais confiante em comprá-la já que você tem um vasto conhecimento em motos.

Como a maioria dos seus leitores tenho mais algumas perguntas que eu gostaria que você me esclarecesse.

Você conhece uma moto custom da marca Dayun (sei que é uma custom muito bonita e barata, com 150cc e o número de série da qual eu tive essas informações é a 7)?

Qualquer informação que você tiver será muito válida pra mim.

Grata.

Viviane

A metade

Continuação
DAYUN 150-7

Pesquisei na net e a maioria das pessoas que compraram essa moto fizeram grandes elogios. Estava decidida sobre a Lead 110, mas como sempre fui apaixonada por custom acredito que vou comprar a Dayun no ano que vem. Apesar de custar em torno de R$7.000,00, vale a pena por lembrar Chopper. O estranho é que existem poucas concessionárias no Brasil.

Bom. Aguardo sua opinião.
Um grande abraço.

Viviane.

Anônimo

Olá pessoal;

Fui conhecer a Lead este final d semana e fiquei mto empolgado. Já tive XL250 e Tornado, mas acho q para cidade e peq. distâncias não tem nada mais prático. Espero em breve ir trabalhar em uma Lead!

Abs; Luiz

Anônimo

Regi
Ola amigos tenho uma Bros 125, e estou querendo adquirir uma lead 110...gostaria de saber se a diferença de pilotagem é muito grande...pois sou acostumada com moto alta...tenho medo de não me acostumar........me ajudem

Diler

Olá Regi, a pilotagem não é igual (já que uma é trail e outra é scooter), mas de conforto sim. As rodas pequenas aliadas ao pouco curso das suspensões da Lead transmitem muito mais as imperfeições do asfalto na pilotagem. E, você, que tem uma Bros, sentirá bem a mudança. Se tiver que pegar algum trecho de estrada de chão, não recomendo a troca.

No quesito motor, não sentirá muita diferença.

Na cidade com asfalto bom, a Lead 110 é uma boa pedida. Graças ao espaço dos portas objetos e conforto da transmissão automática (basta acelerar e frear).

Vá na Concessionária Honda e solicite uma Lead para teste ride.

Anônimo

ela pressisa de carteira

Diler

Sim, precisa da Carteira de Habilitação.

Sonia Carvalho

Olá Diler adorei o site e suas opiniões são realmente esclarecedoras. Vou comprar minha primeira moto e ainda to tirando carta mais to na dúvida se compro a Burgman da Susuki ou a Neo da Yamaha. Minha restrição quanto a Burgan e sobre os pneus pequenos que me disseram não dá estabilidade em estradas sem alfalto, entretanto moro em São Bernardo do Campo e por aqui tem otimas estradas e tambem pretendo usar a moto para trabalhar.Da minha casa até o trabalho é cerca de 15 minutos. Quanto a dá carona qual é melhor? tambem tem a Honda biz que é minha paixão mais já sei que é muito visada. To cheia de dúvidas, já pensei até na Dafra mais me disseram que dá muitos defeitos enfim não sei qual comprar alquem pode me ajudar?

Diler

Sonia, pelo visto gostou da Burgman, então vá de Burgman! No geral as peças e serviços nas scooters são mais caros se comparados com as motonetas tipo Biz ou motos 125cc ou 150cc. É o preço que se paga pela comodidade. Se a idéia for economizar pra valer (em combustível e manutenção), escolha uma motoneta no estilo da Biz (ou a própria).

Em termos de conforto para o carona são todas muito parecidas, ou seja, se tiver um pouco de imperfeições na pista o carona sempre sentirá, porque há pouco curso das suspensões e a roda quanto menor, pior. Nada traumatizante em nenhuma delas, exceto se pegar uma cratera na rua e enfiar o pneu inteiro dentro.

A minha mulher, por exemplo, usa a Neo quase todos os dias em um tráfego infernal num trecho de rodovia de Águas Claras até Brasília-DF (cerca de 20km só de ida) e não troca o carro por nada! hehehe... De carro o tempo gasto para o mesmo trajeto é de 1h00 (trânsito menos carregado) e de 1h45 (trânsito carregado); na moto o tempo gasto é de 25 minutos (trânsito menos carregado) e de 35 a 40 minutos (trânsito carregado). É comum ver nesse trajeto outras scooters.

