29/08/2018

Manutenções inadequadas: filtro de ar FAMT11S da Japanparts para a FZ6

Às vezes você quer fazer tudo certo, manter a moto com a manutenção em dia, mas vez ou outra uma peça sem qualidade impede que a máquina fique perfeita.

Filtro que não filtra. Isso não é nada bom!

Em 31 de outubro de 2017 realizei a compra de um filtro de ar da marca JapanParts modelo FAMT11S para a FZ6 S 2009 e a minha experiência não foi nada bom.

E não é bom por dois motivos quando comparado ao filtro de ar original Yamaha:

1) o papel filtrante não vem lubrificado igual o original; e
2) não tem controle de qualidade bom.

O filtro que recebi estava com o papel filtrante rasgado bem em um dos cantos, nas dobras do papel (rasgo de 2 a 3 cm como se pode observar nas fotos), além de o papel ter aspecto ressecado e duro (minhas impressões).

O filtro chegou embalado num plástico transparente lacrado e dentro de uma caixa de papelão tudo certo. Porém, se não observo o filtro contra a luz antes de instalar na moto certamente estaria com as camisas dos pistões tudo riscado com as impurezas sugadas pelo motor.

Claro que problemas podem acontecer, defeitos podem acontecer e por isso mesmo a intenção não é denegrir a fabricante, porém nota-se um descuido na qualidade do produto, seja no material utilizado, seja na inspeção final.

E se a função do filtro de ar é a de filtrar partículas em suspensão no ar e este não filtra, não cumpre com a sua finalidade. Custo-benefício tem seus limites no preço aliada à qualidade e, nesse caso, tem preço razoável (R$50,00 em dezembro de 2017), porém não atende o quesito qualidade. Logo, o filtro da JapanParts FAMT11S para a Fazer 600 não tem custo-benefício bom.

Por fim, registro que o vendedor "CLUBEDOFILTRO" do Mercado Livre (Rodacentro Super Troca de Óleo Ltda ME) prontamente se desculpou pelo ocorrido, devolveu o valor pago e disse que reportaria o problema ao fabricante. Que é o intuito principal desse post mostrar ao fabricante que sempre pode melhorar e termos produtos mais baratos e com qualidade dentro do mercado brasileiro.

LEIA TAMBÉM

comentários

Postar um comentário

>> O espaço está aberto para o seu comentário, mas não serão tolerados os de cunho preconceituoso, criminoso ou palavrões;
>> Evite o anonimato, afinal, todo mundo tem um nome. Deixe seu nome comentando com a opção "Nome/URL" (o espaço URL não é obrigatório).