Agora, se é perigoso roubos e furtos, deixo para as autoridades políticas e policiais para respondê-la. Dá uma tristeza só de pensar. Concordo com você.

Grande abraço.

Gilbertptu

Olá Diler adorei o site e suas opiniões são realmente esclarecedoras.
Estou pensando em comprar minha primeira moto e ainda to tirando carta mais to na dúvida se compro a Neo da Yamaha, Burgman da Susuki ou A Lead 110 da Honda. Minha restrição quanto a Burgmam e a Led e sobre os pneus pequenos que me disseram não dá estabilidade em estradas sem asfalto, entretanto moro aqui em Paracatu – MG Tem asfalto em tdos aas ruas! Aqui é pertinho de Brasilia! Rsrsr Já morei ai Uns 5 anos! Mas resolvi voltar pro interior mesmo!! Como já lhe disse em outro comentário pretendo usar a moto para trabalhar. Tipo entregas em farmácia, cobranças, e pra isso penso colocar o bagageiro e Bauleto na minha motinha! Quanto a dá carona qual é melhor? Tenho 1,85 90 kg, Irei carregar meu filho de 12 anos (hoje ele pesa uns 35 kg+-) E claro quando não for ele será uma mina NE! Mas não pesada NE! Gordo me chega! Rsrsrs..... To cheia de dúvidas, já pensei até na Dafra mais me disseram que dá muitos defeitos enfim não sei qual comprar pode me ajudar? Resumindo, Lendo esse meu comentário, Se você que entende bem de motos, o que você me aconselha? Ajude-me! Ouço tantas coisas de gente que não entende nada! Pelo que já li de seus comentários você é a pessoa certa pra tirar minhas duvidas! Abraços... E aguardo retorno!!

Iara

Fui conhecer a Honda Lead e acabei comprando uma, pego a semana que vem, neste meio tempo estou tirando carta de moto. Vou usá-la para ir trabalhar, posso tanto ir por dentro do bairro, como pela estrada (um trecho de 5 km da imigrantes), será q ela é muito ruim pela estrada? outra dúvida minha por não ter prática, será que vou ter muita dificuldade em pilotá-la? qto ao capacete, andei olhando e gostei bastante de um aberto da Kraft, é tb bastante confortável, será que é perigoso por naõ ter a queixeira?

Diler

Gilbertptu, para quem vai usar a moto como ferramenta de trabalho (no seu caso vai fazer entregas etc) eu optaria por uma motoneta estilo Honda Biz pela "maior capacidade" de carga e a manutenção mais em conta. Claro, sempre com o pensamento de maior otimização de lucros possíveis por entrega. A Dafra Laser seria bom pelo porte mais adequado ao seu tamanho, porém não é "prática" no sentido de espaço para armazenar os pacotes de sua entrega. A Neo se encaixaria melhor caso optasse por uma scooter, por tudo que já relatei no texto 1.000km rodados de Yamaha Neo CVT.

Anônimo

Fiz um test drive da Lead e comprei para meu irmão; estou acostumado com motos médias (150 a 300 cc, e me surpreendi com a digiribilidade e praticidade na pilotagem. Tem boa potência, apesar das 110 cc, e é muito bonita. Aprovada.

renato

Lí, de um idiota, que sugeria o lançamento de uma 50cc tipo "mobilete",etc..., dizendo que ia vender muito já que não precisava de habilitação? Só um idiota pra fazer um comentário deste, não conhece nada de moto nem de legislação. Quanto ao LEAD, espero que faça sucesso.

Falko

Boa tarde Diler,

Estou estudando a compra de uma Scooter para minha namorada. As opções são Neo CVT ou Lead 110. Dentre essas opções, tendo em vista o tempo que a Lead está no Brasil (não sei se você teve mais contato com ela), o que você indicaria?^

O uso seria para fazer trajetos casa/trabalho/faculdade, sendo que 60/70% do tempo a utilização será no asfalto, o restante em paralelepípedo.

Agradeço de antemão pela dica, visto que não temos experiência alguma quando se trata de motos/scooters.

Diler

Olá Falko,

A scooter gosta de pista, rua, asfalto bom. Tenha isso em mente. Então, qualquer uma delas sofrerá nos paralelepípedos (e quem estiver em cima, claro). Em termos de conforto em pisos irregulares, nada se compara ao estilo da Honda Bros ou Yamaha XTZ.

Quando eu rodo ali na pista do Plano Piloto em Brasília e vejo aquela infinidade de carros engarrafados, em que os donos precisam ser verdadeiros mágicos e contorcionistas para encontrar uma vaga e estacionar, penso: "Por que não compram uma scooter?!". Exceto na semana passada, por volta das 18 horas, próximo ao Congresso Nacional, quando vi um Lamborghini Murciélago LP640 amarelo-laranja! rs...

Mas, voltando... mencionei o asfalto do Plano Piloto, porque 90% da pista é bem pavimentada, terreno ideal para as scooters.

O que vejo de vantagens entre as duas, a grosso modo:

A Honda Lead pelo espaço maior embaixo do banco e injeção eletrônica;

A Yamaha Neo pelas rodas grandes e design;

Apesar da injeção eletrônica na Lead e carburador eletrônico na Neo, ambas apresentam média de consumo em torno de 35 km por litro de gasolina.

Caso fosse comprar, hoje, uma das duas, levaria a proposta da Concessionária Honda na Yamaha e vice-versa e quem me vendesse mais barato, fecharia negócio.

Quero dizer que você e sua namorada devem escolher a que mais agradar, porque as duas são boas escolhas.

Anônimo

Caro Diler,

Moro em Florianópolis - SC , e estou em dúvida quanto a Burgman e a Lead pois li algumas coisas , primeiro sobre os pneus que em lugares acidentados reflete muito em quem esta guiando, gostaria de sua opnião quanto a escolha delas, se vale apena comprar a honda que é mais cara que a suzuki.
Aguardo seus comentários.
Abraços
MSI

Diler

MSI, a proposta das duas é, sem dúvida, rodar no trânsito urbano. E, por esse ponto de vista, eu optaria pela Lead pelo maior espaço embaixo do banco, porque é possível guardar um capacete fechado e outro aberto. Na Burgman só é possível colocar um específico capacete aberto da marca Kraft (salvo engano). Claro, você pode resolver esse detalhe colocando um baú, mas convenhamos que se fizer o mesmo com a Lead isso vira um "caminhão"! rs... Gosto do motor mais forte na Burgman, porém, na briga entre maior desempenho e o maior espaço para objetos, fico com a última.

Repito, para o meu uso, já que carrego compras de supermercado na scooter, quanto mais espaço, melhor. Há outros dados técnicos que faz a Lead ser mais caro do que a Burgman: injeção eletrônica, refrigeração líquida, roda dianteira com 12" (na Burgman as rodas são de 10"), freio a disco com pinça de dois pistões e sistema CBS.

A diferença de desempenho:

- na Burgman: potência máxima é de 12,4 cv a 7.500 rpm e torque máximo de 1,00 kgf.m a 7.000 rpm;

- na Lead: potência máxima é de 9,2 cv a 7.500 rpm e torque máximo de 0,97 kgf.m a 6.000 rpm.

Eu faria o seguinte resumo de uso (sem considerar valor de manutenção de cada uma):

- se você usar a scooter como alternativa de transporte na cidade, porque vai deixar o carro como secundário para só quando chover e para fazer compras de supermercado etc., eu escolheria a Burgman;

- ao contrário, se você for usar a scooter como o seu principal meio de transporte, porque não tem carro ou por outro motivo qualquer, eu escolheria a Lead.

Alexandre

Diler, voçê é o cara.
Gostei muito de suas ponderacões. Já lí seus comentários sobre as qualidades da Lead (quanto a carga, injeção eletrônica, etc.) mas gostaria que voçê comentasse/comparasse a Lead x Laser, pois acho interessante o poste robusto, o modelo e os pneus 13 da Laser, no entanto, a marca não inspira confiança (já lí alguns relatos negativos, apesar que tem que ter sorte).

Anônimo

COMPREI UMA LEAD E ONTEM COMECEI A ANDAR .ELA É SIMPLESMENTE MARAVILHOSA.PARA ACOMPANHAR SEU CHARME COMPREI UM CAPACETE DA MARCA NAU HELMETS MUITO ESTILOSO QUE COMBINOU MUITO.
INDICO TANTO A MOTO COMO O CAPACETE A TODOS.

Del Prete

Acabei de comprar uma Honda lead e estou completamente satisfeito, é ótima anda bem e é economica e bem facil de dirigir. Parabéns para Honda fez uma exelente scooter.

Anônimo

Achei que responderia a questão de todos, mas vi que vc escolhe para quem responder, é uma pena!

Diler

Poxa! É preciso se identificar para saber quais foram as questões sem respostas. Além do que ultimamente estou sem muito tempo para me dedicar ao iMotocas. A advocacia consome bastante tempo.

Eu observo que há algumas dúvidas que começam a fugir do espaço dedicado exclusivamente para a Lead. Para dúvidas outras é melhor entrar em contato por e-mail que terei o maior prazer em respondê-las.

Por ora peço eventuais desculpas para quem se indignou. Já já (durante a noite) respondo a dúvida do Alexandre que acabei esquecendo de responder.

Daniel Gianni

Tenho um cg titan kse 2002 e estou pensando em comprar um scooter, aqui em Ribeirão Preto o asfalto é muito ruim com muitas valetas de águas pluviais. Estou em dúvida entre um honda lead e um yamaha NEO, devo considerar o tamanho das rodas? peso 105kg e tenho 1,77m ando sempre sozinho e desisti do bauleto da cg em substituição por uma mochila espaçosa que dá mais estabilidade ao pilotar. O que sugerem Lead ou NEO ?

Diler

Olá Alexandre,

Você já leu sobre a Lead, mas resta saber sobre a Dafra Laser. Resumo no seguinte e por experiência de ter rodado com uma:

Pontos positivos:
1) Porte robusto, inspira respeito (não que dê) no trânsito;
2) Para pessoas mais altas (acima de 1,70m) é ideal;
3) Design e painel de instrumentos.

Pontos negativos:
1) Vibração (na unidade que rodei apresentou vibração excessiva na carenagem, isto em baixa ou alta velocidade);
2) Qualidade das peças;
3) Espaço pequeno no porta-objetos (frontal e abaixo do banco), ausência de ganchos para porta-capacetes (ainda que isso não seja nada seguro, pois o capacete pode ser furtado facilmente);

Em termos de potência e econômia atende bem para a sua proposta que é, como a maioria das scooters, rodar dentro da cidade. Acredito que faltou um pouco mais de força se se considerar o motor de 150 cilindradas. No modelo que testei fiz duas médias de abastecimentos e uma ficou em 33 km/l e a outra em 35 km/l. Já li relatos de pessoas que conseguem marcas acima de 40 km por litro de gasolina e digo que é até possível, desde que não se ultrapasse 60 km/h.

O que realmente deixou mais triste com a Dafra Laser foi o excesso de vibração, pois o que se espera de uma scooter é extamente o contrário, ou seja, rodar liso e suave - e é por isso que o câmbio é do tipo CVT, justamente para permitir e contribuir que a scooter rode sem trancos.

Outro item que poderia melhorar é o espaço para objetos. Quando se olha para a Laser você espera que ali, sob o banco, haja muito espaço... ledo engano. O espaço é, com o perdão da palavra, medíocre, chega a ser pior que o da Burgman (pelo menos esse último ainda cabe um capacete aberto específico da marca Kraft). Torno a repetir, uma das vantagens de ser ter uma scooter é a possibilidade de existir um espaço, digamos, privilegiado se comparados a motos, para pelo menos colocar um capacete sob o banco, o que não acontece com a Laser. De qualquer forma, para minimizar esse lado negativo do espaço pequeno, a Dafra já vem com o bagageiro e possibilita a colocação de baú.

O lado positivo, não tenho dúvidas, principalmente para quem tem mais de 1,70m de altura, é o porte da Laser sobre as demais scooters. Para quem acha que porte maior transmite maior respeito sobre os automóveis, achou a scooter.

Se beleza não se discute, porque é gosto do freguês, ao menos há um consenso da mediano do que é menos feio ou mais bonito. Então a Dafra Laser é mais bonito do que feio. Na minha opinião, uma das scooters mais bonitas do mercado brasileiro.

Diler

Olá Daniel Gianni,

Sim. O tamanho das rodas deve sim serem consideradas ao tipo de piso que você for rodar. Considere a compra de uma scooter se for rodar no asfalto bom e com prioridade dentro do circuito urbano. Claro que não é somente o tamanho das rodas, pois se houver muita buraqueira, valetas etc, digo com muita sinceridade, nem a Neo com rodas maiores é bom. Não especificamente pelo tamanho das rodas, mas pelo pouco curso das suspensões, assim como todas as scooters.

Quando se anda em asfalto ruim, nada melhor para o conforto do que uma on/off-road (pelo curso maior das suspensões), por exemplo, Honda Bros, Yamaha XTZ e por aí vai.

Faça um teste:

1) ande com uma scooter qualquer numa rua com ondulações, imperfeições, buracos e valetas; agora com uma Bros (por exemplo), sinta a diferença de se ter uma moto nesse estilo.
2) ande com uma scooter qualquer numa rua asfaltada e bem lisinha; agora pilote a mesma Honda Bros, sinta o conforto e silêncio maior na scooter, ja que os pneus mais cravudos da Bros serão passados ao guidão.

Sou até suspeito em falar que eu ficaria com a Neo, porque tenho uma, mas se me propusessem uma troca por uma Lead e o negócio fosse viável financeiramente, trocaria e vice-versa. E por quê? Só comprei uma scooter para andar na cidade e rodar em asfalto bom. Se o asfalto não for lá muito bom, como você descreve, vá de Neo. Se um dia a Prefeitura resolver melhorar o asfalto você troca por uma Lead ou fica com a Neo mesmo.

É recomendável que antes de comprar que pelo menos você possa sentar nas duas scooters e veja em qual delas se sentiu mais confortável (por causa da sua altura) e veja valor das revisões. Claro, se dinheiro não for problema pode ignorar o que falei por último.

Se o item revenda for importante, fique com a CG ou compre uma Honda Biz. O brasileiro ainda não descobriu os benefícios de uma scooter. Um dia se descobrirem que a melhor forma de chegar ao trabalho for deixar de lado os Corollas, Hilux, Ford F-250 (pra que tudo isso só pra ir ao trabalho?!) e optarem por um veículo leve, econômico, fácil de usar, estacionar, manobrar, divertido e, se pilotado com responsabilidade, seguro, vamos ter muito mais opções de scooters com design, motorização e preços. Falei isso não pra criar polêmica, já que o dinheiro é de cada um e gasta-se onde e com o quê bem enteder, mas chegará um dia (se já não chegou) que para o trânsito andar será necessário optar por outras formas de transporte, não necessariamente motos e scooters, mas pode ser uma pequena contribuição aliada ao transporte público coletivo de qualidade.

Abraços e depois se quiser voltar e dar o seu depoimento se está ou não gostando da sua escolha, todos os motoqueiros e motociclistas agradecem.

Anônimo

Olá!!!Amei sua página, bom tenho uma dúvida comprei hj uma lead 110, fiquei na dúvida entre ela e a bis 125 +, não sei por que, talvez por não ter q passar marcha acabei por optar pela lead.Ao chegar em casa me veio a sensação de ter feito besteira , sou baixinha 1,63 será q vou conseguir por os pés no chão quando parar no semáforo já que é mais larga e tem plataforma!!!O pior tenho até seg próxima para mudar de opnião!Socoooorro é urgentíssimo!!!Lú

Anônimo

Aguardo resposta!!! Oba eu vou de hooooonda!!!! A pé se Deus quiser nunca mais!!!Lú

Diler

, parabéns pela aquisição! Uma bela escolha. Não por ser Honda, necessariamente, mas é a scooter mais moderna que temos no mercado brasileiro atual (junho/2010).

A sua incerteza, creio eu, não seja o fato do medo de não alcançar os pés no chão. É a insegurança da compra em si. Não estou correto? E sabe o porquê estou correto? A biz é mais larga (726mm contra 668mm na Lead) e a altura do assento é maior (755mm contra 740mm na Lead).

Você me pergunta se conseguirá colocar os pés no chão ao parar num semáforo. Bem, depois que vi uma japonesa na cidade de Avaré-SP com os seus aproximadamente 1,50m de altura em cima de uma CBX750 Four, sinceramente, se você não conseguir parar e apoiar a Lead num semáforo, recomendo não andar nem de bicicleta que é bem mais alta. hehehe...

Não se preocupe, do chão não passa. Brincadeira! Na primeira semana você pegará o jeito com a Lead e passará a gostar de sua escolha. Agora, porém, sem medo.

Abraços e pilote com a máxima atenção.

Luciana

Diler,
Obrigada pela sua ajuda, acho que é insegurança mesmo pelo fato da plataforma, mas sua opnião ajudou com certeza em diminuir minha ansiedade! Coisas de novata!!!
Super bjoO!!!Lú ;)

rene alves

Diler,
Me chamo "Rene" e estou querendo comprar uma moto.Pesquisei bastante e estou em duvida entre a,burgman 125,yamaha neo e honda lead.qual dessas da menos problemas?E qual dessas seria mais facil de arrumar peças,caso elas deem algum problema?abs....

Diler

Oi Rene,

As três scooters citadas já estão consolidadas no mercado e, por isso, em termos de reposição de peças e problemas é provável que você não terá com qualquer delas. Claro que como qualquer bem industrializado é passível de defeitos, mas resolvidos através da garantia da fábrica (se a compra for de moto zero).

As concessionárias de maior porte sempre mantêm em estoque peças de uso mais frequente, porém, num eventual tombo e que danifique a carenagem, por exemplo, todas as marcas solicitarão prazo para aquisição da peça. Um bom "termômetro" de reclamações é visitar e pesquisar o site reclameaqui (veja se as reclamações procedem e se há um feedback por parte do fabricante com justificativas).

Eu ficaria sossegado em adquirir qualquer uma das três citadas. Uso uma Neo e estou satisfeito para trafegar pela cidade (leia o texto 1.000km rodados de Yamaha Neo).

Em termos de preços das peças, a Suzuki costuma ser mais caro das três.

Rene Alves

Ola Diler,

O que é mais eficiente para motos;alarmes ou rastreadores?E como funciona cada um deles?Valeu...abs...

Diler

Oi Rene,

O alarme faz o bloqueio da ignição e emite alerta sonoro. O bloqueio da ignição é para que a vela não dê faísca e, consequentemente, queime o combustível; se não há combustão, a moto não anda. Há bloqueadores que não emitem sons, apenas "cortam" a ignição.

O rastreador faz também o bloqueio da ignição e, através do módulo de GPS e da tecnologia GSM, o acionamento é feito pelo celular com o apoio a uma central de monitoramento que consegue mapear a localização do aparelho instalado na moto. Nesse sistema é preciso pagar uma mensalidade para a empresa que faz o monitoramento.

O que é mais eficiente? Depende da ocasião. O alarme pode proteger a moto de furtos (se estiver estacionada), porque uma vez acionado o alarme a moto não liga e se tentar ligar, há emissão sonora pela buzina ou sirene (nos alarmes que possuem sons).

O rastreador pode proteger a moto em casos de roubo (assalto a "mão armada" no trânsito, por exemplo), mas para isso é preciso ter um celular ou telefone fixo e entrar em contato com a central e avisá-la para bloquear a moto. Com o bloqueio a moto não anda e é possível localizá-la (pelo mapeamento da central).

Nos dois sistemas de segurança há consumo da bateria. Se a moto ficar muito tempo parada o alarme e/ou rastreador pode esgotar a bateria de forma mais rápida. Se instalar qualquer delas é bom sempre dar uma volta com a moto para que haja recarga na bateria.

Se for colocar alarme e/ou rastreador em uma moto nova, pergunte antes na concessionária se a instalação desse sistema não ocasiona perda da garantia.

Anônimo

Com quanto calibro os pneus da Lead ???
Obrigada.
Guigui

Diler

Guigui,

A calibragem dos pneus na Lead é:

- Dianteiro 25 psi (com ou sem garupa);
- Traseiro 29 psi (somente piloto) ou 33 psi (com garupa).

Faça a calibragem com os pneus frios (preferencialmente pela manhã e sem rodar mais do que 3km) e pelo menos uma vez por semana.

A pressão correta nos pneus proporciona economia de combustível e segurança na pilotagem.

Abraços

Luciana

Nossa estou muito feliz com minha LEAD, mas tem me dado trabalho nos quebra-molas tenho quase q parar para passar por eles, naqueles em ruas residenciais (feitos de qualquer maneira por moradores) passo de lado, de leve...quase desço da scooter(quando estou com garupa)rsrsrsrs e acredita q ainda arrasta?!Não sei, talvez seja por que não calibro os pneus como vc sugeriu ao Guigui (toda a semana) além da sua estrutura mesmo!!!
No mais...super econômica, muuuuuuuito mesmo acho q chego na China com 10 reais rsrsrsrs, além de linda e muito presença por seu porte mais robusto que a BIZ, apesar de alguns comentários que li sobre o garupa, acho que é confortável ao garupa o banco mais largo e a "pedaleira" retrátil (sei-lá se é assim q se chama).
Seus 110c, não me incomodo, não sinto isso no trânsito, ela dá conta do recado direitinho!!!BjoOs a todos...

Anônimo

Olá Pessoal!

Eu tinha uma Yamaha Neo. vendi e a dois dias atrás comprei uma lead preta, nossa, que moto macia! Vc ´nem parece que está andando em um calçamento, só escuto a zuada do chaveiro.
A neo também é uma ótima moto, porem, a sua suspenção é muito dura, porta objetos apesar de pegar um capacete é muito pequeno e farol muito fraquinho.
Já a lead tem Injeção eletronica, macia como eu já disse, é praticamente silenciosa, farol muito bom, visual do painel muito bacana e o porta capacetes é indiscutivelmente o melhor da categoria. Essa Motinha é tudo de bom!!!

Junior

Olá Diler

Faz 2 dias que peguei minha honda lead 2011.
Quando passo em certos quebra-molas, ela arrasta.
Tem algum ajuste, algum jeito de aumentar a suspenção ou algo desse tipo ?
Junior

Anônimo

Oi Diler.

Sempre gostei de motos... mas nao entendo nada sobre elas... rs.
Acabo de tirar minha cnh (AB), estou pesquisando sobre a lead e a biz es, sinceramente ainda nao consegui definir qual das duas será melhor pra mim, moro em Goiânia, mas por aqui eu vou usar a moto pra fazer pequenos trajetos, não vou usá-la na estrada, só dentro da cidade, sou baixinha e ainda insegura ao andar em motos, na autoescola aprendi a pilotar uma Suzuki intruder.

Gostaria de saber sua opinião sobre qual das duas ( biz es e lead ) é mais adequada ao meu perfil. Principalmente no quesito segurança, Ah, me falaram que biz é muito visada nos furtos.

Obrigada.

Anônimo

Silvio,

Ola Diler, você sabe dizer se a honda tem alguma previsão de lançamento de scootrs com maior cilindrada no brasil? Para combater a Citycom300I da Dafra. Na europa ja existe a 150i e 300i.

Anônimo

cara comprei uma 23/12/2010 e quero dizer a moto é tudo de bom pode crer estou muito feliz!!!!!!!!!

flavia

oi Diler
eu tenho uma honda fan 2009/2010 e rodo 1.000km por mês. Quero saber se vale a pena trocar por uma lead.
tenho 83kg e 1,67 de altura sempre ando com minha namorada ela tem 57kg e 1,55 de altura, voçe acha que a lead pode andar normalmente com esse peso e continuar fazendo 1.000km por mês sem danificar?
por favor me ajude pois adoro suas dicas
um abraço!

flávia

oi diler
sou eu de novo, gostaria muito que voce me respondesse pois estou anciosa por sua resposta
um abraço

Diler

Junior, provavelmente esta semana vou conversar com o chefe de mecânica da Honda e pergunto se é possível aumentar o curso da suspensão da Lead. Ok?

Silvio, ainda não tenho nenhuma previsão de lançamentos de scooters para concorrer com a Citycom 300i.

Flavia, obrigado pela confiança. Será que vale a pena trocar uma Fan por uma Lead? Responda, por favor, algumas perguntas:

1) Você usará a Lead em rodovias?
2) Em caso negativo para a pergunta anterior, você usará a Lead em estrada de terra ou com asfalto ruim (cheios de buracos, imperfeições etc)?
3) Em caso negativo para a pergunta anterior, você gosta de praticidade, pés limpos, amplo espaço para todas as tralhas que as mulheres carregam na bolsa?
4) Você gostaria de não ser confundida com motoboy/motogirl (nada contra o trabalho desses trabalhadores, peloamordedeus!)?
5) Em caso afirmativo para as questões 3 e 4, você está ciente que o custo de manutenção da Lead é um pouquinho mais caro do que a Fan, ou seja, o custo por quilômetro rodado com a Fan é mais barato do que com a Lead - assim, caso você utilize a motocicleta como ferramenta de trabalho (por exemplo, usa a moto para fazer entregas) aconselho a ficar com a Fan; caso contrário, se usa para passeios e/ou ir e voltar do trabalho (e não pega longos trajetos em rodovias) a Lead servirá sem problemas (faça as manutenções preventivas que não quebra - a Lead aguenta até 176kg de carga máxima, logo o seu peso com a da sua namorada será igual a 140kg e ainda sobra uns 30kg de bagagem). Aliás, cabe uma observação final: o motor da Lead é um pouco mais fraco se comparar com a Fan e se você não se importar em ir devagar... vai de Lead. Se comprar a Lead, depois não reclame que ela não corre nada e essas coisas, porque ela foi pensada e construída para rodar na cidade. Portanto, se ela estiver dentro do seu território não há veículo melhor do que uma scooter (sim, a Lead é uma scooter).
Caso necessite pegar rodovias opte por uma 250 ou 300cc "-Ah, mas não tem bagageiro!"; "- Ué, coloque bagageiro, isto sem contar na Citycom 300i - que é uma Lead melhorada para andar na rodovia e ainda com bagageiro".

Obrigado a todos pelos comentários e desculpe a demora nas respostas. Abraços.

flavia

Diler muito obrigada por seus comentarios, eu imprimir e levei para minha familia e meus amigos que agora tbm iram te fazer algumas perguntas,(esqueci de te dizer que eu sou de Fortaleza entao agora vai ter um monte de cearence te pertubando)
um abraço e obrigada pela resposta super detalhada

Renan

Oii pessoal eu tenho uma Lead Amarela metalica e estou super satisfeito, com o conforto, Agilidade e praticidade dessa scother...tenho ela ja faz 1mes e economizeii cerca de R$ 200,00 em combustivel para ir trabalhar e sair no Finais de Semana.

Otima opção para transporte urbano, e sem contar que é uma HONDA nao precisa falar mais nada...

Postar um comentário

>> O espaço está aberto para o seu comentário, mas não serão tolerados os de cunho preconceituoso, criminoso ou palavrões;
>> Evite o anonimato, afinal, todo mundo tem um nome. Deixe seu nome comentando com a opção "Nome/URL" (o espaço URL não é obrigatório).